O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Página 2 de 15 Anterior  1, 2, 3 ... 8 ... 15  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O Que acham da Minha Fic Nº 3

81% 81% 
[ 39 ]
15% 15% 
[ 7 ]
4% 4% 
[ 2 ]
 
Total dos votos : 48

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Sex 10 Jul 2009, 14:25

Fico feliz por ambas estarem a gostar! :Mongloide=D: :g1:

Eu logo vejo se posto amanhã á tarde ou depois de amanhã! ok? :dança:

obrigada e mts beijinhos :Rolar:

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por sweet princess em Sex 10 Jul 2009, 15:29

Heeeeeey Smile

uffa, uffa ( eu corro pa haruka e rodopio com ela )

Tou a adorar a fic ! Demorei mas cheguei ! Very Happy

A cada capitulo melhor e eu com a pulginha atrás da orelha. Tas a melhorar a cada capitulo, qida haruka tenou Wink
Tanto a haruka como o Seya sao umas boas peças . Tou ansiosa tambem pela gravidez Exclamation

Espero por mais.

Te porta bem mal ! :dança:

Kissus

sweet princess
Classic: Pelo Poder de Vénus!
Classic: Pelo Poder de Vénus!

Feminino
Mensagens : 295
Idade : 25
Localização : Braga

http://deliciousbbe.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Sex 10 Jul 2009, 15:49

Marisa estar feliz (olhos a brilhar)
Ja pensava ke tinhas desistido de seres minha leitora Matreiro
Ainda bem que gostaste!
Fikei feliz com a tua visita!

( eu corro pa haruka e rodopio com ela ) -Ri-me com esta parte Matreiro

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por sweet princess em Sex 10 Jul 2009, 15:54

achas-te que eu tonha desistido?

oraaaa, porque??

sweet princess
Classic: Pelo Poder de Vénus!
Classic: Pelo Poder de Vénus!

Feminino
Mensagens : 295
Idade : 25
Localização : Braga

http://deliciousbbe.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Sex 10 Jul 2009, 16:01

Nunca mais te tinha visto por estas bandas... mas fico feliz por ja ca estares Matreiro

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por sweet princess em Sex 10 Jul 2009, 16:06

fico honrada entao Smile
tenho andado muito cansada, entao, fico sem concentração para ler fics. Depois estou a escrever o ultimo capitulo da minha primeira fic e estou concentrada nisso. Rolling Eyes

Mas agora arranjei um tempinho, li e gostei si? posso demorar, mas apartir do momento que não gostar tanto eu expresso isso no comentario ! Neutral

Kissus

sweet princess
Classic: Pelo Poder de Vénus!
Classic: Pelo Poder de Vénus!

Feminino
Mensagens : 295
Idade : 25
Localização : Braga

http://deliciousbbe.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Sex 10 Jul 2009, 16:07

OOK! Kissus e obrigada!

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por sweet princess em Sex 10 Jul 2009, 17:05

Não tens que agradecer por eu gostar Shocked
tenho eu que te agradecer por escreveres.

sweet princess
Classic: Pelo Poder de Vénus!
Classic: Pelo Poder de Vénus!

Feminino
Mensagens : 295
Idade : 25
Localização : Braga

http://deliciousbbe.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Sex 10 Jul 2009, 18:21

Embarassed obrigada! Very Happy ... estive a pensar e vou postar então amanhã á tarde!

Jinhos



-»Desculpem o double post que eu vou fazer a seguir mas se eu fosse aproveitar este topico, nao chegava para postar o cap inteiro...


Última edição por Haruka Tenou em Sab 11 Jul 2009, 07:09, editado 1 vez(es)

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Sab 11 Jul 2009, 06:52

Cap.6 -Dormir com ele?

Haruka respirou fundo, sem saber o que dizer-lhe. Estava nervosa sem saber porquê. Nunca se tinha sentido assim por ter Seiya tão perto de si. Mas mesmo assim, tentou enfrenta-lo na mesma
-Seiya eu… sim podemos e devemos fazer tréguas mas… este casamento não vai resultar!
Dito isto, uma grande rajada de vento surge o que faz ela sentir-se mais doce e sincera.
-Porquê?
-Porque tu amas a Bunny e… eu já tentei mas não consigo sentir-me atraída por ti nem sentir afecto! –Confessou ela, um pouco corada mas com a sua cara virada para o lado
-Eu já não tenho uma queda para com a Bunny! Como podes dizer que tentaste sentir afecto se nós nunca nós abraçamos ou trocámos beijos? Eu nem sequer posso aproximar-me de ti que recuas logo! A única vez que te tive próxima foi nas batalha e quando te levei para o hospital!
Ela olha para ele surpreendida e ao mesmo tempo confusa. Ele tinha razão mas mesmo assim, ela não se sentia realmente atraída por ele… apenas sentia-se grata por o ter salvo da Yamada
-Nada me atraí em ti… apesar de já não sentir tanto ódio como sentia há 4 anos, isso não me faz gostar de ti!
-Não digas isso! –pediu ele, aproximando-se ainda mais dela e ficando com os ses lábios a 3 centímetros dos dela
-Seiya não! –Respondeu ela, afastando-o de si e dando-lhe um murro na barriga
-Auu! –Gritou ele, encolhendo-se um pouco para baixo -Para quê que foi isso?
-Afasta-te de mim!
Ela afasta-se dele mal que pôde e desvia o olhar. Seiya percebeu que ela estava perturbada e não lhe disse mais nada.
Ela começa por chamar os seus cães mas eles não aparecem. Então, uma outra rajada de vento surge e embate nela.
-Mas que… –Murmurou ela, olhando para todos os lados um pouco desnorteada
-Que se passa? –Perguntou ele, enquanto se tentava recompor
-O vento agitou mas…mas não é nada de grave… -Respondeu ela pensativa e esquecendo-se do incidente que tinha acontecido
–Já agora, onde estão os teus cães? –Perguntou ele começando a ficar preocupado
Eles começaram a chamar pelos cães e eles não apareceram. Começaram a procura-los e a chama-los, até que os avistaram, mais á frente, deitados num monte, completamente exaustos, os dois, em cima de várias flores cor-de-rosa
-EDDIE! NINA! AQUI JÁ! –Gritou ela mais aliviada e ao mesmo tempo chateada
Eles levantaram-se e aproximaram-se de Haruka, fazendo cabisbaixo, como se quisessem dizer… “desculpa dona”
-Pois, agora fazem esses olhinhos não é?
-Impressionante! Eles tanto te obedecem como reconhecem que fizeram mal! –Disse o Seiya, completamente espantado
-Se tu tivesses afecto por animais e se possuísses, nem que fosse pelo menos um gato e se os treinares á tua maneira, eles obedeciam-te! Agora vá, vamos para casa! –Disse ela de seguida para os cães
Dito isto, regressaram ao palácio, sem dirigiram uma única palavra. Já era finais de Setembro e andar de top e calções, era uma tortura e uma tolice também. Ela enrolava os seus braços em torno de si e tremia por todos os lados.
-Estás bem? Tens frio?
-Estou óptima!
-Queres a minha capa? Ainda demoramos algum tempo a chegar ao Castelo…
-Eu não preciso de nada!
-Se não precisas, porquê que te estás a encolher toda?
-Não me chateis mas é!
Ele sorriu e envolveu a sua capa preta nela. Ela corou ligeiramente e deu um agradecimento muito baixinho. Sentiu o seu perfume o que lhe fazia tranquilizar e relaxar bastante. Após já terem andando cerca de 5 minutos, Seiya envolveu o seu braço direito em torno da cintura dela e aproximou-a de si.
-Q-q-que estás a fazer? –Perguntou ela, parando
-Estou a tentar aquecer-te!
-AFASTA-TE DE MIM! –Gritou ela, empurrando-o para longe de si -Só a capa basta-me! E eu nem precisava dela!
-Não sejas tão orgulhosa!
-Eu não estou a ser orgulhosa seu bastardo! E toma lá a capa que acabamos estamos quase a chegar! « Idiota! (Mal disposto)»-Pensou ela, sobre ele
Ela tirou a capa que estava envolvida no seu corpo e entregou-lha. Ela soube que talvez estivesse a ser parva mas não quis mostrar o seu lado sensível. Haruka odiava confissões e rapazes mas odiava mais que tudo, ver rapazes populares entre as raparigas. Ela tinha de admitir a si mesma que sentiu segura quando ele a aproximou de si mas mesmo assim, ainda tinha um certo e rancor dentro de si e não conseguia aproximar-se mais dele.
Seiya por outro lado, achou-se um autêntico estupor. Como é que ela iria ter uma queda por ele se o odiava?
«Sou tão idiota… Eu devia saber que estava a ir depressa demais!» -pensou ele enquanto colocava de novo a sua capa nas costas -«Mas não vou desistir! Hum… cheiro a Baunilha… fiquei com o perfume dela misturado com o meu… é uma sensação agradável…»
Quando chegaram, passarem pelos dois guardas que estavam na frente do castelo e Haruka abriu a enorme porta de madeira, entrando de seguida em casa. Matilde aproximou-se da sua filha e informou-a que faltava meia hora para o Jantar.
Já eram 6.30h da noite e Haruka disse-lhe que ia só trocar de roupa e que depois descia para o jantar. Matilde afirmou com a cabeça e levou os cães para a cozinha.
Seiya ficou então sozinho, no enorme hall de entrada , com as paredes e chão ainda em pedra. Rodou para o seu lado direito e foi de seguida para a sala.
Ao entrar, deparou-se com os 2 luzes e com a Kakyuu a assistiram á TV. Sentou-se ao pé deles e ambos os rapazes riram.
-Que se passa?
-Que cheiro a colónia é este? –Perguntou o Yaten, enquanto “snifava”
-Esse cheiro é da… Não! Vocês beijaram-se? Vocês estiveram juntos? –Perguntou o Taiki, com os seus olhos bem abertos
-Calma! Não, não nos beijamos… eu bem tentei mas… a Tomboy-san acabou por se afastar e fugir de mim… Ela pareceu-me um pouco distante e perturbada e com isto, decidi não a chatear mais…
-Olha olha! Quem diria! A Ten’ou a mostrar o seu lado sensível pela 2ª vez!-Argumentou o Yaten
-3º -Murmurou Seiya muito baixinho
-Chega Yaten! Já te disse Seiya… ela está em estado choque com a morte do pai e com a novidade do casamento… tens que lhe dar tempo e espaço! –Relembrou a Kakyuu
Seiya olhou para ela com serenidade e de seguida, volta a olhar para os seus irmãos. Notava-se que as suas caras mostravam alguma confusão e que estavam prontos a fazerem-lhe perguntas…
-Ok, sim verdade mas então… como é que tens o perfume dela nas tuas roupas? –Perguntou o Taiki
-Quando estávamos a vir para casa, começou a ficar frio e como ela estava vestida daquela maneira, bem eu ofereci-lhe a cap…
-… UUUUHHH –Disseram os 2 luzes
-Parem lá! Nós decidimos fazer tréguas mas ela diz que ainda não sente afecto por mim… é só isso, mais nada!
-Está bem, se o dizes não perguntamos mais nada! E parem com isso vocês os dois! –Pediu a Kakyuu
Eles continuaram a dar as suas risadas e esperaram pela chamada do Jantar. 5 minutos depois, Matilde chega á sala, com a chamada do para o Jantar.
-Onde está a Haruka? –Perguntou ela no fim de ter anunciado
-Pelo que vimos, ela ainda não desceu! –Informou a Kakyuu pacatamente
-Estou aqui… -Murmurou ela
«Haru…Oh? voltou a usar as suas velhas roupas? Pena…Gostava de vê-la como estava mas se bem que… a roupa é um pouco ousada.» -Pensou Seiya para si, esboçando um sorriso malandro
Haruka entrou na sala e dirigiu-se para junto de todos. Não enfrentou Seiya nem mandou-lhe olhares, ignorando-o por completo.
«Porquê que eu não o consigo enfrentar?» -Pensou Haruka incomodada
-Vamos jantar então? –Perguntou a Matilde –Ah Haruka! A tua prima Mariana mandou os parabéns e as melhoras!
-Prima? –Perguntaram os 3 luzes espantados
-Primeiro, eu não quero saber nada vindo dessa menina, segundo, não preciso de saber recados vindos dela e terceiro, evita falar da Mariana á minha frente!
Dito isto, Haruka saiu da sala e foi á cozinha alimentar os cães antes do Jantar. Os 3 luzes ficaram confusos e perplexos com o que tinha acontecido ali. Não sabiam que elas eram primas e nem sequer imaginaram que elas se tinham zangado.
-Que se passa meninos? –Perguntou a Matilde preocupada
-Elas estão chateadas?
-Bem… am… elas descobriram á 1 mês que eram primas e a Mariana cortou ligações com a Haruka… ao que parece, ela já esta arrependida mas não me parece que…
-Pois! Bem… a Mariana bem pode esperar porque a Haruka poderá não a perdoar! –Opinou o Taiki
-Vocês vêm jantar ou vão continuar a falar dessa rapariga? –Perguntou a Haruka num tom frio
-Sim, vamos querida anda! –Disse a Matilde, colocando o seu braço em torno o pescoço de Haruka
Elas dirigiram-se para a mesa que já tinha lá os pratos e os talheres postos e sentaram-se. Kakyuu e os 3 Luzes, seguiram-nas e também começaram a sentar-se á mesa. Agora, Seiya percebeu o motivo pelo qual ela teve o acidente naquela noite.
A empregada começou a servir o jantar e após isso, retirou-se. Começaram a comer, em perfeito silêncio. Ninguém se atrevia a quebrar o silêncio até Haruka o ter feito. Chamou a Vera, a mulher que aparentava ter 50 e tais anos e pediu para lhe trazer vinho. Ela deslocou-se para a cozinha e voltou pouco tempo depois, enchendo o copo de Haruka com vinho.
-Por favor Vera… eu também! –Pediu a Rainha Matilde
-Sim, senhora!
Vera encheu o copo de Matilde também com vinho e no final disso, Haruka deu-lhe licença para se retirar.
Ela retirou-se então e continuaram a comer.
-Vocês não querem também vinho? –Perguntou a Matilde
-Eu, por mim não…-Respondeu a Kakyuu
-Por mim também não… -Responderam os 3 luzes
Continuaram a comer então em perfeito silêncio e Vera esperou pela chamada da sua majestade para colocar a sobremesa. Após a Matilde a ter chamado e ter gesticulado, Vera aproximou-se juntamente com uma outra empregada, um pouco mais idosa que ela, a Sónia e começaram a distribuir as frutas e as sobremesas por toda a mesa. No final, perguntarem se desejavam mais algo e Matilde informou que não. Dito isto, as duas empregadas retiraram-se.
Continuaram a comer e no final, levantaram-se e as empregadas começaram a limpar a mesa e a recolher os pratos.
As 3 mulheres dirigiram-se para a sala e os 3 rapazes seguiram-nas. Sentaram-se nos sofás e ligaram a TV, passando o serão juntos. Yaten e Seiya mandavam algumas bocas e contavam algumas piadas secas e tanto a Kakyuu como a Matilde, riam-se, tentando esquecer os seus problemas do dia-a-dia. Por outro lado, Haruka estava mergulhada nos seus pensamentos, olhando fixamente para o chão, pensado na Mariana e na próxima corrida que iria ter daqui a 1 mês e meio.

-Então Haruka? Que se passa? Porquê que não falas? –Perguntou a Matilde, colocando a sua mão na perna dela
-Não tenho nada a dizer… –Murmurou ela suspirando se seguida –Olha… vou para cima… estou cansada… -Avisou ela, levantando-se de seguida e chamando os seus cães
-Haruka… tu e o Seiya podiam começar a dormir juntos! -Sugeriu a Matilde

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por J@n!nh@ em Sab 11 Jul 2009, 07:23

Um capitulo novo...Iuupiii!!

Gostei muito da aproximação que se deu entre os dois neste capitulo, foi uma aproximação tão suave, mas mesmo assim a Haruka deu para tras...Ai ai aquela rapariga não muda XD

-Haruka… tu e o Seiya podiam começar a dormir juntos! -Sugeriu a Matilde

Elah!! A mãe da Haruka está a querer ir um caditu depressa não? Minha senhora tenha calma ou eles ainda se matam os dois durante a noite...Ou não

Beijokitas minha linda

J@n!nh@
R: Pelo Poder Estelar de Marte!
R: Pelo Poder Estelar de Marte!

Feminino
Mensagens : 558
Idade : 29
Localização : Beja e Santiago

http://paintingstarswithme.blogspot.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por kelinha em Sab 11 Jul 2009, 09:59

Bem Marisa, só hoje é que li a tua fic, e estou a gostar muito...

Não vou comentar todos os capitulos um por um porque senão nunca mais saio daqui, e além disso não tenho muito jeito para escrever, só vou dizer que gostei muito do que li, e tenho a certeza de que vou adorar o resto da fic... mas em relação ao ultimo capitulo que postaste, posso dizer que concordo com o que a J@n!nh@ disse, acho que a mãe da Haruka está a ir um bocadinho depressa, mas não acho que eles se matem durante a noite, acho é que conseguem passá-la ainda melhor...Matreiro

Agora vou continuar a acompanhar a tua fic como é óbvio pk tou a gostar muito... Espero que postes o próximo capitulo rapidamente Very Happy

kelinha
R: Pelo Poder Sagrado do Cristal Lunar!
R: Pelo Poder Sagrado do Cristal Lunar!

Feminino
Mensagens : 349
Idade : 24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Sab 11 Jul 2009, 10:05

Matreiro! Confesso que vai haver mel naquela noite mas a coisa nao vai correr bem! Quanto á mae da haruka,bem.. fiz de preposito para que ela ela lhe responda torto eheheh XD

Fiquei feliz por ver os vossos coments! Obrigada ^^

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por kelinha em Sab 11 Jul 2009, 10:16

Haruka Tenou escreveu:Matreiro! Confesso que vai haver mel naquela noite mas a coisa nao vai correr bem! Quanto á mae da haruka,bem.. fiz de preposito para que ela ela lhe responda torto eheheh XD

Fiquei feliz por ver os vossos coments! Obrigada ^^

Gosto mel nos capitulos...:anjo2:
Não me deixes muito tempo curiosa para saber o que vai acontecer (senão começo a sofrer por antecipação), li a fic toda seguida e quando cheguei ali ter de parar foi muito mau, pois fiquei cheia de curiosidade...

Foste mazinha conosco menina Marisa Surprised.o:

kelinha
R: Pelo Poder Sagrado do Cristal Lunar!
R: Pelo Poder Sagrado do Cristal Lunar!

Feminino
Mensagens : 349
Idade : 24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Sab 11 Jul 2009, 10:44

ç_ç (olhinhos a brilhar)
Obrigada!!
Eu postarei em breve...
mt em breve Matreiro (amanhã a tarde! mas depois vou abrandar pois vou po algarve)

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por RitaMarte em Sab 11 Jul 2009, 16:07

Não devias ter parado aí, puseste-me tão curiosa...

Como algumas pessoas disseram a mãe dela tá ir um
bocadinho depressa de mais.

Ainda bem que postas amanhã! Wink



RitaMarte
R: Pelo Poder Estelar de Mercúrio!
R: Pelo Poder Estelar de Mercúrio!

Feminino
Mensagens : 419
Idade : 20
Localização : Lisboa

http://inuyashaportugal.forumeiros.com/forum.htm

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por sweet princess em Sab 11 Jul 2009, 18:16

A mãe dela quer netinhos á força Very Happy
ou talvez para a filha deixar o seya aproximar-se?

huum... curiosa ! :Brincalhao:

Kissus

sweet princess
Classic: Pelo Poder de Vénus!
Classic: Pelo Poder de Vénus!

Feminino
Mensagens : 295
Idade : 25
Localização : Braga

http://deliciousbbe.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

kK

Mensagem por Haruka Tenou em Sab 11 Jul 2009, 19:16

[Visto que estarei ausente até segunda á tarde, deixo aqui mais um capitulo!]

Cap.7 - O Primeiro beijo

-Oh claro que sim mãe! E aproveitamos e fazemos pic-snics também! O que achas? Bom não era? Não queres mais nada? Deixem-me em paz! –Gritou ela, num tom amargo e frio, levantando ainda mais o seu tom de voz na ultima fala
- HARUKA AMARA TEN’OU! NÃO ME LEVANTES O TOM NOVAMENTE!
-EU NÃO VOLTO A LEVANTAR-TE O TOM SE NÃO ME VOLTARES A CHAMAR AMARA!
ESQUECE QUE EU POSSUO ESSE NOME!
Matilde não respondeu ao comentário da filha e deixou-a prosseguir o seu caminho. Ela subiu então as enormes escadas de pedra até ao primeiro andar e foi para o quarto juntamente com os seus cães. Por outro lado, Matilde suspirou sem saber o que fazer.
Ainda há bocado, Haruka ria-se e falava-lhe bem e agora, tinha mudado completamente a sua personalidade. Estava irritadiça e gozona.
Kakyuu colocou a sua mão no ombro dela e tentou anima-la
-Já sabes como a tua filha é… -Disse a Kakyuu, de uma forma serena
-Eu sei… a sua personalidade saiu totalmente igual á do Yuki…e o seu espírito também… só o corpo e que é parecido com o meu… nada mais… olhar, boca nariz… tudo saiu á ao pai… Mas ele faz-me falta… só ele conseguia acalma-la…
Matilde começou a chorar e Kakyuu consolou-a. Taiki e Seiya olhavam com pena para a mãe viúva e Yaten estava farto de a ouvir chorar. Decidiu ir também deitar-se e subiu então as escadas, abandonando assim a grande sala.
-Mas porquê que ela não gosta que lhe chamem Amara? –Perguntou o Seiya algo curioso
-Era assim que o pai dela a chamava… deve magoar-lhe imenso quando eu lhe chamo assim mas… mas eu também estou um pouco acostumada a chama-la desta forma e ás vezes descaiu-me…
-Mas ela também tem de mudar o seu feitio! –Disse o Taiki, um pouco revoltado
-Até parece que não a conheces Taiki… ela é tal e qual o pai! A sua vai sempre avante! Ela é assim e não vai mudar… -Murmurou o Seiya
Todos suspiraram então e decidiram que o melhor a fazer era irem dormir.
Kakyuu foi acompanhar Matilde ao quarto e os 2 luzes foram para os seus. Meia hora depois, Seiya ainda estava acordado. Eram 11.06h e não tinha sono. Decidiu ir falar com Haruka e levantou-se. Vestiu o seu robe preto e abriu a porta muito cuidadosamente. Saiu e voltou a fecha-la da mesma maneira. Dirigiu-se então para o quarto dela e quando ia para bater á porta, os cães deram sinal.
«Bolas! Os cães! Como é que me fui esquecer?»
Haruka acordou e olhou para a porta. Saiu da cama e foi vestir o robe de seda preto, dirigindo-se de seguida para a porta. Quando Seiya se preparava para bater, ela abriu a porta e olhou para ele, franzindo as suas duas sobrancelhas
Decidiu não armar escândalos a esta hora da noite e mandou-o entrar. Ele entrou e ela afastou-se dele.
-Vá, diz lá o que queres e despacha-te! –Pediu ela, bocejando se seguida
-Sabias que magoaste a tua mãe com aquela atitude?
-Sério? Olha que pena! Ela também se magoou!
-Ela magoou-te mas só se apercebeu disso no final!
-Pois ok!
-Tens de mudar Haruka… a tua mãe sente falta do teu pai e em vez de a ajudares, só estás a faze-la sentir-se mais culpada!
Ela olhou para os seus olhos azuis profundos e suspirou de seguida. Ele tinha razão, apesar dela não querer admitir. Virou costas e mandou os cães calarem-se pois já tinham começado a rosnar.
-Ok Seiya, tens razão!- Confessou ela , esboçando um sorriso tímido
Ele deu-lhe um delicado sorriso pois tinha sido a primeira vez que ela lhe tinha confessado algo. Aproximou-se dela e ela retrocedeu. Ele voltou a aproximar-se dela e ela já não retrocedeu mais senão caía em cima dos cães que estavam deitados nas suas alcofas, aos pés da cama ou então, caía em cima da cama com Seiya por cima dela.
Ele aproximou-se enquanto ela olhava para trás, e agarrou-lhe a cara suavemente, beijando-a logo de seguida mas de uma maneira meiga.
Os olhos dela ficaram enormes pois tinha sido apanhada desprevenida. O seu coração estava acelerado e mandava-a corresponder ao beijo mas a sua mente obrigava-a a quere-lo afastar de si.
«Os lábios dela sabem a morango… e são tão doces e carnudos…»
No final deste pensamento, Seiya quebrou o beijo visto que não tinha obtido reacção. Olhou-a nos olhos e apercebeu-se que algo não estava bem… O olhar dela transmitiu-lhe uma certa insegurança e confusão.
-Desculpa. –Pediu-lhe ele
Ela não lhe respondeu de maneira alguma. Tinha ficado paralisada e perplexa. Uma parte e si, desejava espetar-lhe um grande murro e uma outra parte, apenas estava a implorar para que ela a beija-se de novo. Ela fez um esforço enorme e acabou por conseguir quebrar os seus pensamentos. Deu-lhe uma estaladinha de nada e afastou-se logo dele de seguida, ordenando que ele saísse do quarto imediatamente.
Ele saiu então e fechou a porta com cuidado. Voltou para o seu quarto e deitou-se. Uma parte de si, sentia-se feliz mas a outra parte, faziam sentir-se confuso pois não tinha percebido se ela tinha gostado ou não.
Haruka deitou-se então, confusa também. Fechou os olhos e a sensação do beijo voltou-lhe á memoria. Agora, tinha ficado com a certeza de uma coisa… tinha sentido afecto por ele. Ela sabia que esta relação iria mudar a sua vida para sempre, apesar de não querer acreditar.
«Não acredito que estou a começar a sentir-me atraída por ele e a ter uma queda! Não pode ser! Uma queda pelo Seiya?» -Interrogou-se ela durante os seus pensamentos, querendo gritar o mais alto que conseguisse para poder aliviar-se.
Visto que não o podia fazer, chamou o Eddie para junto de si o cão veio. A Nina tinha caído num sono profundo e ainda bem que ela não a ouviu a chamar o Eddie. Aquela cadela era muito ciumenta e quando chamavam o Eddie por uma razão qualquer, ela colocava-se logo á frente dele para receber primeiro as carícias.
-A Nina é uma chata não é migo?
O cão enrolou-se ao lado de Haruka e rosnou ligeiramente, em sinal de satisfação. Ela sorriu-lhe e voltou a deitar-se. Conseguiu assim adormecer pouco tempo depois.
Por outro lado, Seiya não conseguia dormir pois só sentia os lábios dela nos seus. Ficou assim, acordado durante toda a noite, mergulhado nos seus pensamentos. Quando começaram a entrar os primeiros raios de sol, é que ele conseguiu pregar olho.
As horas foram passando e todos começaram a levantar-se ás 10.22h. Ele decidiu levantar-se também e foi tomar banho. De seguida, vestiu uma t-shirt preta justa ao corpo e umas calças de ganga largas e desceu. Todos estavam já a tomar o pequeno-almoço, excepto a Haruka.
-Onde está a Haruka? –Perguntou ele enquanto se sentava ao pé da Matilde
-A Haruka é sempre a última a acordar… ela só se deve levantar por volta das 12h, 1h da tarde…
-Ela é assim tão dorminhoca? –Perguntou a Kakyuu, sorrindo ligeiramente
-Muito… e quando se sente mesmo cansada, chega a ficar na cama com os cães até as 3h da tarde! Não vale a pena ir chama-la agora pois não se levanta de maneira nenhuma… tem de ser mais tarde…
Os 3 luzes ficaram olhar um pouco espantados para Matilde. Não sabiam que Haruka “praticava” este hobbie. Todos soltaram uma pequena gargalhada e começaram a tomar o pequeno-almoço. No final, foram passear enquanto a Haruka dormia. Matilde foi mostrar os imensos quilómetros quadrados que o seu castelo possuía. Era todo relvado, com uma linda fonte quadrada com um anjo de pedra lá no meio e ele segurava na mão, uma pequena jarra que jorrava água. Tinha também árvores de fruto e um enorme lago com peixes, patos e tartarugas. Possuía uma enorme piscina na parte traseira do jardim mas aí o chão já era de pedra com uma divisão relvada para colocarem lá as toalhas.
-Isto é enorme e lindo! –Disse a Kakyuu
-Verdade… eu amo este jardim! –Respondeu a Matilde
Continuaram a fazer visitas pelo jardim e no final foram á cidade Mirandense. Visitaram vários cafés, floristas, shopping’s entre outros. Quando já era 12.30h voltaram para o Castelo. Haruka ainda estava a dormir e Matilde pediu que Seiya viesse com ela para tentar acorda-la.
Ele corou e gaguejou um pouco mas quando a Matilde se dirigiu para o quarto, ele seguiu-a. Ela abriu a porta e ela ainda estava a dormir profundamente. Os cães começaram a rosnar mas rapidamente calaram-se quando reconhecerem a Matilde. Aproximaram-se dela e Matilde tentou acorda-la.
-Haruka… -Chamou ela, abanando o seu braço
-Que é? –Respondeu ela ainda de olhos fechados e com uma voz fraca
-Já é meio-dia e meia… é hora de ir almoçar…
-Ok… -Disse ela virando-se para o outro lado- Daqui a 5 minutos desço…
-Sim pois! Desces mesmo! Quem não te conhece que te compre! Vá! Acorda! eu sei que vais adormecer!
-Sim mãe… -Respondeu ela, colocando a almofada por cima da sua cabeça e deixando-se ficar imóvel
-Olha Haruka, se não acordares já eu obrigo-te! –Informou o Seiya

Haruka ao ouvir a voz dele...


[Cap dedicado a Sweet Princess , Gaby Br e Kelinha]


Última edição por Haruka Tenou em Dom 12 Jul 2009, 12:28, editado 1 vez(es)

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por kelinha em Dom 12 Jul 2009, 06:00

Um capitulo dedicado também a mim... Que querida Marisa Very Happy

Gostei muito, a Haruka agora está a começar a perceber que gosta do Seiya, que lindo que o amor é...Matreiro

Os cães da Haruca vão ter de começar a gostar do Seiya, não podem começar a rosnar e a ladrar de cada vez que ele se aproxima dela, ou então daqui a uns tempos deixa de haver sossego no castelo...

Estou a ver que gostas de nos deixar a sofrer, agora quero saber qual foi a reacção da Haruka quando ouviu a voz do Seiya.... Deixa-me tentar adivinhar, o seu coração começou a bater muito depressa e lembrou-se logo do beijo que ele lhe deu, mas mesmo assim deve ter começado a resmungar com ele...

Espero por mais...

Beijinhos

kelinha
R: Pelo Poder Sagrado do Cristal Lunar!
R: Pelo Poder Sagrado do Cristal Lunar!

Feminino
Mensagens : 349
Idade : 24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Dom 12 Jul 2009, 06:08

Am... logo se vê se foi isso... eu postei hoje de madrugada mas acabei por trazer o pc comg Matreiro (eu sei que sou tãntã Toma toma)
Hei-de postar brevemente o proximo
Jinhos

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por J@n!nh@ em Dom 12 Jul 2009, 10:21

Ahhhh!!!Porque é que paras-te?

Marisa eu bato-te se não metes já imediatamente outro capitulo

A quem quero eu enganar, não consigo nem assustar o meu irmão com estas ameaças ^^'

Opah cada vez gosto mais desta fic...Ela a apaixonar-se calmamente pelo Seiya e de certeza que vai tentar tudo e mais alguma coisa para isso não acontecer...A menina vai dar luta.

Vá Dona Marisa faz favor de postar outro depressa que a malta esta a roer-se de curiosidade...

Beijokitas

J@n!nh@
R: Pelo Poder Estelar de Marte!
R: Pelo Poder Estelar de Marte!

Feminino
Mensagens : 558
Idade : 29
Localização : Beja e Santiago

http://paintingstarswithme.blogspot.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por MarianaNeptuno em Dom 12 Jul 2009, 11:32

Estão muito bem, desculpa não ter comentado ao anterior...Ás vezes não tenho tempo... Mas estou a adorar a tua fic. Very Happy
Bjs

MarianaNeptuno
Classic: Pelo Poder de Júpiter!
Classic: Pelo Poder de Júpiter!

Feminino
Mensagens : 236
Idade : 20
Localização : Lisboa

http://theabyssofme.tumblr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Dom 12 Jul 2009, 11:44

Matreiro
Amanhã a tarde posto o prox cap nao se preocupem!

Joaninha... axei engracado o teu comentario ,ri-me com ele!
Mariana... nao faz mal! Já só por vires ká eu fico xDmt contente!

Beijinhos

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por RitaMarte em Dom 12 Jul 2009, 15:28

Cada vez gosto mais desta fic...
Ainda bem que vais postar amanhã, eu estou a morrer de curiosidade...como sempre XD

As tuas fic's põe-me sempre a morrer de curiosidade, mas eu nao percebo porquê.
Eu vou esperar ansiosamente pelo proximo capitulo...

Beijokas

RitaMarte
R: Pelo Poder Estelar de Mercúrio!
R: Pelo Poder Estelar de Mercúrio!

Feminino
Mensagens : 419
Idade : 20
Localização : Lisboa

http://inuyashaportugal.forumeiros.com/forum.htm

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por sweet princess em Seg 13 Jul 2009, 02:41

dedicadoooo a mim Surprised.o:
a parte do dorminhoca fez me lebrar alguém.... disseram me que a a minha qida haruka e autora desta fic também o é :Matreiro:
este cap foi muito pequeno, e não deu para matar o ratinho :^^':
hoje vou aproveitar para te dar uma dica minha qelida:

a tua escrita melhorou bastante e isso está explicito, só acho que se colocasses um pouquito mais de descrições ficaria ainda melhor. Fica sempre muitas falas e não dá muito bem para entrarmos na personagem. Apesar de eu achar, que houve capitulos que descreves te mais .... :Incredulo:

nao me leves a mal ta qelida haruka?
É que eu gosto da fic, mas as descrições fazem faltinha :Chocado:

kissus pa tu !

p.s. : não penses que la por demorar a deixar um coment que eu desisti ta? tens que ter mais confiança na fic haruka :Mongloide:

sweet princess
Classic: Pelo Poder de Vénus!
Classic: Pelo Poder de Vénus!

Feminino
Mensagens : 295
Idade : 25
Localização : Braga

http://deliciousbbe.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por celia em Seg 13 Jul 2009, 05:53

Finalmente consegui por me a par da Fanfic!!! XD

Esta muito boa parabens!!! nota-se bastante a diferença de uma fanfic para a outra!

Um capitulo dedicado a mim! Obrigado! Nao era preciso!!!

"-Haruka… tu e o Seiya podiam começar a dormir juntos! -Sugeriu a Matilde" - Isto devia ser para no dia seguinte haver bastante sangue não? XD

Beijocas

celia
Classic: Pelo Poder de Vénus!
Classic: Pelo Poder de Vénus!

Feminino
Mensagens : 298
Idade : 30
Localização : Algures em Lisboa!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Seg 13 Jul 2009, 06:31

Cap.8 - O susto matinal
Haruka ao ouvir a voz dele, abriu os seus olhos e levantou-se muito de repente, completamente desnorteada

-QUE FAZES AQUI? –Perguntou ela espantada
-Eu pedi para que ele viesse para te arrastar da cama! Já vi que apanhaste um imenso susto! A partir de agora, é ele que te vem acordar e tirar da cama!
-Nem penses!
-Há penso pois menina! –Falou ele

Aproximou-se dela e tentou tira-la da cama mas acabou por levar um murro no ombro e com a almofada de enfeitar a cama em cima.

-Eu levanto-me já! –Disse ela saindo da cama e vestindo o seu robe preto por cima da sua camisa de dormir branca, muito rapidamente, enquanto ele estava desnorteado.

Matilde foi ver se o ombro tinha ficado vermelho mas acabaram por rir e rir sem parar, por terem visto a Haruka a saltar da cama daquela maneira. Ela enfiou-se na casa de banho e foi tomar um duche rápido.
Seiya e Matilde voltaram para baixo e contaram o sucedido aos outros. Soltaram uma grande gargalhada novamente e receberam entretanto a chamada para o almoço. Eles dirigiram-se para a mesa e entretanto Haruka juntou-se a eles, vestindo o seu equipamento de corrida.

-Tens de ir secar o cabelo não constipas-te! –Avisou o Taiki
-Não é preciso! Ele seca muito rapidamente!
-Haruka… vai lá secar! –Pediu a Matilde de uma forma delicada fazendo uma careta
-Mas…

Entretanto, Vera apareceu e colocou a comida na mesa. Eles pararam com a conversa e começaram a tirar a comida. Começaram comer e falaram de montes de coisas, principalmente sobre o casamento. Haruka não disse nem “a” nem “b” e Seiya o mesmo.
Matilde olhou para Haruka e começou a fazer um questionário

-Quem vão ser os padrinhos?
-O meu vai ser o Taiki. –Respondeu o Seiya
-Eu ainda não falei com a pessoa em questão mas, acho que posso faze-lo agora…
-??? –Todos
-Kakyuu… queres ser a minha madrinha?

Kakyuu olhou perplexa para Haruka com os seus grandes e vermelhos olhos. Sentiu-se muito feliz e um certo calor dentro dela. Olha para Haruka novamente, esboçando um grande sorriso e afirmando seguida com a cabeça.

-Nem sabes como estou feliz Haruka! –Respondeu a Kakyuu
-E a menina das alianças filha?
-Vai ser a Octávia… mas isso já todos deviam saber! –Comentou ela
-E a Mariana… vais convida-la?
-Eu não queria mas… eu mando-lhe o convite… só espero que não apareça…
-Eu tenho uma surpresa para ti! –Avisou-lhe a mãe
-Sério? Qual?
-Só a irás ver na festa de despedida geral!
-Hu! –Murmurou ela, cruzando os seus braços

Haruka fez uma careta de seguida e todos riram novamente. Estes últimos dias tinham sido muito especiais para as duas em principal para Matilde. Ela já não ria assim á muito tempo. Ela tinha criado uma grande amizade com Kakyuu e a vinda dos 3 luzes para ao pé da Haruka fizeram-na amansar.

-Bem, já terminei… vou treinar para a corrida… até logo!
-Quero-te em casa á 5.00h pelo menos! –Avisou a Matilde
-MÃE! EU VOLTO QUANDO ME APETECER!
-Vá, não te chateis! Eu acompanho-te! –Disse o Seiya
-M-mas… p-para quê?
-Eu tenho que te conhecer melhor e os teus hobbies também!



Haruka suspirou e levantou-se. Informou que só ia secar o cabelo e que já voltava. Seiya sentiu-se feliz por ela não o ter rejeitado e sentou-se na sala juntamente com os outros á espera dela. Esperaram 5 minutos por ela e ela entretanto desceu. Avisou então que ia andando e Seiya levantou-se, acompanhando-a então.
Quando fecharam a porta, Taiki e Yaten começaram com os comentários.

-Eles gostam um do outro! –Ironizou o Yaten
-Pois gostam… e finalmente já estão a começar a admitir aos poucos… -Respondeu o Taiki

Entretanto, já lá fora, Haruka e Seiya desceram para a cave e Haruka chegou-se perto da moto vermelha e começou a examina-la. Ao fim de poucos minutos, terminou a examinação e foi buscar o seu capacete vermelho e um azul.

-Onde vais treinar?
-Numa pista própria que fica a alguns quilómetros daqui…
-Então… tens que me levar na moto! –Disse ele radiante
-Sim tenho…
-E quanto á cena de ontem? Desculpas-me?

Haruka não respondeu e montou-se na sua moto. Fez sinal para ele subir e ele encolheu os braços, colocando de seguida o capacete que ela lhe entregara. Sentou-se atrás dela e enrolou os seus braços em torno da sua cintura. Sentiram-se nervosos devido ao pertíssimo contacto, apesar dos perfumes dos dois até serem uma mistura agradável.
Ela ligou então a moto e saíram do palácio muito rapidamente. Enfiou-se pela estrada e começou a acelerar o máximo que podia. Seiya começou a agarra-la com mais força e a encostar-se a ela devido á alta velocidade a que eles iam.
Ela não lhe disse nada e prosseguiu caminho. Após 7 minutos de viagem, ela chegou á pista. Seiya desmontou-se da moto e agradeceu a “boleia”. Ela não disse nada novamente e andou com a sua moto para o sítio da partida

-Se quiseres, eu acento os tempos…
-Sim por favor… -Pediu ela entregando-lhe o cronómetro.

Haruka respirou fundo e colocou o capacete vermelho de seguida. Seiya fez sinal que aos 3 era a partida. Ela preparou-se então e quando Seiya fez sinal, ela arrancou. Fez o percurso todo com os seus pensamentos em branco, concentrando-se apenas na estrada. Quando atravessou a meta, Seiya parou o cronómetro.

-Uau… 3 minutos e 8 segundos esta enorme pista? Como é que a tua moto aguenta?
-Não é suficiente… tem de ser pelo menos só dois minutos… prepara novamente…
-Ok, está bem!

Ela preparou-se novamente e aos 3, Seiya começou a cronometrar. Ela percorreu então a pista, voltando a ficar imensa poeira por onde ela passava. Continuou concentrada, tentando manter a sua mente limpa e quando passou novamente a meta, Seiya parou o cronómetro.

-2.57 min!
-Mesmo assim…
-Melhoras-te bastante! Queres mais uma tentativa?
-Eu não quero! Tem é mesmo que ser!

Eles preparam-se novamente e voltaram a fazer a mesma coisa. Ela fez novamente todo o percurso e quando atravessou a meta, ele parou o cronómetro.

-2.49 min… Está óptimo!
-Sim… tens razão… -Disse ela de uma maneira agradável

Ela tirou uma garrafa de água que tinha deixado do seu assento e bebeu-a. No final, voltaram a montar a moto e voltaram a assumir as suas posições.

-Onde vamos agora?
-Para casa não? –Respondeu ela, numa maneira irónica
-Não podemos ir a outro lado?
-Como por exemplo?
-Sabias que é em Outubro que existe correntes quentes? Se fores á praia e tomares banho agora, sentes a água mais quente…
-Sim pois mas… não me apetece ir á água…
-Então, mas deve haver uma esplanada lá!

Ela percebeu onde ele queria chegar e queria dizer-lhe que não, mas a sua mente pedia-lhe por tudo para não voltar para casa pois iria apanhar uma grande seca. Ela respirou fundo no fim de colocar o capacete, olhou para o lado e encarou-o de seguida

-Esta bem, vamos lá então! Segura-te!

Haruka arrancou a alta velocidade e ia cada vez mais depressa. Seiya voltou a aperta-la pois sentia que estava a esbarrar para trás e nem sequer teve noção da força que estava a fazer.

-Não me queres partir também a anca, além de me apertares?
-Desculpa, mas vais muito depressa!
-Tem calma… estamos mesmo a chegar!

Após mais dois minutos de viagem, eles chegam então á praia. Seiya saiu rapidamente da moto e tentou recompor-se. Haruka ria-se para si mesma por Seiya estar daquela forma. Depois disto, ele entregou-lhe o seu capacete e ela guardou-o e prendeu a moto com um cadeado. Seguido disto, dirigiram-se então para a esplanada. Eram 4.06 da tarde e já estava a ficar frio, apesar do sol queimar como tudo mesmo estando nublado.
Entraram então na esplanada e sentaram-se cá fora. Um empregado de estrutura média e cabelo e olhos castanhos, foi atende-los. Pediram ambos 2 sumos de laranja naturais e esperaram pelas bebidas enquanto falavam.

-Ouve lá Haruka, agora a sério, como vai ser? Vais evitar-me a toda a hora?
-…
-Assim não dá… tens de dar o braço a torcer pelo menos!
-Que queres que faça? Que coloque a minha cara á tua frente e diga “Beija-me” ou “Amo-te muito” sem ser verdade?
-Por exemplo! Gostei mais da primeira opção!
-Então vá, beija-me!


Última edição por Haruka Tenou em Seg 13 Jul 2009, 12:04, editado 1 vez(es)

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por J@n!nh@ em Seg 13 Jul 2009, 11:41

--' Marisa eu mato-te. Tudo bem que o suspense é bom mas pelo menos podias por o beijo pah...

Fica aqui uma pessoa com os olhinhos a brilhar e depois chega à parte crucial da historia e pimba...Beijinho que é bom nada...

O capitulo estava optimo sim senhora, pelo menos desta vez só lhe deu um soco no ombro e uma "almofadada" já não é mau, está a progredir=P

Beijokitas e espero que amanha postes mais um pouco...Se não postas eu vou atras de ti e vais ver

J@n!nh@
R: Pelo Poder Estelar de Marte!
R: Pelo Poder Estelar de Marte!

Feminino
Mensagens : 558
Idade : 29
Localização : Beja e Santiago

http://paintingstarswithme.blogspot.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Seg 13 Jul 2009, 12:06

Toma toma! Fico á tua espera!
Posterei amanhá por volta das 5,6h
Até lá, espero que não me venhas visitar e cometer um homicidio! Matreiro

Obrigada! Bjinhs

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por kelinha em Seg 13 Jul 2009, 12:29

J@n!nh@ escreveu:--' Marisa eu mato-te. Tudo bem que o suspense é bom mas pelo menos podias por o beijo pah...

Fica aqui uma pessoa com os olhinhos a brilhar e depois chega à parte crucial da historia e pimba...Beijinho que é bom nada...

O capitulo estava optimo sim senhora, pelo menos desta vez só lhe deu um soco no ombro e uma "almofadada" já não é mau, está a progredir=P

Beijokitas e espero que amanha postes mais um pouco...Se não postas eu vou atras de ti e vais ver

ohh... e o beijo?? Surprised.o:

J@n!nh@, eu vou contigo atrás da Marisa se ela não postar mais amanhã...

kelinha
R: Pelo Poder Sagrado do Cristal Lunar!
R: Pelo Poder Sagrado do Cristal Lunar!

Feminino
Mensagens : 349
Idade : 24

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Seg 13 Jul 2009, 12:38

Eu ainda vou receber um sermão, por tar a postar todos os dias ^^'

Não me admirada nada ser avisada para postar mais tarde para ver se vinham mais comentários... mas a fic já ta com mais de 180 pags e ainda si postei até á 37 por isso, queria ver se xegava o mais depressa possivel até a lua de mel...
bem deixando de conversas parvas! Eu posto amanhã entre as 4-6h eu prometo Matreiro
Beijokitas

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por RitaMarte em Seg 13 Jul 2009, 12:55

Fiquei outra vez pendurada Matreiro
Adorei capitulo, mas não devias ter parado aí eu queria ver o beijo.
Eu espero então por amanhã!

Beijokas

RitaMarte
R: Pelo Poder Estelar de Mercúrio!
R: Pelo Poder Estelar de Mercúrio!

Feminino
Mensagens : 419
Idade : 20
Localização : Lisboa

http://inuyashaportugal.forumeiros.com/forum.htm

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Seg 13 Jul 2009, 13:08

Obrigada Ritinha! Gostei do teu coment ^^! Amanhã, logo verás o beijo Matreiro

Célia, obrigda pelo comentario, desculpa nao te ter respondido é que eu tinha de sair e e minha mae estava a pressionar-me pa desligar o pc por isso, nem sequer respondi ao teu coment. Eu dedikei-te o cap de livre vontade, axu ke o mereceste

Beijinhos pas duas

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Ter 14 Jul 2009, 09:09

Cap.9- A primeira curte... nocturna

-Que queres que faça? Que coloque a minha cara á tua frente e diga “Beija-me” ou “Amo-te muito” sem ser verdade?
-Por exemplo! Gostei mais da primeira opção!
-Então vá, Beija-me!
----------

Haruka colocou a sua cara á frente dele e quando os seus lábios estavam mesmo próximos, ele inclina-se para a frente e beija-a com fervor. Esta responde ao beijo e ele desliza a sua língua para dentro da boca dela. 8 segundos após, ele leva a sua mão á cara dela e volta a recolher a sua língua, passando só a beija-la. Pouco tempo depois, quando o empregado chegou-se perto deles, eles quebram o beijo e voltam a sentar-se como deve ser.
O empregado ri, por ter visto a futura rainha aos beijos mas prometeu que não dizia nada a ninguém visto que eles eram os únicos clientes que estavam agora na esplanada. Seiya e Haruka coraram e agradeceram, começando se seguida a beberem as bebidas.

-Então, mais esclarecida sobre mim? –Perguntou ele, enquanto pousava o seu copo e sorria-lhe
-Bem… acho que sim… ainda não me habituei muito bem á ideia de ir casar contigo visto que já andamos á luta e não nos matamos á 4 anos por um triz mas… acho que mudas-te e talvez eu consiga lidar contigo durante estes anos que se avizinham…
-E… krum (tosse)… e dá para eu ir… fazer-te uma visitinha á noite?
-SEIYA!
-Que tem? Vá lá!
-Bem… acho que posso dar-te essa oportunidade visto vamos ser marido e mulher mas… fica só entre nós e só lá vais por volta da 1.00 da manhã ok?
-Está bem tomboy-san!
-SEIYA!
-Ok está bem… bombom?
- (--)’
-Pronto am… Ruka?
-humm… Koibitito?
Eles sorriram, como se tivessem afirmado que gostaram dos nomes que deram um ao outro e deram um outro beijo de seguida, mas desta vez mais delicado. Quebraram-no para respirarem e para poderem terminar a bebida para irem embora. Após isso, Seiya pagou as bebidas, o que contrariou bastante a Haruka mas acabaram por sair do estabelecimento sem se matarem.
Voltaram para a moto e assumiram as antigas posições. Haruka começou acelerar e guiou até casa á velocidade de 170/180 km/h. Chegaram a casa finalmente e entraram na cave. No fim de arrumar a mota e no fim de Seiya arrumar os capacetes, subiram para cima, através de umas escadas existentes na cave.
Quando chegaram, Taiki e Yaten estavam a brigar e tanto a Kakyuu como a Matilde, não os conseguiam separar.
Haruka e Seiya apressam-se a irem lá e Haruka segura em Taiki e Seiya em Yaten.

-VOLTAS A FAZER ISSO EU DOU CABO DE TI! –Avisou o Yaten
-ERA SO UMA BRINCADEIRA!
-DE MUITO MAU GOSTO TAIKI!
-PAROOOUU! QUE SE PASSOU AQUI? –Perguntou a Haruka, já a perder a paciência
-O TAIKI IA CORTANDO-ME O CABELO OU MELHOR, O MEU RABO-DE-CAVALO ENQUANTO EU FAZIA UMA SESTA LÁ FORA NA RELVA!

Seiya, Kakyuu, Matilde e Haruka, começaram-se a rir apesar de nunca terem visto o Yaten tão passado. Haruka levou Taiki para um canto da sala e Yaten foi arrastado por Seiya para um outro canto. Kakyuu tentou sossegar Yaten e Matilde, o Taiki. Após uns 5 minutos de conversa, Taiki e Yaten chegaram-se perto um do outro e até deram um passa-bem, sorrindo de seguida.
Após os ânimos terem acalmado, sentaram-se todos na sala e não fizeram outra coisa até á hora do jantar se não verem televisão. Seiya e Haruka estavam bastante próximos, apesar de não trocarem carícias durante estas ultimas 3 horas. Todos apreciavam um filme de terror que estava a dar na TV, por ser domingo e quando a hora de jantar chegou, Vera foi avisa-los. Eles levantaram-se então e tanto Yaten como a Haruka, a primeira coisa que fizeram foi espreguiçar-se.
Eles os dois deram algumas risadas e foram então para a mesa.
Vera já tinha colocado lá a comida e as bebidas, retirando-se logo de seguida. Eles começaram a tirar a comida e enquanto comiam, a única coisa que o “novo casalinho” fazia, era trocarem olhares entre si. Matilde e Kakyuu aperceberam-se mas não disseram nada. Por outro lado, Taiki e Yaten estavam mais interessados em gozar com a Vera, devido ao seu peito (Matreiro).

-Por favor meninos! Comportem-se! –Pediu a Kakyuu, apercebendo-se das traquinices que eles estavam a fazer
-Epá! Estava a ser tão engraçado gozar com a velha!
-YATEN! –Gritou a Kakyuu
-Meu menino, se acha que é engraçado olhar para as minhas mamas, então fique sabendo que o menino parece um Gay de primeira com esse penteado! Um Gay e volto a soletrar G-A-Y! Por isso é que não encontra nenhuma mulher! Ninguém o pode aturar seu arrogante!Repreendeu a Vera, muito furiosa e sem medos
-VERA! –Gritou a Matilde
-Ai…Desculpe minha Senhora…Imensas desculpas! –Pediu ela, já arrependida
-Mãe! A Vera tem toda razão! Esta boca foi muito bem-mandada! Boa Vera e não tens que pedir desculpa!
-Haruka! –Chamou a Matilde á atenção
-Verdade! –Disse ela, fechando os seus olhos e virando a sua cara para o lado
-Obrigada menina!
-Não tens que agradecer Vera! Eles estavam a ser idiotas!
-Ok Vera, podes retirar-te e tirar a noite restante só para ti! –Informou a Matilde
-Vamos então continuar a comer? –Perguntou a Kakyuu

Vera retirou-se, um pouco envergonhada mas agradecendo á Princesa e á Rainha. Depois disto, todos voltaram a assumir as antigas posições e continuaram a comer, sem dirigirem uma única palavra. Yaten, ainda estava fulo com a “velha” (era assim que ele a chamava) e o que lhe enervava mais, era o facto de não ter tido oportunidade para se defender daquele comentário.
No final, a outra empregada, a Sónia, é que foi entregar as sobremesas e recolheu os pratos sujos. Eles pegaram nas taças e tiraram a sobremesa que queriam. Comeram então e de seguida, tomaram um café já na sala. Continuaram o serão juntos até á meia-noite, dando risadas, contando anedotas como deve ser, e bebendo algumas bebidas.
Quando o relógio batia as 12.05h, decidiram irem deitar-se e assim foi. Cada um foi para o seu quarto e Seiya esperava ansiosamente pela uma da manhã. As horas iam passando e quanto chegou a altura, Seiya saiu muito rapidamente do quarto e dirigiu-se ao quarto de Haruka. Ele entra e os cães começam a rosnar mas Seiya decide ignora-los. Olhou para Haruka, que dormia pacificamente e acordou-a.

-Hu? Que foi?
-Olá! Esqueceste-te?
-Ah! Desculpa!
-Não faz mal! –Respondeu ele, dando-lhe um beijo de seguida e passando a beijar-lhe o pescoço
-Am… Seiya... temos um pequeno, quer dizer… dois pequenos problemas…
-Que se passa?
-Bem… eu nunca… am… eu nunca …
-Ah já percebi! Mas para isso é que também estou aqui ou não? -Disse ele de uma maneira serena
-M-mas ainda há um outro problema…bem… aquilo veio-me á bocado e mesmo que quisesse, não podia fazer nada contigo…
«Só mesmo para esta coisa mensal estragar-me a noite» -Pensou ele um pouco chateado -Olha, não te preocupes… mas podemos fazer outras coisas não é?
-Que coisas?

Seiya sorriu-lhe malevolamente e começou a beijar-lhe novamente o pescoço. Após ela cair novamente sobre a sua almofada, começou a retirar-lhe a sua branca camisa de dormir, deixando-a só em roupa interior. Usava um sutiã e umas cuecas laranjas e o seu simples colar de ouro.

-Seiya… eu não posso!
-Eu sei! Ninguém te disse que íamos fazer amor! Vamos só… curtir! Vá, relaxa! Confia em mim!

Continuou a beijar-lhe a garganta no lado esquerdo, trincando-a de seguida, o que fez Haruka soltar um grito de dor. Pediu desculpa por ter sido com tanta força e começou a lamber-lhe a marca que ele tinha feito. De seguida, voltou a beijar-lhe os seus lábios que sabiam a morango devido ao batom e começou a deslizar novamente a sua boca ate á barriga, percorrendo-lhe primeiro o pescoço e peito. Beijou-lhe a barriga, o que provocou imensa impressão a ela, libertando assim um pequeno gemido.
Após ele trocar carícias por tudo o corpo dela durante uma longa hora, foram-se enrolando dentro dos lençóis sem quebrarem os beijos e adormeceram muito rapidamente, nos braços de um do outro.

Ás 6.00h e pouco da manhã, os primeiros raios começaram e entrar pelo quarto dela. Seiya acordou, sem se lembrar onde estava e começou a olhar em redor. Viu que as paredes estavam pintadas de um amarelo suave e que a mobília era cor pinho mel clara logo, estava no quarto de Haruka. Após as suas memórias regressarem, olhou para o seu lado e viu que enrolava Haruka com o seu braço direito. Olhou para ela, que tinha a cara virada para o lado direito e apreciou a marca que lhe tinha deixado na garganta no seu lado esquerdo.

«Isto agora só mostra que és minha e que não te vão roubar-me!» -Pensou ele, sorrindo de seguida e beijando-lhe o curto cabelo arenoso

Removeu o seu braço de debaixo das costas dela e levantou-se com cuidado. Saiu do quarto e foi até ao quarto muito silenciosamente. Entrou e respirou de alívio por não ter sido apanhado. Deitou-se de seguida na cama e tentou adormecer, após ter estado mergulhado nos seus pensamentos

-Isto torna-se perigoso… -Murmurou ele enquanto olhava para o tecto branco –Mas até tem a sua piada…

Dito isto, deu voltas e mais voltas na cama, conseguindo apanhar finalmente o jeito e acabou por adormecer. As horas foram passando e todos por volta das 10h, começaram a levantar-se. Seiya sentiu-os, mas decidiu ficar um pouco mais na cama. Uma hora após, decidiu levantar-se e descer. Foi-se vestir e desceu 15 minutos depois. Todos estavam na sala, a conversarem muito animadamente. Taiki e Yaten estariam a falar possivelmente de Vera e Kakyuu e Matilde, sobre o casamento.
Reparou que Haruka ainda não se tinha levantado e pediu licença para a ir levantar. Kakyuu e Matilde sorriram e Matilde deu-lhe a autorização, dizendo que isso nem se pedia. Ele sorriu e subiu novamente as escadas. Abriu a porta e os cães desta vez não mexeram sequer uma orelha. Voltou a fechar a porta e subiu para cima da cama, beijando-lhe o pescoço.

-Para quieta NINA! –Pediu a Haruka, dando-lhe uma estalada
-AUU!!
-O QUE? SEIYA?

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Convidad em Ter 14 Jul 2009, 09:18

Ola estamos adorar a tua Finc XD continua nos em breve vamos comecar a postar tambem

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Ter 14 Jul 2009, 09:28

Então espererei por ela! Contem comigo Very Happy para ler!
Obrigada meninas
Beijinhos

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por sweet princess em Ter 14 Jul 2009, 09:35

Descrições Smile
melhorou mais a fic sem duvida Very Happy
Estou a gostar qerida haruka Smile
Este Seya é um malandro.
mas dai a confundir os lábios dele com uma cadela.. Shocked

Kissus !

sweet princess
Classic: Pelo Poder de Vénus!
Classic: Pelo Poder de Vénus!

Feminino
Mensagens : 295
Idade : 25
Localização : Braga

http://deliciousbbe.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Ter 14 Jul 2009, 09:45

Matreiro

Ela tava a xonar... so se apercebeu que estavam a chatea-la ela nem se deu ao trabalho de ver Matreiro
Isto aconteceu (foi parecido) entre mim e minha irmã Matreiro. a cadela começou a lember-me e eu dei uma estalada á minha irmã que estava ao lado da cadela Matreiro

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por sweet princess em Ter 14 Jul 2009, 09:50

OMG Shocked
pobre irmã Neutral
entao foi baseado num caso real Laughing

sweet princess
Classic: Pelo Poder de Vénus!
Classic: Pelo Poder de Vénus!

Feminino
Mensagens : 295
Idade : 25
Localização : Braga

http://deliciousbbe.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Ter 14 Jul 2009, 09:52

Sim... ela é uma pobre coitada nas minhas mãos... sim foi baseado num caso real a fugir um pouco para o parecido Matreiro
Bjos

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por RitaMarte em Ter 14 Jul 2009, 12:58

Adorei este capitulo!
E coitado do Seiya confundido com um cão. Matreiro
Continua a fic, acho que todos estamos a adorar. Wink

RitaMarte
R: Pelo Poder Estelar de Mercúrio!
R: Pelo Poder Estelar de Mercúrio!

Feminino
Mensagens : 419
Idade : 20
Localização : Lisboa

http://inuyashaportugal.forumeiros.com/forum.htm

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Ter 14 Jul 2009, 13:12

^^

Obrigada! Fico mt mais animada ao ouvir isso Matreiro

Beijinhos

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por DiiLuna em Ter 14 Jul 2009, 14:03

É caso pra dizer ' COMO PUDESTE PARAR AÍ ? '

Estou mesmo embalada nesta história. Embora tenhas algumas falhas causadas certamente por distracção o enredo está muito bom.
A tua evolução é muito notória e eu não me canso de dizer isto.
Vejo que seguiste o meu conselho em relação ao suspense.

Estou a gostar muito. Beijinho.

DiiLuna
Classic: Pelo Poder de Júpiter!
Classic: Pelo Poder de Júpiter!

Feminino
Mensagens : 245
Idade : 28
Localização : Cidade Invicta

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por MarianaNeptuno em Ter 14 Jul 2009, 14:09

Também acho muito engraçada a última parte do cão lol! Estou a adorar.
Bjs

MarianaNeptuno
Classic: Pelo Poder de Júpiter!
Classic: Pelo Poder de Júpiter!

Feminino
Mensagens : 236
Idade : 20
Localização : Lisboa

http://theabyssofme.tumblr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Ter 14 Jul 2009, 15:12

DiiLuna:

Mas eu parei assim numa parte tão critica? (ups)
Ok, se calhar até parei... Matreiro
Obrigada pelo comentário miga! valeu!

Embora tenhas algumas falhas causadas certamente por distracção


-Distracção acho não foi porque eu estou sempre e rever a historia de cima a baixo... até já me cansa faze-los todos os dias mas há sempre alterações a fazer Matreiro... suponho que essas falhas se devem dever ao facto do meu vocabulario nao ser muito "activo" e se calhar, ate tenho dificuldades em expressar o que quero... mas com o tempo, acho que hei-de conseguir! Toma toma

Mariana:

A parte do cão até teve a sua piada Matreiro
Ainda bem que tas a gostar!
Jinhos

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Qua 15 Jul 2009, 13:52

Cap.10- As compras chatas

-Para quieta NINA! –Pediu a Haruka, dando-lhe uma estalada
-AUU!!
-O QUE? SEIYA? OH DESCULPA!
-Tem calma… já possou eheh!
-Eheh… que viste cá fazer?
-Ora eu passei cá a noite!
-Sim, mas quando acordei já não estavas cá e deduzi que tinha voltado para o teu quarto!
-E deduziste bem mas visto que desci e não te encontrei lá em baixo, decidi vir chamar a madame !
-Muito querido sem dúvida! Bem vou então vestir-me…
-Ok. Espero-te lá em baixo!
-Está bem!

Despediram-se, dando um apaixonado beijo e Haruka foi para a casa de banho. Seiya saiu do quarto e voltou para baixo. Foi recebido com um enorme espanto por parte de Matilde pois não acreditava que ele a tinha conseguido levantar.

-Sim consegui… mas levei uma estalada!
-Aquela minha filha! –Exclamou a Matilde, colocando as pontas dos seus dedos na testa
-Mas ela não fez por mal… ela pensava que era a Nina! –Respondeu ele, dando risadas de seguida
-Típico! Ela tem sempre a mania de agir antes de pensar! –Murmurou a Matilde –Mas conseguiste levanta-la?
-Consegui… ela já desce…
-E como estão vocês?
-Mais próximos mas nada de sério…
-Ainda bem… fico feliz por ela não te estar a rejeitar…
-Eu também!

Após isto, Seiya esperou que ela descesse para irem tomar o pequeno-almoço juntos. 10 minutos após, ela desceu, usando uma t-shirt laranja e umas calças de ganga claras e largas. Chegou-se perto de todos e cumprimentou-os. Dirigiu-se para a sala e encontrou lá Seiya, que a esperava e começaram a falar aos sussurros.

-Estas linda! Olha, vamos tomar o pequeno-almoço?
-A esta hora? Daqui bocado almoçamos! Eu vou só comer uma maçã…
-Hum… mas uma maçã não me chega…
-Então pede á Vera que ela prepara-te algo!

Entretanto, Kakyuu e os outros aparecem ao pé dos dois pombinhos e interrompem a conversa.

-Ainda bem que vos encontro juntos! –Disse a Kakyuu com Yaten ao seu lado
-Que se passa? –perguntaram ambos
-Vamos ver hoje dos vossos fatos de casamento! –Disseram Taiki e Kakyuu, entreolhando-se e sorrindo
-HOJE? -Perguntaram
-Sim! No fim de almoço! Por isso não se ausentem! –Pediu a Matilde

Haruka entrou em estado choque. Não se tinha lembrado nem imaginado estar de vestido de noiva. Arrepiou-lhe o facto de ter usar novamente vestidos mas engoliu em seco, suspirando pouco depois.
Por outro lado, Seiya estava radiante, não só por casar com ela, como também por vê-la de vestido branco e grande.
Matilde, os 2 luzes e Kakyuu repararam no fraco suspiro que ela lançou e Kakyuu colocou a sua mão em seu ombro, para tranquiliza-la.

-Obrigada Kakyuu… eu estou bem… -Murmurou a rapariga loira
-Vais ver que vais estar linda e que vai correr tudo bem! Vais ser feliz!
-Vais ser feliz e vais dar-me um neto entretanto certo?!
-Mãe… essa conversa outra vez não… já me está a doer a cabeça de tanto pensar… vou tomar um brofén e já volto…
-Haruka! Atenção á dose!
-Eu sei mãe!
-Mas espera! Que marca é essa que tens no pescoço?

Haruka engoliu em seco e despachou-se a inventar uma desculpa, corando um pouco. O mesmo também aconteceu a Seiya… que se tinha engasgado enquanto comia uma cereja

-Calma mãe! Am… Foi a Nina ontem á noite... foi sabes?! N-não te preocupes!
-Mas está negro! Já metes-te gelo nisso? –Perguntou novamente, olhando para o pescoço dela
-Não m-mas também já não adianta de nada! Vá, calma! Eu vou lá a cima e já volto!
-Está bem…- Respondeu-lhe a Matilde

Ela saiu então da sala e subiu até a casa de banho para tomar um brofén. Voltou a descer e receberam mais uma vez a chamada para o almoço. Seiya e Haruka com tanta conversa, até se esqueceram de tomar o pequeno-almoço. Sentaram-se á mesa, desta vez um ao pé do outro e começaram a comer.
Almoçaram então e de seguida, como sempre, comeram a sobremesa no final. Foram de seguida buscar os casacos e dirigiram-se á Cidade Mirandense para irem aos alfaiates.
Kakyuu, Haruka e Matilde queriam a uma estilista por isso, conduziram no carro de Haruka e os 3 rapazes queriam ir a um alfaiate e conduziram no carros dos 3 luzes[1], que veio do Planeta Terra para Úrano, através de criados da Kakyuu.
Começaram então em andamento e foram até á cidade. Haruka como sempre conduzia a altas velocidades e os 3 luzes, estavam com dificuldades em acompanha-la. Mesmo assim, conseguiram chegar todos juntos a uma rua que continha uma loja unisexo. Estacionaram os carros um ao pé do outro e saíram. Atravessaram a rua de uma ponta á outra e entraram de seguida na loja.

[1]- Ver episódio Sailor_Moon_Stars_178

-Bem, quem se despachar primeiro, espera no carro! –Disse o Seiya, com um olhar malandro
-Bem podes esperar! Já estou a ver que não vamos encontrar um vestido ao agrado dela e que vai ter de ser feito á medida! –Informou a Matilde, cruzando os braços e lamentando

Haruka não disse nada e fez beicinho. Entretanto, a empregada aparece e cumprimenta-os.

-Bom dia!
-Bom dia!
-Que desejam?
-Queríamos encontrar aqui, umas roupas para o casamento destes dois… -Informou a Matilde
-Muito bem…

Alice, a empregada que os tinha atendido, chamou o seu colega Miguel. Ele apareceu ao lado dela pouco depois e cumprimentou-os também.

-Aqui o Miguel, será o que te vai atender. –Informou a Alice a Seiya -Eu atendo a senhora.
-Está bem… -Respondeu a Haruka
-Miguel, chama a Olga para tomar conta disto enquanto estamos lá dentro.
-Sim…

Ele chamou então a rapariguinha chamada Olga e ela apareceu. Miguel pediu-lhe para ficar a tomar conta das coisas enquanto eles atendiam os clientes.
Seiya foi levado, juntamente com os 2 luzes para uma divisão que havia no lado esquerdo da loja e Haruka foi levada juntamente com a Kakyuu e a sua mãe, para uma divisão que havia no lado direito.
Começando pelo lado dos rapazes, Seiya já tinha aquilo que queria em mente. Um smoking preto e que no bolso pudesse levar uma rosa vermelha. Uns sapatos pretos, uma camisa branca, um laço e o seu cabelo ao natural… não queria mais nada…

-Tens a certeza?
-Sim… eu já andei a pensar nisto antes… só quero acabar isto para ir poder fazer uma outra coisa!
-O quê?
-Primeiro o fato… já vos digo!
-Seiya… não te esqueças que tens de comprar uma coroa!
-Sim, eu sei.

Miguel, começou a tirar-lhe as medidas então. Após as ter apontado numa folha, abriu um grande guarda-fatos e foi tirando os cabides que tivessem lá os estilos de roupa que ele pediu.
Como seria de esperar, a sala era enorme. Tinha montes de guarda-fatos cor pinho mel, incorporados nas 4 paredes brancas e possuíam já incorporados nas portas dos guarda-fatos, espelhos enormes que iam de cima a baixo. O tecto era feito daquele vidro especial inquebrável e era daí que a luz do sol entrava para toda a divisão.
Após terem olhado em redor, Miguel mostrou os fatos e Seiya encontrou pouco depois o ideal. Só faltava agora os sapatos, o lacinho, a coroa e a camisa branca. A camisa e o laço preto, foi escolhido em menos de 2 minutos, agora os sapatos, é que estavam um bocado para o mais complicado. Os que ele gostava eram apertados e os que não gostava era muito largos. Não conseguiam encontrar um sapato que fosse á sua medida. Por fim, num canto, dentro do guarda-vestidos, estavam lá uns sapatos que tinham o seu número, apesar de não serem muito ao gosto dele. Mas isso não lhe interessou nada pois as calças iriam disfarçar um pouco os sapatos. De seguida, foram ver das coroas. Ele escolheu uma, que era em ouro e simples, com uma poucas pedras embutidas, de várias cores…

Após as escolhas estarem feitas, pagaram e levaram as coisas para o carro. Colocaram no porta-bagagem e os 3 luzes entreolharam-se de seguida

-Bem… parece que ainda vamos ter de esperar… -Disse o Yaten
-Sim… até lá, tenho tempo para ir fazer uma coisa!
-O quê? –Perguntou o Taiki
-Tipo, vou casar e ela nem sequer tem um anel de noivado!
-Eheheh, por acaso! –Disseram os 2 luzes em uníssono
-Sendo assim, vamos a uma joalharia… mas onde é que haverá aqui uma?
-Temos de ir procurar… -Murmurou o Yaten

Assim o fizeram então. Andaram cerca de 3 minutos completamente desorientados, sem encontrarem nada. Finalmente, dirigiram-se a uma pessoa e perguntaram-lhe as indicações para uma joalharia. Um senhor idoso, entre os 60/70 anos, já um pouco marreco e de cabelos grisalhos, indicou-lhes as direcções. Após isso, agradeceram e ao fim de outros 3 minutos, chegaram á loja.

De volta ao alfaiate, estava então complicado. Haruka não aceitava nenhum fato pois todos eram estilo cai cai e ela recusava-se a andar assim, em Inícios de Outubro, com imenso frio. Além disso, todos tinham a roda muito grande e ela não gostava disso.

-Então, se não gostas de nenhum, vamos fazer ao teu estilo! Vai dizendo o que queres que eu escrevo!
-Esta bem…

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por MarianaNeptuno em Qua 15 Jul 2009, 15:08

Está bem fixe, quero ver o próximo...
Estou curiosa para saber como vai querer a Haruka o vestido Very Happy

MarianaNeptuno
Classic: Pelo Poder de Júpiter!
Classic: Pelo Poder de Júpiter!

Feminino
Mensagens : 236
Idade : 20
Localização : Lisboa

http://theabyssofme.tumblr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Qua 15 Jul 2009, 15:35

O prox cap foi tao fofusco para mim!! (olhinhos a brilhar Surprised.o:)
Eu adorei escrever este prox cap Toma toma :g13:
Eu postarei novamente depois de amanhã, á tarde!:Rolar:

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por celia em Qua 15 Jul 2009, 16:34

Parabens pela fanfic!

Realmente ser-se confundido com um cão! :xd2: :xd2: Pobre Seiya!

E como sera o vestido da Haruka? boa pergunta! XD

Estou a espera do teu proximo cap

beijocas

celia
Classic: Pelo Poder de Vénus!
Classic: Pelo Poder de Vénus!

Feminino
Mensagens : 298
Idade : 30
Localização : Algures em Lisboa!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Qui 16 Jul 2009, 06:25

celia escreveu:Parabens pela fanfic!
-Arigato ^^
Realmente ser-se confundido com um cão! :xd2: :xd2: Pobre Seiya!
-Para ser sincera, não tenho pena nenhuma :sorriso: ! Toma toma (não ligues Twisted Evil ... eu custumo ser bastante cruel com as pessoas e até com a minha irmã :^^': )

E como sera o vestido da Haruka? boa pergunta! XD
-Só vao ficar a saber o vestido no dia do casamento! Visto que também tinha de explicar os das outras meninas e dos rapazes, aproveitei e também explikei os dela

Estou a espera do teu proximo cap

beijocas
Bjinhos Surprised.o:

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 01:56


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 15 Anterior  1, 2, 3 ... 8 ... 15  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum