O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Página 1 de 15 1, 2, 3 ... 8 ... 15  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O Que acham da Minha Fic Nº 3

81% 81% 
[ 39 ]
15% 15% 
[ 7 ]
4% 4% 
[ 2 ]
 
Total dos votos : 48

O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Sab 04 Jul 2009, 12:39

Índice:
-Prológo___Página 1
-Cap.1- Memórias (1ª/2ª Parte)___Página 1
-Cap.2- A decisão___Página 2
-Cap.3- Tentativa de Suicídio?___Página 2
-Cap.4- A Resposta___Página 2
-Cap.5– Perguntas___Página 3
-Cap.6- Dormir com ele?___Página 3
-Cap.7- O Primeiro beijo___Página 4
-Cap.8- O susto matinal___Página 4

-Cap.9- A primeira curte... nocturna___Página 5
-Cap.10- As compras chatas___Página 5
-Cap.11- Um pedido irrecusável___Página 6
-Cap.12- Desculpas aceites___Página 6
-Cap.13- Confusão danada___Página 6

-Cap.14- O sonho da Joana___ Página 7
-Cap.15- Festa de Despedidas de Solteiros (1ª/2ª Parte)___Página 8

-Cap.16- Convidados misterio___Página 9
-Cap.17- VOCÊS?___Página 9

-Cap.18- A Festa Geral & um encontro surpresa (1ª Parte)___Página 10
-Cap.18- A Festa Geral & um encontro surpresa (2ª/3ª Parte)___Página 11

-Cap.19- Uma visita inesperada___Página 11
-Cap.20- O começo do "bom pesadelo"___Página 12
-Cap.21- O Grande dia!___Página 12
-Cap.22- Casar? Sim ou não?-A dúvida repentina de Haruka no altar (1ª/2ª parte)___Página 12
-Cap.23- A Chegada a Havai___Página 13
-Cap.24- Uma noite especial (1ª/2ª Parte)___Página 13
-Cap.25- O regresso a casa___Página 14

-Cap.26- De regresso á Terra (1ª/2ª Parte)___Página 15
-Cap.27- O novo/velho inimigo e a grande batalha (1ª/2ª Parte)___Página 15
-Cap.28- O Fim da Batalha___Página 16
-Cap.29- Intriga de Taiki___Página 16
-Cap.30- A inadiável verdade (1ª/2ª Parte)___Página 16
-Cap.30- A inadiável verdade (3ª Parte)___Página 17
-Cap.31- NÃO ACREDITO! :'(___Página 17
-Cap.32- Á beira de cometer um atropelamento___Página 17
-Cap.33- É bom ser desconfiada!___Página 18
-Cap.34- A tentativa falhada de Bunny___Página 18
-Cap.35- Maldito jogo da Verdade ou Consequência!___Página 18
-Cap.36- Aproximação?___Página 19
-Cap.37- A traquinice de Bunny___Página 19
-Cap.38- O rapido e pequeno frente a frente___Página 19
-Cap.39- Tentativa, resulta por favor! (1ª Parte)___Página 20
-Cap.39- Tentativa, resulta por favor! (2ª Parte)___Página 21
-Cap.40- Tréguas?___Página 21
-Cap.41- Futuro novo membro da familia aceite___Página 22
-Cap.42- Compras de Natal___Página 22
-Cap.43- De volta aos conflitos de antigamente___Página 23
-Cap.44- Noite de Natal___Página 23
-Cap.45- A saída de Vera___Página 23
-Cap.46- Mais uma convidada a mais na visita a Kinmoku___Página 24
-Cap.47- Seiya toma uma atitude contraditória á de Haruka___Página 24
-Cap.48- Sentimento de Culpa___Página 24
-Cap.49- De volta ao "passado"___Página 25
-Cap.50- A decisão de Seiya___Página 25
-Cap.51- 3 meses depois___Página 26
-Cap.52- O casamento da Úlima Inner-Maria&Mário (1ª Parte)__Página 26

-Cap.52- O casamento da Última Inner-Maria&Mário (2ª/3ª Parte)__Página 27
-Cap.53- 16 de Junho: Dia (in)esperado (1ª/2ªParte)___Página 28
-Cap.54- Estabilidade familiar___Pagina 29
-Cap.55- Isto de não me poder mexer, não passa de uma grande chatisse!!!___Pagina 30
-Cap.56- O QUE É I-S-T-O? (1ªParte)___Página 31
-Cap.56- O QUE É I-S-T-O? (2ªParte)___Página 32
-Cap.57- A benção Úranica de Yaten___Página 32
-Cap.58- Another Era___Página 32


Última edição por Haruka Tenou em Sab 01 Maio 2010, 08:41, editado 137 vez(es)

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por sweet24 em Sab 04 Jul 2009, 12:41

posta agora se faz favor

sweet24
Classic: Pelo Poder de Vénus!
Classic: Pelo Poder de Vénus!

Feminino
Mensagens : 293
Idade : 22
Localização : pro-cu-ra-me

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Sab 04 Jul 2009, 12:42

O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer



Espaço : Úrano & Terra

Tempo : 4 anos depois

Couple: Haruka Ten’ou & Seiya Kou



-Prológo

Após a horrenda e feroz guerra contra a Galáxia, quatro anos se passaram. Todas as Sailors tinham ido viver para os seus planetas juntamente com os seus amados e tornaram-se verdadeiras Princesas.

A mais linda e desejada Rainha da Lua, Serenidade, estava agora casada com o Rei Endymion á 4 anos e já tiveram a pequena Small Lady á 4 anos atrás também. Ami e Rui, encontraram-se de novo, após dois meses a batalha final e assumiram terem sentido saudades um do outro, acabando por começarem a namorar e agora, estão casados á um ano. Rita e Fernando… estes dois pombinhos não podiam estar mais felizes. Fernando tinha-se casado á 3 com a rapariga que amava e até já tiverem um pequeno rapaz, o Filipe com 2 anos. Maria e Mário, foi o único casal que permaneceu na Terra devido ao restaurante que ambos tinham aberto juntamente. Estavam noivos desde á um ano e até já compraram uma casa em conjunto. Joana e Teófilo, estão casados desde á 3 anos e também ainda não têm nenhum filho.
As Outer Senshi, também foram viver para os seus planetas, para junto dos seus pais e encontravam-se solteiras.
Haruka e Mariana acabaram por descobrir que eram primas e foram perdendo o contacto ao longo do tempo. Ambas voltaram á cerca de um mês atrás para os seus planetas pois tinham permanecido estes 4 anos na Terra juntamente com Maria e Mário.
Os 3 Luzes, também permaneceram solteiros e vivem pacificamente no seu planeta agora reconstruído, com a Princesa Kakyuu. Eles foram para Terra á dois meses atrás e voltaram á um mês.


-Cap 1 - Memórias (1ªParte)


Só que, uma grande crise se instaurou em Úrano… O pai de Haruka, Yuki Ten’ou, tinha falecido já á um mês, devido a uma doença prolongada. O caos instalava-se naquele planeta e a Rainha Matilde, teve de tomar medidas.
Falou com Serenidade e Endymion e decidiram ter de mudar o rumo a futura Rainha de Úrano.

Quando Kakyuu veio a saber das medidas tomadas no Reino da Lua, ficou um pouco chocada mas também feliz. Chamou os 3 Luzes, que decidiram ficar com corpo de Homens e serem guerreiros para protegerem Kakyuu mais facilmente e ela informou-os logo de seguida, o que se estava a passar. Eles ficaram em estado choque e contrariados mas tiveram de ir fazer as malas para irem passar umas semanas a Úrano.
Eles aterram poucas horas depois no Planeta azul e foram recebidos pela Rainha Matilde muito gentilmente. Ela era bem-parecida com Haruka, em termos de corpo... Em termos de cara, era completamente diferente… Tinha os olhos e cabelo castanho escuro e também era alta e morena. Tinha o cabelo até metade das costas, com caracóis e usava um lindo vestido Creme até aos joelhos, que a partir da cintura, começava a alargar, fazendo aquela roda. Pediu para que a seguissem até a sala e assim o fizeram.

-Bem… fiquem á vontade! – Disse ela suspirando de seguida –Vou mandar chamar a Haruka…

Eles sentaram-se e os criados foram buscar as malas para coloca-las nos seus respectivos quartos. Os 3 luzes olhavam em redor e apreciavam a luxuosa e acolhedora sala de estar. A sala estava pintada de cor salmão e era enorme. Tinha tapetes quase por todo o lado, quadros enormes e dois lindos e brilhantes candeeiros de tecto.

Por outro lado, Haruka encontrava-se deitada, em cima da sua cama, completamente encolhida e deixando várias lágrimas escorrer pela sua face a baixo. Só se lembrava do que tinha ocorrido á um mês atrás… este era sem dúvida, o pior ano da sua vida…

Flashback

Eram 8.00h da noite, hora de jantar quando Haruka chegou a casa, após mais um dia de treino. Abriu a porta e olhou para a sua frente, quando viu a Mariana, com as suas malas prontas…

-Mariana? Que se passa? Que malas são estas?

Mariana encarou Haruka e olhou para ela, com lágrimas nos olhos.

-Vou-me embora… o teste de ADN deu positivo… somos primas…

Haruka estava chocada. Não podia ser verdade! Mariana era tudo para ela e agora, descobrem que são da mesma família… só podia ser um pesadelo!

-Não… -Murmurou ela, mordiscando o seu lábio –NÃO! Ouve Mariana! Somos primas afastadas! Não tens que quebrar o contacto! EU ADORO-TE!

-Lamento Haruka mas a minha decisão está feita! Vou agora mesmo para Neptuno. Desculpa…

Dito isto, Mariana coloca a mochila ás costas e sai do apartamento. As lágrimas deram forma aos seus olhos enquanto via a Mariana a fugir dela. Após ela ter saído e fechado a porta, Haruka ficou completamente imóvel… Uma enorme raiva nasceu dentro de si e saiu também, pouco depois, do apartamento. Alcançou as suas chaves e foi para o carro. Ligou o motor e começou acelerar, sem rumo… A velocidade ia sempre aumentando… 80km/h…110km/h …130 km/h …150 km/h …160 km/h …200 km/h …220 km/h … Até que acaba por embater num muro.

O carro estava completamente espatifado e ela “também”. Sentia dores mas não era dores no corpo mas sim na sua alma… sentia-se só e miserável. Ela acordou dos seus pensamentos e limpou a sua testa suada. Após isso, tentou dar á chave mas a sua mão estava inchada e a sangrar.

-Raios! O QUÊ QUE EU FIZ PARA MERCER ISTO? -Gritou ela

Após isto, colocou a sua cabeça sobre o volante e começou a soluçar… sentia o sabor a sangue, proveniente dos seus lábios feridos mas esse momento de descanso acabou de repente, quando alguém quebra o vidro do carro, com uma máquina eléctrica.

-Ora Ora! Que temos aqui! Ahahah! Olhem só quem teve um acidente!

-Quê? Tu? O QUÊ QUE QUERES DE MIM?

-Eu disse que me vingaria de ti ou não disse? Eu não sou homem de ser derrotado no MotoCross por uma menina como tu Ten’ou!

Haruka sai do carro e enfrenta-o, com um olhar frio e num tom arrogante.

-Na pista, vence o melhor! Eu já te provei que sou melhor que tu! Não podes fazer nada! Mas isso… não passa de uma atitude de um menino derrotado!

A expressão de Yamada mudou de malicioso para vingativo, após ter ouvido a resposta dela.

-Meninos... cheguem aqui…

Um bando de rapazes, cercaram Haruka e olhavam para ela, com ódio de morte

-Quem é que é agora o derrotado uh Ten’ou? -Yamada silvou enquanto olhava para os seus “Homens” -Pessoal, eu penso que aqui, a Haruka Ten’ou precisa de saber as consequências do erro que acabou de cometer!

O grupo de Yamada, constituído mesmo só por vândalos brutais e violentos, avançou mais perto de Haruka. Os olhos dela aumentaram quando sentiu a aproximação.

-Tu não ousarias!

-Ai não? Tens a certeza?

O coração de Haruka começou a martelar muito rapidamente. Procurou nos seus bolsos, a sua caneta de transformação. Precisava dela agora e rapidamente.

Os rapazes avançaram e ela parou de procurar.

«RAIOS! FICOU EM CASA, NO OUTRO CASACO!» -Pensou ela, fula

Os rapazes aproximaram-se mais e pegaram nas suas armas. Eram armas de fogo, bastante grandes, capaz de acabar com ela em menos de 1 segundo. Ela tiritou com receio. Um capanga, que se tinha movido para trás dela, disparou um tiro e acabou por queimar-lhe a zona das costas e dos ombros. Gritou quando sentiu as dores e olhou chocada para os seus ombros sangrentos. Virou-se então e enfrentou o seu inimigo, com um olhar de terror e derrota.

-Quem é o vencido agora, Tenou?- Perguntou novamente, com um ar superior e de triunfo

Ela avança, apesar das dores e tenta dar um soco a Yamada mas… sem sucesso.

-TU NÃO ME PODES FAZER NADA!

Yamada parou-a e girou em redor. Deu-lhe um murro na barriga e de seguida, disparou um outro tiro, mas em direcção á sua perna esquerda…

Ela acaba por cair, cheia de dores e ele aproxima-se dela.

-Não há nada que possas fazer agora ahah! Estás derrotada Harukinha!

-És um fraco! Utilizas estes meios sujos para obteres o primeiro lugar… puff… isso para mim, não tem dignidade nem prazer nenhum… eu prefiro alcançar os meus prazeres, fazendo as coisas por mim e não deitando os outros a baixo!

Ele hesitou na sua resposta mas deu-lhe um olhar vingativo e sério

-Mas eu estou agora mesmo a fazer as coisas por mim!

Dito isto, ele aperta pescoço dela, com as suas mãos e suspende-a no ar.

-Seus loucos! –Murmurou ela, já com dificuldades em respirar

- Acabaste de dizer as tuas últimas palavras!

Um outro capanga aproxima-se dela, com a arma apontada á cabeça e ela olha atordoada. Fechou os olhos, á espera que ele disparasse contra ela. Eles sorriram maliciosamente mas de repente, Yamada pára de lhe apertar o pescoço e larga-a.

Um par de braços forte apanha-a antes de cair no chão e Yamada cai nele, inanimado, juntamente com o outro capanga. O resto do grupo acabou por fugir, visto que o seu chefe e um dos seus cúmplices tinham sido derrotados daquela maneira

«Alguém deve ter-lhe batido na cabeça…» -Pensou ela, ainda tendo dificuldades em respirar e vendo tudo desfocado

-Você está bem?- Perguntou um homem, de cabelo preto e curto, com uns olhos azuis profundos como a noite

-Tu? -Murmurou ela fraca mas espantada ao mesmo tempo

Não era o seu Rei que ali estava mas sim 3 indivíduos que ela detestava. Ela acabou por fechar os olhos, sentindo os seus ombros e a sua perna a ferver em dor. Gritou, pouco tempo depois com as dores e adormeceu, ficando completamente inconsciente.

-Haruka Ten’ou? –Os 3 homens perguntaram, surpreendidos verem que ela era a vítima

-Ela tem o pescoço todo negro! Temos de ir para o Hospital! –Sugeriu o rapaz de cabelo corvo
Parvoice**Parvoice



[Capitulo dedicado a Dii Luna e a Sweet24]


Última edição por Haruka Tenou em Sab 11 Jul 2009, 10:16, editado 6 vez(es)

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por DiiLuna em Sab 04 Jul 2009, 12:53

Eu disse que ia estar óptima não disse? Ruka, gostei muito. Só acho que não devias começar a história com contudo. Tira-o querida, fica muito melhor.
Bem, as diferenças entre esta história e a outra são vistas à légua! Estás a melhorar cada vez mais. Parabéns Ruka.

DiiLuna
Classic: Pelo Poder de Júpiter!
Classic: Pelo Poder de Júpiter!

Feminino
Mensagens : 245
Idade : 28
Localização : Cidade Invicta

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Sab 04 Jul 2009, 12:58

DiiLuna escreveu:Eu disse que ia estar óptima não disse? Ruka, gostei muito. Só acho que não devias começar a história com contudo. Tira-o querida, fica muito melhor.
Bem, as diferenças entre esta história e a outra são vistas à légua! Estás a melhorar cada vez mais. Parabéns Ruka.

Contudo -tirado!
Marisa estar feliz!:Mongloide=D: :g8:
Obrigada ^^,

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por sweet24 em Sab 04 Jul 2009, 13:33

Incredulo .. bem que evuluçao ... ta totalmente radical... ta super bem feito.. Esperancoso .. e primeiro cap ja dedicado a mim Esperancoso ... *eu ser tao felix mesmo * ... altas descrições!

koitada da haruka acaba sempre por sofrer nas tuas historia.. na outra que eu tava a ler ela teve um acidente, foi violada... fgo.. meu deus que imaginaçao..

mas no fim de tudo até gosto XD

eu nem sei o que comentar..

sweet24
Classic: Pelo Poder de Vénus!
Classic: Pelo Poder de Vénus!

Feminino
Mensagens : 293
Idade : 22
Localização : pro-cu-ra-me

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por J@n!nh@ em Sab 04 Jul 2009, 13:53

Querida Marisa fiquei muito contenta com a tua evolução XD minha nossa está mesmo bom...

Gostei deste começo, está bem original...Fico à espera de mais Mongloide

Beijokitas

J@n!nh@
R: Pelo Poder Estelar de Marte!
R: Pelo Poder Estelar de Marte!

Feminino
Mensagens : 558
Idade : 29
Localização : Beja e Santiago

http://paintingstarswithme.blogspot.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Sab 04 Jul 2009, 16:17

cheers Very Happy Embarassed

I´m so exciting (Transformers 2)

-Obrigada! Os vossos coments foram mt importantes! ^^

Joaninha... prox cap, é pala ti!

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Dom 05 Jul 2009, 14:25

Cap.1 -Mémorias (2ªParte)

**Haruka**

Após este episódio, lembro-me de acordar no hospital. Um quarto pequenito, completamente branco, com uma janela interior e que se encontrava a minha frente. Tinha um sofazito creme, no meu lado direito e lembro-me que tinha despertado, com o som do da máquina que me media a pulsação. Ouvi então, uma voz familiar e sorri, apesar de me sentir tonta.

-Olha! Ela está a acordar!
Eu olhei e tentei focar-me na pessoa, mas com dificuldades
-Maria… que fazes aqui?
-Soubemos que tinhas tido um acidente e que alguém te tinha trazido para aqui…
-Alguém?
-Sim… O Dr. disse-nos que o indivíduo tinha pedido anonimato…

Lembrei-me então, da cara da pessoa que me tinha salvo... Mordi o meu lábio inferior e pensei para mim mesma, bastante angustiante «Seiya…». Voltei a olhar para a Maria, que estava acompanhada pelo seu noivo, o Mário e sorri-lhe. Olhei em redor, com a esperança de encontrar uma pessoa…a Mariana… mas ao que parecia, ela não estava…

Estou aqui á quanto tempo? Que me aconteceu?
-Uma semana e meia… Queimaram-te a perna esquerda, as costas e os ombros todos mas… já está tudo sarado e cicatrizado… já estas como nova!
-Uau… -Murmurei –E só acordei uma semana e meia na depois?
-Sim…
-Bem, nós vamos deixar-te descansar e vamos chamar o médico… ok? Beijos –Falou o Mário
-Adeus…


Eles saíram então e fiquei sozinha. Poucos minutos mais tarde, um homem com 30 anos aproximadamente, também loiro e de estrutura média, aproxima-se de mim, com um grande sorriso.

-Ainda bem que despertas-te… pensava que irias entrar em coma…
Sorri-lhe meigamente e olhei para ele, com um ar cansado. Ele retribuiu-me o sorriso e começou a falar…
-Bem… vou dar-te alta visto que já estás curada… apenas te peço que quando chegares a casa, que descanses ok?

Eu percebi, o que ele quis dizer mas… mas isso implicava o meu retorno a casa… implicava o retorno á casa, que eu partilhei com a minha prima durante anos e que de repente, me tinha abandonado, sem motivos especiais alguns… Interrompi os meus pensamentos e acabei por lhe responder:

-Ok…
-Podes então vestir-te e sair… tens de passar pelo balcão…
-Está bem…

Ele começou a tirar-me as agulhas, que me tinham espetado no braço e retirou-se de seguida. Levantei-me e fui vestir-me. Vi que a Maria me tinha trazido roupa e mesmo que não me agradasse, não hesitei em vesti-la pois a outra estava completamente queimada.
Saí então do quarto e dirigi-me ao balcão. Assinei uma olha e fiquei surpresa quando a senhora mulata, de 35/40 anos de idade, me informou que a pessoa que me tinha trazido cá naquela noite, tinha pagado a consulta. Fiquei chocada confesso mas esbocei um sorriso e saí dali o mais depressa que pude. Fui então para casa pois era o que o médico me havia recomendado e apanhei um taxi. Cheguei, entrei na casa vazia e silenciosa e fui para o meu quarto. Deitei-me na cama entre os lençóis e adormeci.

As horas foram passando então... Quando acordei, senti-me completamente suada. Olhei para o relógio e vi as horas.
-09.07 da noite… dormi umas 6 horas…

Após pensar isto, levantei-me e fui tomar banho. No fim, fui vestir-me e caminhei para o sofá e liguei a TV. Este silêncio matava-me por dentro. De repente, oiço o ding-dong da minha campainha. Levantei-me então e abri a porta. Fiquei surpresa quando vi á minha frente, o rapaz de cabelo corvo que me tinha salvo naquela noite.

-Olá… podemos falar?

Dei-lhe um olhar minguante e frio mas achei que deveria deixa-lo entrar. Ele entrou e sentou-se no sofá. Eu fechei a porta e também me senti no sofá… mais longe.

-Soube que acordas-te hoje e que tiveste alta… achei que quisesses esclarecer algumas coisas não sei…
-Esclarecer? Algumas coisas? Não estás á espera que eu te agradeça pois não? –Perguntei, de sobrancelha franzida
-Nada disso! Sei que és orgulhosa demais para isso… eu apenas só vim ver como estavas e já vi que recuperas-te…
-Com vês! Estou opt…

De repente, o meu telemóvel começou a tocar. Levantei-me e dirigi-me para ao pé da porta e peguei no meu telemóvel que estava em cima de uma mesa que eu tinha lá num canto. Tenho sempre o hábito de colocar lá as chaves, o telemóvel e por vezes, a carteira…

-Mochi Mochi! –Respondi eu á chamada

Seiya olhava fixamente em mim… ignorei-o e prestei atenção á minha mãe. Ela deu-lhe a notícia que eu não queria ouvir por agora. Comecei a tremer mas continuei a falar com ela.

-Eu vou já para ai! Já tenho as malas feitas e tudo! Dentro de duas horas estarei em casa! Até já! –Respondi, muito aceleradamente

-Obrigada… Já agora, como estás?
-Estou bem mas vá! Sem mais demoras! Adeus!
-Adeus…

Desliguei a chamada e comecei a pegar nas minhas malas. Expulsei Seiya lá de casa e no fim de desligar as luzes das divisões e de colocar a peça do quadro eléctrico para baixo, sai e tranquei a porta. Ele acompanhou-me até á saída e eu entreguei-lhe o dinheiro da consulta. Ele recusou mas eu insisti. Não me voltou a chatear mais com a conversa do dinheiro pois ele já se tinha percebido o motivo pelo qual eu estava tão aflita e stressada. Toda a galáxia sabia que o meu pai estava gravemente doente e sabiam que ele agora era a pessoa mais importante para mim.
Acabamo-nos então por nos separar. Eu transformei-me e desapareci num raio de luz, enquanto que ele ficou para trás.
Demorei cerca de duas horas a chegar a Úrano. Sentia-me completamente exausta e só me apetecia ir para o sofá. Aterrei quando vejo a minha mãe ao longe, a fazer-me sinal para entrar em casa. Ela estava bastante aflita e eu comecei a correr em sua direcção. Ela estava a chorar e levou-me para ao pé do meu pai. Ele esperava-me, sentado na sala e suava imenso… Levantou-se de seguida e eu dei-lhe um abraço apertado.

-O teu pai não para de me dizer que vai morrer e que... –Gaguejou a minha mãe, a chorar imenso

-Calma! Pai, olha para mim!

-Querida… a minha hora chegou… eu já disse á tua mãe e também te digo o mesmo… –Falou ele a chorar –Por favor… cuidem-se uma da outra! Não se zanguem! Mantenham-se sempre unidas! Amo-vos!

Dito isto, o meu pai fecha os seus olhos verdes e começo a sentir peso contra mim. Não podia acreditar no que estava a acontecer…

-NÃO, NÃO, NÃO! PAI! ACORDA! NÃO! POR FAVOR! –Pedi, abraçando-o fortemente contra o meu peito, olhando para o seu cabelo branco puro, com as lágrimas a escorrerem-me pela cara

Ele não me respondeu mais. Eu comecei a chorar imenso e a minha mãe o mesmo. As criadas ligaram para o Hospital e pediram socorro. Mais tarde, quando os bombeiros chegaram, deram-nos a informação que o meu pai já estava morto e que não havia nada a fazer. Todos ficamos incrédulos… a minha mãe caiu no chão de joelhos, a chorar imenso e eu, fiquei simplesmente, ali parada, a olhar para o meu pai, que estava a ser colocado dentro de um saco branco.

-Hora da morte… 01.02h da manhã…-Informou um bombeiro, ao outro

Após isto ter acontecido, como haveria de se esperar, foi notícia por toda a Galáxia durante duas semanas inteiras. Recebemos telefonemas mas era a minha mãe que os atendia… Não queria falar com ninguém… O meu pai tinha morrido nos meus braços e isso era a coisa mais cruel que me podia acontecer. Passava então, os dias inteiros no jardim, a torrar ao sol, mergulhada nos meus pensamentos… As meninas, incluindo os 3 luzes tinham ligado várias vezes para mim mas… recusei todos os telefonemas e a minha mãe é que os atendeu…

Fim do Flashback

-Passou-se então um mês e uma semana… -Murmurou a Haruka, enquanto se lavava em lágrimas.

[Cap. dedicado a J@ninh@]


Última edição por Haruka Tenou em Seg 06 Jul 2009, 14:45, editado 4 vez(es)

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por sweet24 em Dom 05 Jul 2009, 14:43

cuntinua quero saber o que se vai passar aseguir Esperancoso

sweet24
Classic: Pelo Poder de Vénus!
Classic: Pelo Poder de Vénus!

Feminino
Mensagens : 293
Idade : 22
Localização : pro-cu-ra-me

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por sweet princess em Dom 05 Jul 2009, 14:44

cena triste Sad
mas boa fic ! tou a gostar ate agora, e a tua escrita é excelente Smile
quero mais :g12:

kissus qida haruka !

sweet princess
Classic: Pelo Poder de Vénus!
Classic: Pelo Poder de Vénus!

Feminino
Mensagens : 295
Idade : 25
Localização : Braga

http://deliciousbbe.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Dom 05 Jul 2009, 14:45

Obrigada minhas Sweetiiee's
estou em pulgas pa chegar a parte em que ela engravida What a Face

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por sweet24 em Dom 05 Jul 2009, 14:46

fg.. a haruka ta sempre a aturar filhotes..ou filhotas.. XD

duvido que ela desta vez tenha paciencia XD

sweet24
Classic: Pelo Poder de Vénus!
Classic: Pelo Poder de Vénus!

Feminino
Mensagens : 293
Idade : 22
Localização : pro-cu-ra-me

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por sweet princess em Dom 05 Jul 2009, 14:48

eu tambem tou em pulgas por mais :g12:

sweet princess
Classic: Pelo Poder de Vénus!
Classic: Pelo Poder de Vénus!

Feminino
Mensagens : 295
Idade : 25
Localização : Braga

http://deliciousbbe.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por J@n!nh@ em Dom 05 Jul 2009, 15:09

Minha querida estou fascinada com o capitulo, estás cada vez melhor XD Estou mesmo muito feliz por ver que esta historia está mesmo muito boa, Parabéns Ruka(espero que não te importes)

Obrigado pelo capitulo, já fiquei encantada com a fic e é para seguir ate ao fim...

Fico ansiosamente à espera de mais um capaitulo...

Beijokitas minha linda

J@n!nh@
R: Pelo Poder Estelar de Marte!
R: Pelo Poder Estelar de Marte!

Feminino
Mensagens : 558
Idade : 29
Localização : Beja e Santiago

http://paintingstarswithme.blogspot.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Dom 05 Jul 2009, 15:10

Nao me importo nada! Nao me importo que me xamem assim, mesmo que nao tenha nada a ver com o meu nome Matreiro
oBRigaDa por tudo!

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Lena_Dias em Dom 05 Jul 2009, 15:13

mika, esta é aqela bued fixe que me mandast neh?

(tou no outro pc e ja li faz tempo, n m lembro)


a evoluçao foi bastante radical, nota-se bem as melhoras... agora é sempre a nmelhorar =)

espero por mais mika (olha, mika, depois n t importas q eu te chame aqele diminutivo bue cutxi q eu inventei?? eu amo esse diminutivo, mika, serio é tao cutxi Esperancoso espero q n t importes princesa)

Lena_Dias
S: Pelo Poder do Prisma Lunar!
S: Pelo Poder do Prisma Lunar!

Feminino
Mensagens : 1023
Idade : 18
Localização : Lisboa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Dom 05 Jul 2009, 15:18

Mika, É a minha VERDADEIRA alcunha LOOOOL!
Obrigada Lena!
Nao, eu nunca enviei esta a ninguem Matreiro
a outra q te enviei ta na reciclagem eheh

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por MarianaNeptuno em Seg 06 Jul 2009, 10:20

Já vi que melhoras-te bastante, adoro, a meneira como estás a escrever. E estou a adorar a tua fic, quero ver o que vai acontecer...Estou tão curiosa Surprised.o:
Bjs

MarianaNeptuno
Classic: Pelo Poder de Júpiter!
Classic: Pelo Poder de Júpiter!

Feminino
Mensagens : 236
Idade : 20
Localização : Lisboa

http://theabyssofme.tumblr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Seg 06 Jul 2009, 10:25

Obrigada linda!
Prox cap é dedicado a ti, a lena e a sweet princess

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por zirateb em Seg 06 Jul 2009, 11:40

Adorei. Amei está óptima Haruka, reparei que tens algumas falhas na escrita mas isso é de escreveres muito rápido mas de resto estás de parabéns minha querida!

zirateb
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!

Feminino
Mensagens : 3657
Idade : 31
Localização : porto alto (ribatejo)

http://yunime.ativoforum.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por RitaMarte em Seg 06 Jul 2009, 11:44

Desculpa só agora ter visto esta fic.

Esta fic está muito melhor que a anterior, escreves bastante melhor, e espero que ainda melhores mais.

Estou bastante curiosa, espero que postes depressa.

RitaMarte
R: Pelo Poder Estelar de Mercúrio!
R: Pelo Poder Estelar de Mercúrio!

Feminino
Mensagens : 419
Idade : 20
Localização : Lisboa

http://inuyashaportugal.forumeiros.com/forum.htm

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Seg 06 Jul 2009, 13:44

Zitareb, nem sabes como estou feliz por teres comentado! Obrigada! Foi importante!

Ritinha eu posto amanhã!

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por sweet princess em Seg 06 Jul 2009, 13:53

eu tou a trepar pelas paredes acima por causa desta fic Shocked
tu realmente melhoras-te bastante e eu tou cansada de ler o capitulo 1 vezes e vezes Embarassed

sweet princess
Classic: Pelo Poder de Vénus!
Classic: Pelo Poder de Vénus!

Feminino
Mensagens : 295
Idade : 25
Localização : Braga

http://deliciousbbe.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por LunaLuninha em Seg 06 Jul 2009, 14:01

Soceeeeeeeeeee!! (posso-te chamar assim?) bem, esta fic comparada com a outra em termos de descrições tá muito melhor.
Vê-se mesmo que te andaste a aplicar 100% na fic =)
Tens ganda imaginação deves ter a cotação maxima da composição do exame de l.p!!
A história deixa uma pessoa com a pulga atras da orelha Matreiro
Tipo, a mariana e a haruka primas? WTF?

Outra coisa tu deves mesmo gostar muito de ver a haruka gravida do seya, já que é a 3 fic em que fazes isso :b
Bem, resumindo vou seguir esta fanfic e cada vez que tiver inspirada (como hoje) venho cá fazer um coment de jeito :3

Jinhus!

LunaLuninha
R: Pelo Poder Sagrado do Cristal Lunar!
R: Pelo Poder Sagrado do Cristal Lunar!

Feminino
Mensagens : 300
Idade : 22
Localização : No meu proprio mundo a preto e branco

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Seg 06 Jul 2009, 14:35

Soceeeeeeeeeee!! (posso-te chamar assim?)
Podes Matreiro

Vê-se mesmo que te andaste a aplicar 100% na fic =) -Podes krer, tentei!
Tens ganda imaginação deves ter a cotação maxima da composição do exame de l.p!!
-Nem por isso Matreiro


A história deixa uma pessoa com a pulga atras da orelha Matreiro
Tipo, a mariana e a haruka primas? WTF? -Eheheheh LOOOL

Outra coisa tu deves mesmo gostar muito de ver a haruka gravida do seya, já que é a 3 fic em que fazes isso :b -Amo, adoro! é o que me da pica pa continuar a fazer as fics Matreiro


Bem, resumindo vou seguir esta fanfic e cada vez que tiver inspirada (como hoje) venho cá fazer um coment de jeito :3 -Obrigada Surprised.o:


eu tou a trepar pelas paredes acima por causa desta fic Shocked
tu realmente melhoras-te bastante e eu tou cansada de ler o capitulo 1 vezes e vezes Embarassed


LOOOL ainda bem que gostaste Matreiro

Obrigada ás duas



Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Seg 06 Jul 2009, 17:01

Cap. 2- A decisão

Pouco depois, uma criada bate á porta. Haruka não responde mas ela acaba por entrar. Informou-a que tinham convidados importantes e que era para ela descer. Haruka recusou… estava num estado lastimável… olhos vermelhos e inchados e peito todo molhado das lágrimas… não se sentia em condições de ver ninguém…

- Por favor menina, a sua mãe implorou…
-Tudo bem…

Haruka levantou-se e recompôs-se como deve ser. Desceu então as escadas e foi em direcção á sala de estar. Quando lá chegou, franziu as suas sobrancelhas ao ver quem lá estava.
Os 3 luzes e Kakyuu ficaram surpreendidas por a verem-na. Tinha crescido somente umas poucas polegadas, permaneceu com o mesmo penteado, apesar de estar maior e tinha ficado também morena. Tinha ficado também mais feminina pois tinha posto brilho nos lábios. Usava um simples lindo vestido azul-escuro de alças, que fazia cruzamento nas costas, quase transparente, justo ao seu corpo, até ás duas coxas e também usava uma espécie de sandálias com saltos altos e uma coroa com pedras preciosas embutidas. Na sua orelha direita, usava, em prata, um brinco com a Letra H e outro no lado esquerdo, um brinco com um T. Também usava uma pulseira e um simples colar em ouro, ambos com pedras preciosas… Mas para eles, o que mais os chocava e impressionava, era o facto de ela ter mostrado o seu lado vulnerável…dava bem para ver que ela tinha passado o tempo todo a chorar pois tinha os olhos vermelhíssimos e imensas olheiras.

«Haruka… como estás diferente…» -Pensou o Seiya para si mesmo
-Para que me chamas-te? –Perguntou ela num tom severo
-Querida… temos de falar…
-Falar? O quê que eles fazem aqui? – Perguntou ela, num tom arrogante e tentando enxugar os seus olhos, o máximo que conseguisse

Haruka olhou novamente para os 3 luzes e ficou espantada. Ela já os tinha visto mas era sempre bom examina-los de cima a baixo…era uma maneira que Haruka tinha para encontrar argumentos mas desta vez, acho que não teve sorte…
Seiya tinha ficado mais alto que ela e tanto ele como o Taiki cortaram o seu “rabo-de-cavalo”. Yaten tinha permanecido com o mesmo estilo e continuava a ser o mais baixo dos 3, apesar de ter crescido bastante. Taiki usava um capa azul-escura, Seiya uma preta e Yaten uma cinzenta. Eles tinham-se mesmo tornado em autênticos Príncipes.
Matilde olhou para a sua filha, fazendo sinal aos dois guardas que se encontravam na sala para eles agarraram Haruka pelos braços.

-EI! LARGUEM-ME!
-Eu sei que não vais reagir muito bem ao que te vou contar mas tu tens que me ouvir até ao final… Por isso, não a larguem! – Pediu a Rainha aos guardas
-O quê que vem a ser isto? - Perguntou, completamente enraivecida, tentando libertar-se dos guardas
-Querida, agora que o teu pai morreu, eu não tenho outro remédio se não… se não casar-te…
-WHAT! O QUÊ? REPETE LÁ NOVAMENTE?
-Eu falei com a mãe da Serenidade e ambas decidimos que tu tinhas de casar e dar pelo menos um futuro sucessor a Úrano… por isso chegamos á conclusão que um destes lindos e jovens príncipes terá de ser o teu futuro marido…

Haruka estava completamente revoltada com o que tinha acabado de ouvir. Ela casar? Desde quando? Isso não estava nos seus planos! Ela não sabia mesmo o que fazer em relação a este assunto. Só lhe apetecia mesmo fugir dali o mais depressa possível ou então desejava que isto fosse somente um pesadelo.

-DESCULPA? MÃE! EU ODEIO-OS! TU SABES DISSO!
-Eu sei mas tu como futura rainha, tens de fazer alguns sacrifícios e para começar, tem de ser já este!
-NEM PENSES! –Respondeu ela num tom elevado
-AMARA NÃO ME LEVANTES O TOM!
-NÃO ME VOLTES A CHAMAR AMARA! ESQUECE ESSE NOME!
-Ok! Calma Haruka! –Pediu a Matilde calmamente, para tentar acalma-la
-Haruka, a Serenidade também precisava de uma aliança para com o nosso planeta e tu, como sendo uma das protectoras da filha dela, a tua mãe achou que isto era o melhor! -Explicou a Kakyuu, também de uma maneira tranquila para não piorar as coisas
-E como te disse, vais ter de casar na mesma…mas, mas se quiseres casar com um desconhecido, a decisão é tua… –Falou a Matilde

Haruka não queria acreditar no que estava a acontecer. Ela estava agora mesmo a ser informada que teria de casar e em com um dos 3 homens mais detestáveis á face da Terra. Os seus grandes olhos esmeraldas que tinham um olhar dócil, nervoso e triste, virou a um olhar de amargura e revolta.
Ela tentou soltar-se dos guardas e como não o conseguia, uma luz dourada envolveu-a e os guardas foram projectados para trás.
Ela apareceu transformada na sua primeira fase e tirou a sua espada do espaço, virando costas e dirigindo-se para a saída.
Kakyuu e os 3 luzes, ficaram espantados com o seu “novo” uniforme. Para eles, ela estava… estranha… Não tinha os seus brincos em forma de lua mas sim um oval na orelha esquerda. Já não tinha as duas fitas traseiras alongadas nem aquelas almofadas transparentes. Em vez de estar um coração no centro do laço frontal, apenas estava uma bola e em vez de ter uma estrela na sua gargantilha, apenas tinha a simples fita azul-escura.


-Onde vais? Eu ainda não terminei! Haruka volta aqui! –Ordenou a Rainha
-Vou treinar e passear os meus cães! Eddie, Nina! Aqui! –Avisou ela, desobedecendo-a

Os cães apareceram pouco depois e colocaram-se ao lado de Haruka.
Nina, a cadela que tinha o pêlo tom castanho-escuro e olhos verdes, começou a ladrar aos desconhecidos. Apesar de só ter 11 meses, a cadela era mais alta e mais protectora que o Eddie. O Eddie, era um pouco mais pequeno que a Nina e o seu pelo era castanho claro. Tinha os olhos castanhos-escuros e tinha 5 anos de idade. Também começou a ladrar aos visitantes mas a diferença que ele tinha de Nina, era o facto de ser mais pacífico e menos brincalhão.

-Chega! – Ordenou a Haruka aos cães e andando para a saída.

Eles pararam de ladrar e seguiram a dona até ao exterior. Yaten tremia por todos os lados pois detestava cães. Só não tinha desmaiado por eles não serem de raça grande.
Quando Haruka saiu e Matilde já não a avistava, suspirou de seguida

-Mas que posso eu fazer aquela miúda? Ela não me dá ouvidos! – Lamentou a Rainha
-Ela tem quantos anos? – Perguntou o Seiya, enquanto ainda olhava para a saída
-21… Tu tens 20 certo?
-Sim! – Respondeu ele, um pouco corado
-Matilde… o uniforme dela não está… diferente? –Perguntou a Kakyuu
-Eu já calculava que fossem perguntar isso… mas sim, está “diferente”… Tanto a Sailor Moon, como as Inner e as Outer, perderam os seus verdadeiros poderes pois a Galáxia partiu o ceptro da Sailor Moon… elas apenas ficaram com os poderes da fase S para caso que haja alguma emergência…
-Então quer dizer que a Eternal Sailor Moon e as Sailors Super ficaram todas na fase S para todas terem o mesmo nível de poder? -Perguntou o Taiki
-Sim, isso mesmo…Bem, vou guiar-vos pelo Castelo para o conhecerem… quando ela voltar, terei de informa-la quando será o casamento e com quem irá casar…

Levantaram-se então e a rainha guiou-os pelo castelo inteiro. Ao fim de meia hora, ficaram a conhecer todas as divisões existentes.
As horas foram passando e já eram 4.30h da tarde. Como Haruka ainda não tinha voltado, começaram a discutir quem seria o futuro Rei. Discutiram e foram falando das personalidades de cada um. Taiki, foi logo excluído permanecendo assim Yaten e Seiya. Voltaram a discutir mas não conseguiam descobrir o melhor. Seiya era o maior inimigo de Haruka e ambos eram muito competitivos. Era o único capaz de a aturar sem se matar primeiro. Yaten era frio e arrogante, combinando também com a personalidade dela mas… não a aguentaria nem por um dia. Mas ambos os rapazes estavam em equilíbrio.
Ao princípio, os dois rapazes recusaram a ideia de se oferecer para casar mas quando o relógio apontou para as 5.15h, já tinham a escolha feita. Tinha sido complicado escolher o rapaz ideal mas por fim conseguiram. Ele já esperava ser o escolhido por isso, acabou por esboçar um sorriso no final, apesar de saber que iria ser rejeitado.


[Cap. dedicado a Lena Dias, Sweet princess e MarianaNeptuno]

Próximos capts. irão ser dedicados a Zirateb e LunaLuninha


Última edição por Haruka Tenou em Sab 11 Jul 2009, 06:25, editado 2 vez(es)

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por sweet princess em Seg 06 Jul 2009, 17:17

adorei Esperancoso
eu foi para mim ! XD
isto promete Smile

o que ele vai fazer? Surprised.o: pelos vistos vai ter qe penar bastante :Matreiro:

huuum ...eddie e nina :Rolar:

mais mais e mais ! quero ver o qe a haruka vai fazer? sera que ela vai concordar rapidamente? :Chocado:

Kissus

sweet princess
Classic: Pelo Poder de Vénus!
Classic: Pelo Poder de Vénus!

Feminino
Mensagens : 295
Idade : 25
Localização : Braga

http://deliciousbbe.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Seg 06 Jul 2009, 17:19

Bem... ela vai... é melhor calar-me... vais ver po prox cap o que ela vai fazer pale ...

Eddie e Nina, são como os meus cães se chamam Matreiro

obrigada pelo coment. miga

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por sweet princess em Seg 06 Jul 2009, 17:23

de nada haruka Smile
eu realmente tou a gostar Shocked quando nao gosto nem comento !
queria que ela lutasse um pouqinho contra a ideia :='(: mas a autora é que manda Surprised.o:

sweet princess
Classic: Pelo Poder de Vénus!
Classic: Pelo Poder de Vénus!

Feminino
Mensagens : 295
Idade : 25
Localização : Braga

http://deliciousbbe.tumblr.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Seg 06 Jul 2009, 17:26

Bem... logo se vê se ela luta ou não...

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por RitaMarte em Ter 07 Jul 2009, 04:28

Gostei do capitulo, mas não devias ter parado aí deixas-te outra vez curiosa.

Continua assim, os capitulos estão mesmo muito bons.

Estou adorar a fic Very Happy

RitaMarte
R: Pelo Poder Estelar de Mercúrio!
R: Pelo Poder Estelar de Mercúrio!

Feminino
Mensagens : 419
Idade : 20
Localização : Lisboa

http://inuyashaportugal.forumeiros.com/forum.htm

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Lena_Dias em Ter 07 Jul 2009, 04:59

Haruka Tenou escreveu:Mika, É a minha VERDADEIRA alcunha LOOOOL!
Obrigada Lena!
Nao, eu nunca enviei esta a ninguem Matreiro
a outra q te enviei ta na reciclagem eheh

eu sei -- ' tava a falar do haru-chan -- '

ahh ...eu gstei ms tinha mt nave espacial n era? Matreiro odeio isso Matreiro

Sem paciencia nng sabe...fixeeeeee n a nenhum spoiler girl como o dark me chama xd

Lena_Dias
S: Pelo Poder do Prisma Lunar!
S: Pelo Poder do Prisma Lunar!

Feminino
Mensagens : 1023
Idade : 18
Localização : Lisboa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Ter 07 Jul 2009, 07:39

Lol! Rita eu posto hoje ás 6, visto que tenho um jantar de turma e so devo xegar pás 2:oo da manha Matreiro

Lena... Nave espacial? onde viste isso??? nao percebi realmente :Pensativo:

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Ter 07 Jul 2009, 11:14

-Cap. 3- Tentativa de Suicídio?

Eram 6.22h quando ela regressou a casa. Todos se encontravam na sala á sua espera.

-Vou para o quarto. –Informou ela desviando o olhar
-Haruka espera! Temos de dizer-te quem será o teu futuro noivo! –Informou a Rainha, com uma pequena esperança

Ela destransformou-se e olhou para a sua mãe e de seguida, para todos. Os cães foram para a cozinha e ela aproximou-se deles, com um certo receio.



-Então, qual é a decisão? –Perguntou ela, tentando mostrar-se estar indiferente
-Este rapaz aqui de cabelo preto! O Seiya! –Informou a sua mãe

Haruka ficou em estado choque e sentiu uma enorme raiva a nascer dentro de si. Mas só para surpreender, decidiu não mostrar o seu estado interior e tentou reagir normalmente.

-Porquê que será que essa decisão não me espanta? –Perguntou ela com um olhar frio e de uma maneira calma, virando as costas de seguida e subindo as escadas para ir para o seu quarto
-Co-como? –Perguntaram todos

Todos ficaram espantados com a sua reacção. Pensavam que ela iria começar aos gritos e a protestar mas não foi isso que aconteceu. Ela tinha simplesmente dito aquilo e recolheu-se no seu quarto. Apesar de chocados, esboçaram um grande sorriso. Ao que parecia, ela já se tinha habituado á ideia.
Haruka entrou no seu quarto e espetou a sua espada na parede com toda a sua força. Aquilo era um autêntico pesadelo. Sentia-se inútil. Ao que parecia, a guardiã e deusa dos céus, estava a perder a sua liberdade. Deixou duas puras lágrimas escorrerem-lhe pelo seu rosto e começou a dar socos na parede com toda a sua força. Primeiro, tinha perdido a Mariana, depois tinha sofrido um atentado e para piorar, Seiya salvou-a. Depois, o seu pai acabou por morrer nos seus braços e agora, estava a perder a sua liberdade.



Ela respirou fundo e foi colocar um quadro no sítio onde ela tinha espetado a sua espada, para ocultar a parede partida. Tomou montes de calmantes que ela tinha guardado na casa de banho e acabou por adormecer de barriga para baixo, em cima da cama com a caixa na mão.
As horas foram passando e era hora de jantar. Haruka não tinha saído do quarto e Matilde decidiu ir chama-la. Bateu á porta e nada. Voltou a bater a ninguém respondia. Ela abriu a porta e deparou-se com ela a dormir.

-Deve estar esgotada… -Pensou ela em voz alto

Ela olha para a mão da sua filha e entrou em pânico ao ver a caixa de calmantes vazia. Não suportava a ideia de também perde-la e gritou logo de seguida em auxílio.
Kakyuu, as criadas e os 3 luzes, ouviram o grito e foram até lá a cima o mais depressa possível.

-MATILDE? QUE SE PASSA? –Perguntou a Kakyuu aproximando-se muito rapidamente de Matilde
-ELA TOMOU OS IMENSOS CALMANTES RESTANTES QUE A CAIXA CONTINHA KAKYUU! –Gritou ela desesperada e chorando ao mesmo tempo

Kakyuu e os 3 luzes olharam para a mão dela e ficaram perplexos. Matilde abanava-a o máximo que podia e não obtinha reacção.

-Ela acabou… tentar matar-se? –Perguntou o Seiya completamente chocado
-Eu vou chamar um médico! –Disse uma criada
-PORQUÊ HARUKA! PORQUÊ QUE FIZESTE ISTO? –Perguntou ela inconsolável e abraçando a sua filha inconsciente, encostando a cabeça dela ao seu peito
-Mas como é que ela tinha os comprimidos? –Perguntou o Yaten ainda intrigado
-O médico receitou-lhos quando o Yuki morreu… -Respondeu a Matilde continuando a chorar

Seiya abraçou a Matilde e deu-lhe apoio. Taiki chegou entretanto ao quarto avisando que já tinham chamado um médico.
15 minutos depois, ouviu-se a campainha e os criados foram abrir. O médico seguiu a empregada mais um rapaz que vinha na ambulância até ao quarto e entrou. A mulher saiu e o médico começou a examina-la. No final, o médico fez sinal ao rapaz e ele foi buscar uma maca. Colocaram Haruka em cima da maca e levaram-na para a ambulância.
Já na sala de espera, todos aguardavam ansiosos por uma notícia. Ao fim de 2 horas de espera, o médico apareceu.

-Doutor! Diga-me! Como está ela? –Pediu a Matilde aos soluços
-Tivemos que lhe fazer uma lavagem ao estômago pois consumiu demasiados comprimidos mas, agora já está a repousar no quarto.
-Podemos ir vê-la? –Perguntou o Seiya preocupado
-Podem mas aconselho-vos antes a virem cá amanhã visto que ela está sob o efeito da anestesia e está a dormir…
-Mas... ela tentou-se matar? -Perguntou a Matilde ainda com lágrimas nos olhos
-Não sabemos... só ela é que vos pode responder... Voltem antes amanhã...
-Olha Matilde, vimos cá amanhã… é melhor! Ela já está fora de perigo! –Disse a Kakyuu, tentando tranquiliza-la
-Está bem… tens razão.

Foram então para casa então e acabaram por não jantar. Matilde não conseguia parar de chorar. Tinha perdido o marido há menos de 2 meses e agora ia perdido a sua filha. Ela não aguentaria.
Avisaram então todos, sobre o que tinha acontecido mas pediram para que não viessem cá visita-la. Eles concordaram, um pouco chateados mas Kakyuu acabou por terminar então com os telefonemas.
Kakyuu permaneceu a noite com a pobre mãe e os 3 luzes foram deitar-se nos respectivos quartos. Eram todos iguais e do mesmo tamanho. A mobília, a cor das paredes era tudo igual, á excepção dos lençóis. As camas eram todas de casal e a mobília era toda castanho-escuro.
Já na sala, as duas mulheres conversavam…

-Kakyuu, eu estive a informar-me e… o Seiya não pode ter filhos com a Haruka pois não?
-É assim… Nós, como somos de outro sistema, não somos compatíveis com os humanos… Não sei porquê mas todas as Star Ligths do Sistema Kinmoku não estão… digamos… “autorizadas” a terem filhos com seres de outros sistemas… É a lei da Natureza mas não te preocupes… quando eles decidiram tornaram-se em homens, ficaram Humanos…
-Sério?
-Sério!
-E eles sabem disso?
-Não, ainda não lhes contei… não tive tempo…
-Então não lhes contes! Eu já sei que a Haruka vai recusar ser mãe mas se o Seiya lhe disser que não pode ter filhos com uma humana, talvez eles se envolvam e ela…
-Tu não estas a ser egoísta?
-Se calhar até estou mas… a Serenidade é que me informou das vossas diferenças e ambas decidimos que isto era o melhor a fazer… se permitisses claro.
-Sendo assim… não a vou desrespeitar… eu não lhes conto nada então, apesar de não achar justo o que vocês as duas estão a fazer aqueles dois…
-Eu sei mas e tens toda a razão mas… obrigada! Muito obrigada mesmo!
- Vá, vamos então deitar-nos?
-Sim…

As mulheres foram então deitar-se e a manhã veio pouco tempo depois. Eram 8.06h. quando se levantaram-se e começaram dirigiram-se para a sala. Os empregados já tinham posto a mesa e começaram a comer mal se tinham sentado. Matilde já se sentia melhor e mais aliviada e conseguiu comer como deve ser. Levantaram-se então, no final de tomarem o pequeno-almoço e Matilde foi buscar umas roupas para Haruka. Por fim, foram andado para o carro novo de Haruka, um descapotável azul-escuro marinho e dirigiram-se para o Hospital. Taiki conduziu o carro de Haruka até lá e depois estacionou-o.

[Cap. dedicado a Zirateb e LunaLuninha]

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por RitaMarte em Qua 08 Jul 2009, 02:50

Mais um capitulo maravilhoso, cada vez gosto mais da tua escrita, é optima.

E cada vez estou mais interessada nesta fic.
Vou esperar ansiosamente pelo novo capitulo...

RitaMarte
R: Pelo Poder Estelar de Mercúrio!
R: Pelo Poder Estelar de Mercúrio!

Feminino
Mensagens : 419
Idade : 20
Localização : Lisboa

http://inuyashaportugal.forumeiros.com/forum.htm

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por J@n!nh@ em Qua 08 Jul 2009, 15:44

Eu sei que já devia ter comentado, mas a verdade é que depois do almoço me deixei dormir em cima dos livros de bioquimica ^^'

Bem de qualquer modo mais vale tarde que nunca...

Amei o capitulo querida Marisa...Quero maiiisss...lolol

Que quero sempre mais, não sei como é que faço, mas sou uma pedinchona de primeira...

Coitada da Haruka que tomou os calmantes todos...ai ai onde estava aquela rapariga com a cebça, pregar um susto daqueles à mãe...

Quero ver o que ela vai responder, se realmente se tentou suicidar, se foi apenas um descuido e ela n leu a receita onde dizia a quantidade a tomar Lagrimas

Beijokitas

J@n!nh@
R: Pelo Poder Estelar de Marte!
R: Pelo Poder Estelar de Marte!

Feminino
Mensagens : 558
Idade : 29
Localização : Beja e Santiago

http://paintingstarswithme.blogspot.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Lena_Dias em Qua 08 Jul 2009, 15:51

Haruka Tenou escreveu:Lol! Rita eu posto hoje ás 6, visto que tenho um jantar de turma e so devo xegar pás 2:oo da manha Matreiro

Lena... Nave espacial? onde viste isso??? nao percebi realmente :Pensativo:

nao era a tua?

meu ja sao tantos a mandarem-me as historias qu eu ja nem sei Incredulo

Sem paciencia sorry

ms realmente Fogo tu idolatras a haruka mas so lhe fazes e mal Incredulo

SÁDICA Ó.Ó

qero mais :Sem paciencia:

Lena_Dias
S: Pelo Poder do Prisma Lunar!
S: Pelo Poder do Prisma Lunar!

Feminino
Mensagens : 1023
Idade : 18
Localização : Lisboa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Qua 08 Jul 2009, 15:59

ms realmente Fogo tu idolatras a haruka mas so lhe fazes e mal Incredulo


Verdade! Eu sei que sou má! ehehehe
A serio, eu amo, eu ate venerava aquela personagens se ela existesse mas visto que nao existe... tenho que a reencarnar Matreiro

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Qua 08 Jul 2009, 16:08

Cap. 4- A Resposta


Entraram e foram guiados por uma enfermeira até ao quarto.
Matilde entrou e correu para a sua filha, a chorar e a soluçar

-Como estas querida?
-Bem! –Respondeu ela um pouco rouca
-Porquê que me fizeste isto Haruka? Eu não iria aguentar se te perdesse a ti também!
-Eu não queria matar-me ou fazer algo parecido! Apenas queria ir dormir um pouco só que… eu estava tão nervosa que perdi o controlo… desculpa! –Explicou ela, ainda mais rouca

Matilde sorriu e beijou a testa da sua filha. Sentia-se tão leve a animada. Afinal, Haruka não se tinha tentado suicidar. Todos esboçaram um grande sorriso e Haruka corou ligeiramente.
Seiya olhou para os seus olhos verdes e sorriu-lhe. Esta corou fraca e também lhe retribuiu o sorriso, desviando logo o olhar, pois não se sentia confortável com isso.
Ela olhou para Seiya novamente e sentiu que já não sentia tanto rancor por ele. Ela sabia que teria que se esforçar para se dar bem com ele já que iriam ser marido e mulher mas, havia algo que a sua mente lhe dizia para não o perdoar. Alguma coisa começou a incomoda-la lá dentro e de repente, começou a nascer-lhe um pouco de fúria dentro dela.
Ela quebrou o olhar e não enfrentou mais. Não conseguia. Já tinha começado novamente a nascer aquela revolta dentro de si mesma e só de olhar para ele, metia-lhe raiva.

-Já sabes quando sais? –Perguntou a Kakyuu, interrompendo os pensamentos a Haruka
-Si-sim… amanhã…
-Ainda bem! Eu esta noite fico cá! –Avisou a Matilde
-Não ficas nada! Vai descansar! Tens imensas olheiras!
-Não querida… eu fico cá! Só assim consigo dormir.
-Como queiras!
-Olha filha… o teu casamento e a coroação é daqui a duas semanas…
-Duas? –Perguntou ela incomodada
-Sim…vai ser ás 11:00h da manhã na igreja… olha eu, eu não queria pedir-te isto mas… convinha que me desses um netinho entretanto…

Seiya corou e Haruka olhou surpreendida para a sua mãe. Estava incrédula com o seu pedido. Ainda lhe custava a acreditar que dentro de duas semanas iria casar com Seiya e agora, só em pensar que teria que lhe entregar o seu corpo na noite de núpcias, começou a enoja-la.




-M-mas porquê tanta pressa? Não te posso dar um neto daqui a uns anos? Tem de ser já? Há alguma coisa que eu não saiba?
-Como assim?
-Não sei! Uma batalha ou uma coisa parecida! Não percebo o porquê de tanta rapidez a ideia do casamento e dos netos! –Respondeu-lhe ela amargamente e cada vez mais rouca
-Filha, o principal motivo deste casamento, é engravidares e dares um sucessor a Úrano rapidamente! Foi isto que decidimos no Reino da Lua com os nossos príncipes!
-QUÊEE? NAAA! NA NA!

Haruka ficou a olhar para a sua mãe, completamente chocada e de seguida, olhou de relance para Seiya. Ela não sabia o que lhe dizer… não queria ser fria mas também não queria dar a entender que iria dar netos, logo vindos do Seiya

-É assim… Eu casar-me, está bem já aceitei isso e eu compreendo que queiras isso mas agora, netos para já não mãe! Santa paciência! E o que seria da minha carreira? Eu iria perde-la de certeza! –Explicou ela, tentando falar o mais normal possível já que gaguejava imenso
-Eu sei mas são sacrifícios que tens de fazer! Sabes bem que eu engravidei de ti com 17 anos e tive-te aos 18 e tu já tens 21 por isso, não tem nada de mal! Já estas na idade! Além disso, a tua Rainha, a Serenidade, engravidou da Small lady aos 16 e teve-a aos 17! –Respondeu ela, levantando o seu tom de voz
-Não quero saber! Guiar é a minha vida e a minha liberdade e estás a prender-me! –Respondeu ela, num tom alto e frio

Haruka magoou um pouco a Matilde com as suas palavras. Matilde também já tinha previsto que ela lhe iria responder desta maneira mas nunca pensou que a afectasse tanto. Taiki e Yaten, riam muito baixinho da situação embaraçosa que se estava ali a passar e Seiya apenas estava ali, ainda paralisado a pensar em imagens da noite de núpcias. Sentiu um ligeiro arrepio mas rapidamente voltou á realidade.

-Não há nada a fazer… -Murmurou a Matilde

Kakyuu ouviu-a e fechou os seus olhos, a fazer-lhe sinal que compreendia, o porquê das suas decisões e medidas tomadas…

-Que disseste? -Perguntou a Haruka
-Nada querida! Bem, se quiserem, podem voltar… eu fico vou ficar e como confio em vocês e como sei que são pessoas decentes, não tenho problemas em confiar-lhes o castelo por uma noite…
-Ainda bem que confia é que a sua filha nem por isso! –Respondeu o Yaten
-Se continuares a mandar esse tipo de bocas é bem podes esperar sentado que ganhe confiança em ti oh seu ignorante e anormal!
-Haruka Ten’ou! –Chamou-a a sua mãe á atenção

Seiya e Taiki começaram a rir da cara com que Yaten tinha ficado devido á boca que Haruka lhe mandou. Ele virou a sua cara para o lado e amuou. Kakyuu e Matilde também começaram a rir-se e Haruka apenas esboçou um sorriso

-Bem, nós vamos deixar-vos a sós! De certeza que têm muito que falar! –Disse a Kakyuu
-Sim… Taiki e Yaten, vamos! –Disse o Seiya
-Voltamos amanhã para vos vir buscar está bem? –Perguntou o Taiki
-Obrigado! –Respondeu a Matilde

Eles saíram então e Matilde permaneceu no quarto. Quando sentiu que eles se afastaram, olhou com um olhar malandro para Haruka e começou a falar com ela, já se esquecendo da discussão que tinha tido

-Tu gostas dele!
-Ai?
-Tu gostas do Célia!
-Seiya.
-Sim Seiya!
-Não mãe… não gosto... –Respondeu ela com um olhar e tom confuso
-Gostas sim! Esse teu olhar não me engana!
-Engana sim! Estás completamente enganada! Eu á bocadinho, olhei para ele, para ver se sentia sei lá, afecto, atracção mas… o que nasceu dentro de mim foi rancor, raiva, não sei explicar…
-Sentiste-te isso?
-Sim mãe senti! E se continuar assim o casamento não vai durar!
-Desculpa obrigar-te a isto!
-Não te preocupes… eu hei-de habituar-me... apenas não quero ver-te sofrer novamente como aconteceu com o pai…
-Que seria de mim sem ti?

Dito isto, Matilde abraçou-a e voltou a dar-lhe um beijo delicado na testa. De seguida riu e pensou em como é que ela tinha crescido.

-Que te estás a rir?
-Tu és sempre tão amarga e por vezes fria… e agora estás a mostrar o teu lado sincero e dócil… quem mais sabe que ele existe?
-A Mariana... –Respondeu ela num tom amargo

Matilde abraçou-a e as lágrimas vieram aos olhos de Haruka quando pronunciou o nome da sereia. Mesmo assim, não deixou que elas lhe escorressem pelo rosto a baixo pois mostraria o seu lado vulnerável. Mariana, era sua prima e aquilo que elas tinham passado, era passado. Nunca houve troca de beijos ou algo mais íntimo e por isso, Haruka sentia que não havia mais nada que lhe prendesse á sereia de cabelo “aqua-marinha”.
No final, sorriu e quebrou o abraço.
Por outro lado, já no castelo, todos se sentaram no sofá á espera do almoço. Sentiam-se um pouco chateados por estarem a apanhar uma seca daquelas… Para Yaten, o pior era ter de esperar duas semanas para voltar para casa.

-Então Seiya, quem vai ser o teu padrinho? –Perguntou a Kakyuu
-Não sei!
-Então… posso ser eu padrinho? –Auto convidou-se o Taiki, um pouco envergonhado
-Queres mesmo ser? –Perguntou o Seiya espantado
-Sim! Dá mais charme e talvez encontre a minha donzela!
-Está bem! Já sabes… Money, money do fato e das coisas… é do teu bolso!
-Eu sei! Eu sacrifico-me!

Todos riram e a empregada fez sinal para irem almoçar. Sentaram-se então á mesa e a empregada já de 50 anos e tais, retirou-se.
Começaram a comer e as horas foram passando. Taiki e Yaten foram tomar o seu café da noite e Kakyuu ficou na sala com Seiya. Aproveitou para falar com ele e quebrar o silêncio.

-Então… já te habituaste á ideia? –Perguntou a Kakyuu
-Já… só ainda não me habituei á ideia da parte de ter filhos com a minha maior inimiga!
-Seiya… ela para ti não é tua inimiga pois não?
-QUÊ?
-Sim… eu vi o olhar que fizeste antes de ela anunciar que amanha já vinha para casa... «É melhor não lhe relembrar que ele “não é humano” , apesar de ser mentira… Se eu agora lhe fosse a dizer isso, quando ele descobrir a verdade, iria chamar-me de sonsa…Oh… aquela duas Princesas adultas só me metem em sarilhos!»

Enquanto Kakyuu pensava naquilo, ele olhava para o chão, sem lhe responder. Sentia-se confuso e perdido e não sabia o que havia de dizer ou até fazer…

-Seiya… tu gostas dela certo?
-Talvez! Confesso que senti-me atraído agora que ela ficou morena e mais feminina mas… mas ela odeia-me! Tu viste!
-Tens que lhe dar espaço!

Seiya suspirou e sorriu de seguida. Agradeceu por tudo a Kakyuu e foi-se deitar. Meia hora depois, Taiki e Yaten chegaram a casa. As horas foram passando e já era 1.00h da manha. Todos se foram deitar e o silêncio instaurou-se no castelo.

[Cap.dedicado a Rita Marte e Mariana Neptuno]


Última edição por Haruka Tenou em Sab 11 Jul 2009, 06:26, editado 2 vez(es)

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por J@n!nh@ em Qua 08 Jul 2009, 17:37

a Haruka gosta do Seiya (pareço uma criancinha)

Bem já sei que isto vai dar molho...Grande boca que a Haruka mandou ao Yaten...LOLOL

Esta fic esta cada vez mais interessante...Estou mortinha por ver o casamento, mas até lá palpita-me que ainda muita confusão vai haver com o casalinho maravilha Mongloide

Beijokitas

J@n!nh@
R: Pelo Poder Estelar de Marte!
R: Pelo Poder Estelar de Marte!

Feminino
Mensagens : 558
Idade : 29
Localização : Beja e Santiago

http://paintingstarswithme.blogspot.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Qua 08 Jul 2009, 17:58

J@n!nh@ escreveu:a Haruka gosta do Seiya (pareço uma criancinha)

Bem já sei que isto vai dar molho...Grande boca que a Haruka mandou ao Yaten...LOLOL

Esta fic esta cada vez mais interessante...Estou mortinha por ver o casamento, mas até lá palpita-me que ainda muita confusão vai haver com o casalinho maravilha Mongloide

Beijokitas

sim... umas brigazitas de nada, umas revelaçoes intimas mas mais ke tudo, festas e actividades Matreiro

(Ja vou em 129 pags Matreiro e postei até metade da 20 lol! )


Última edição por Haruka Tenou em Qui 09 Jul 2009, 08:58, editado 1 vez(es)

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por RitaMarte em Qui 09 Jul 2009, 04:50

Muito obrigada por me dedicares o capitulo,foste muito querida.

A fic está a ficar cada vez mais interessante e eu estou para ver como corre o casamento.

RitaMarte
R: Pelo Poder Estelar de Mercúrio!
R: Pelo Poder Estelar de Mercúrio!

Feminino
Mensagens : 419
Idade : 20
Localização : Lisboa

http://inuyashaportugal.forumeiros.com/forum.htm

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por MarianaNeptuno em Qui 09 Jul 2009, 07:37

Os capitulos estão lindos. Cada vez gosto mais da tua fic...Obrigada pela dedicação. E desculpa não ter comentado antes...Não tenho tido muito tempo.
Bjs. Very Happy

MarianaNeptuno
Classic: Pelo Poder de Júpiter!
Classic: Pelo Poder de Júpiter!

Feminino
Mensagens : 236
Idade : 20
Localização : Lisboa

http://theabyssofme.tumblr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Qui 09 Jul 2009, 08:59

Nao faz mal!
Obrigada a todas
Jinhos

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por DiiLuna em Qui 09 Jul 2009, 09:00

OMG Ruka! Estou a gostar tanto desta nova história. *--*

Peço imensa desculpa pelos atrasos a comentar mas o meu tempo tem dado para ir lendo, vendo as novidades e meter a cabeça nos livros. Mal disposto'

Anyway, A tua história está a ficar bastante interessante. Querida, só um conselho. Tenta arrastar um pouco mais os acontecimentos para dar mais um pouco de suspance. Assim prende muito mais os leitores. E eles vão ficar ' COMO PUDESTE PARAR AÍ? '

De resto muitos parabéns pela evolução quase drástica. Very Happy

DiiLuna
Classic: Pelo Poder de Júpiter!
Classic: Pelo Poder de Júpiter!

Feminino
Mensagens : 245
Idade : 28
Localização : Cidade Invicta

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Qui 09 Jul 2009, 09:05

Hum... boa ideia... mas tbm se eu fizesse isso, o cap ficava mt grande pois essas partes situam-se mais po fim... logo se vê Matreiro
Obrigada Dii Luna! Mt agradecida ^^

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Haruka Tenou em Sex 10 Jul 2009, 06:06

Cap.5– Perguntas

Agora, de volta ao Hospital, Haruka olhava para a janela que estava ao seu lado, a apreciar a lua que avistava. A sua mãe estava agora adormecida, debruçada na borda da cama enquanto que Haruka estava mergulhada nos seus pensamentos.

«Como a Bunny está agora feliz ali na Lua, com o Gonçalo… Será que eu também irei ser assim feliz com o Seiya?» -Pensou ela com uma enorme mágoa

Olhou em redor no pequeno quarto e não conseguia encontrar nada que lhe provocasse sono. O quarto era pequenino, todo pintado de branco com uma risca grossa roxa na horizontal, no meio das paredes. Tinha uma mesa cabeceira ao seu lado vazia e uma pequena televisão no canto direito ao lado da janela que tinha uma pequena varanda. Olhou e tentou adormecer mas apenas ouvia o pip-pip da máquina. Não queria mergulhar novamente nos seus pensamento para não pensar no casamento que se avizinhava e talvez também para não descobrir o verdadeiro sentimento que tinha pelo rapaz de cabelo corvo.

«Verdadeiro sentimento? Qual? Amor? Amor por um rapaz que está apaixonado pela minha Rainha? Por favor Haruka! Sê realista! Ele não gosta de ti nem tu dele! Não o podes ver á frente e quando isso acontece tens vontade de o matar!»

Ela começou a entrar neste tipo de pensamento que não queria e tentou não o ter outra vez. Tanto moeu e tanto moeu a sua cabeça que acabou por adormecer as 2.04h da manhã.
Os primeiros raios da manhã começaram e entrar pela janela do hospital e isso fez Matilde acordar. Sentia dores de costas mas mesmo assim, espreguiçou-se, o que fez as suas costas estalarem. Riu um pouco envergonhada e poucos segundos depois, Haruka também acorda.

-Já acordada? Milagre! –Disse-lhe a Matilde
-Eu acordo só por ter ouvido uma mosca ao pé de mim quanto mais ter-te ai a espreguiçar-te e a gemer-te!
-Eh… tu tens um óptimo "filling" para sentir presenças!
-Sim pois! Continua a ironizar que eu gosto!

Deram uma pequena gargalhada e entretanto, uma enfermeira entrou para a examinar. Avisou que ela iria ter alta hoje, ás 10 da manhã e Matilde saiu por uns momentos para ligar para casa.
Ainda ninguém se tinha levantado á excepção dos criados quando o telefone tocou. A empregada atendeu e fui levar o telefone ao quarto de Kakyuu. Ela falou com Matilde e soube então das informações. No final, entregou o telefone á empregada e voltou a adormecer visto que eram 6.03h da manhã.
As horas foram passando e agora que o relógio batia as 9.00h da manhã, Kakyuu levantou-se e foi chamar os 3 luzes para descerem. Yaten fez birra por se levantar assim tão cedo durante duas manhãs seguidas mas depois desceu meia hora depois juntamente com os outros, já vestidos.
Foram tomar o pequeno-almoço e a Kakyuu avisou-os que Haruka iria ter alta daqui a 30 minutos. Continuaram a comer pacificamente e ao fim de 20 minutos, terminaram e foram andando para o Hospital.
Quando chegaram, pediram licença para entrar e de seguida entraram. As duas já estavam de pé e Haruka estava a falar com o médico. Matilde ainda usava a roupa de ontem e Haruka usava um topde manga comprida verde-alface até ao umbigo, uma mini-saia, um casaco e um cascol branco.


-Ela está linda não está? –Perguntou a Matilde, olhando para o corpo da sua filha -É claro que ela protestou quando eu lhe mostrei a roupa que tinha trazido mas ela preferiu-as á roupa de antes de ontem!
Os 3 luzes coraram um pouco por a verem assim mas não disseram rigorosamente nada. Por outro lado, Kakyuu sorriu para Matilde e comentou:

-Sim Matilde! Está linda! –Respondeu a Kakyuu
-Vá, vai lá então! E toma cuidado! Não faças novamente uma destas e ainda por cima de cabeça quente! –Pediu o Doutor James
-Sim doutor…

Ela pegou nas suas roupas sujas e colocou-as no saco que a sua mãe tinha trazido. Matilde ofereceu-se para levar o saco e Haruka entregou-o.
Saíram então do quarto, andando o mais depressa para a rua. Haruka respirou fundo quando saiu de lá de dentro e sorriu.

-Finalmente! –Murmurou ela
-E agora? Como cabemos no carro? –Perguntou o Yaten

(Gotas)

-Vão ter que se apertar lá atrás… -Disse a Haruka enquanto se aproximava do carro -Taiki, as chaves!
-Como sabias que eu as tinha?
-Quem costuma conduzir o vosso carro? Quem é que disse ontem “Voltamos amanhã para vos vir buscar… “ -Perguntou ela de um modo que o fizesse sentir um idiota
-Pronto…toma…

Haruka pegou nas chaves, sentando-se de imediato no lugar do condutor e Seiya no lugar ao lado. Os restantes 4 tentaram apertar-se o máximo que conseguiam.

-Estão prontos? Agora vai ser só a acelerar!
-Estamos! –Responderam

Ela ligou o motor e saiu do estacionamento do hospital. De seguida, começou a acelerar pela auto-estrada e já estava nos 70 km/h começando a acelerar até aos 220 km/h

-FILHA ANDA MAIS DEVAGAR!
-Lamento mas é assim que eu conduzo!
-EU NUNCA DEVIA TER-TE DEIXADO COMPRAR O CARRO!
-Eu comprava-o de qualquer maneira! Sabes que o meu sonho é conduzir veículos motorizados! Já agora, tenho uma raça daqui a 1 mês e meio na Terra! –Avisou ela
-Eu depois quero ver-te na TV, visto que não posso deixar Úrano assim sem protecção!
-Ok! –Respondeu ela


De seguida, todos deram uma pequena gargalhada e foram apreciando as músicas que passavam pela rádio. Quer dizer… Haruka não apreciava a musica mas sim o vento que lhe acariciava a cara e o cabelo e Seiya, apreciava a sua futura mulher de cima baixo.

«Está mas é quieto!» -Pensou Seiya para si, enquanto olhava para as pernas dela
-IMPORTAS-TE DE PARAR DE OLHAR PARA MIM?
-QUÊ? «Que grande barraca, fui apanhado!»
-UUUUHH –Disseram o Yaten e o Taiki
-PAREM COM ISSO JÁ! –Pediram a Haruka e o Seiya em uníssono
-Até coro fazem! Que queridos! –Disse a Matilde
-MÃE! –Chamou-a Haruka a atenção
-Pronto!

Após isto, foram até casa de “bico calado”. Haruka sentia-se incomodada por ter apanhado Seiya a olha-la de cima a baixo e Seiya estava embaraçado por ouvir Taiki e Yaten a cochicharem por o terem apanhado.
Por fim, dois minutos depois deste incidente, chegaram a casa.
Haruka recebeu uma grande recepção por parte dos criados e claro, por parte dos seus fiéis amigos!


Deram algumas risadas e Haruka foi passear os seus pequenos animais. Após ela ter saído, Seiya foi incentivado a ir atrás dela. Ele disse que não mas foi expulso por Taiki e Yaten para o exterior do Castelo. Fecharam a porta na cara e ele viu-se então na obrigação e desejo de ir ter com ela.
Após a ter avistar mais á frente, Eddie e Nina deram sinal, o que fez ela olhar para trás, avistando o seu futuro “maridinho”

«Boa… o que quer este agora? (-_-)’» -Pensou para sim mesma, enquanto prosseguia caminho

Seiya decidiu correr para a alcançar e assim o fez. Os cães começaram a rosnar mas Haruka mandou-os calar. Este aproxima-se dela com receio e enfrenta-a.

-Podemos falar?

Ela franze as suas sobrancelhas e tira as trelas aos cães, para que os possam deixar a sós e para que os cães fossem passear os dois.
Após eles já terem desaparecido, Haruka vira-se para Seiya e enfrenta-o também

-Diz lá o que queres!
-Eu… bem… queria falar contigo para… am…
-Sim… -Disse ela, cruzando os braços mais abaixo do seu peito e olhando para o lado sem paciência para o escutar
-Am… Para fazermos tréguas visto que vamos … am passar…vamos passar a morar juntos e pronto… -Falou, gaguejando um pouco para o bastante e aproximando-se cada vez mais da Senshi do vento

[Cap. dedicado a Célia]

Haruka Tenou
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!
S: Pelo Poder Sagrado de Plutão!

Feminino
Mensagens : 1682
Idade : 22
Localização : Caldas da Rainha*

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por MarianaNeptuno em Sex 10 Jul 2009, 09:16

Estou a adorar.Apetece-me ler mais da tua espectacular fic.
Está cada vez melhor...
Bjs :Mongloide=D:

MarianaNeptuno
Classic: Pelo Poder de Júpiter!
Classic: Pelo Poder de Júpiter!

Feminino
Mensagens : 236
Idade : 20
Localização : Lisboa

http://theabyssofme.tumblr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por RitaMarte em Sex 10 Jul 2009, 13:45

Estou a adorar mesmo esta fic, e estou cada vez mais curiosa.

Espero que postes depressa ou a minha curiosidade não vai aguentar.

RitaMarte
R: Pelo Poder Estelar de Mercúrio!
R: Pelo Poder Estelar de Mercúrio!

Feminino
Mensagens : 419
Idade : 20
Localização : Lisboa

http://inuyashaportugal.forumeiros.com/forum.htm

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Sacrifício que fez um Novo Amor Nascer

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 13:09


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 15 1, 2, 3 ... 8 ... 15  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum