Eterna Sailor Moon

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Eterna Sailor Moon

Mensagem por zirateb em Sex 27 Jun 2008, 08:15

Índice




Prólogo
Capítulo I –“A chegada do inimigo. Bunny é raptada” – página 1
Capítulo II –“A Bunny salva-se. As navegantes perdem os poderes” – página 1
Capítulo III –“A despedida de uma amiga” – página 1
Capítulo IV –“A água de Ami. As guardiãs” – página 1 e 2
Capítulo V –“A lua escura. O fogo de Marte” – página 2
Capítulo VI –“Qual dela é a verdadeira?” – página 2
Capítulo VII –“O amor e o tesouro de Vénus” – página 3
Capítulo VIII–“O Amor de duas guerreiras” – página 3
Capítulo IX –“Revelações” – página 3
Capítulo X – “Cama de rosas” - página 3
Capítulo XI - "O caminho para o templo sagrado" – página 4
Capítulo XII - "O templo sagrado" – página 4
Capítulo XIII - "A revolta de Mistress. A Batalha final" – página 4


Última edição por zirateb em Sab 17 Out 2009, 12:50, editado 34 vez(es)

zirateb
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!

Feminino
Mensagens : 3657
Idade : 31
Localização : porto alto (ribatejo)

http://yunime.ativoforum.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por zirateb em Sex 27 Jun 2008, 08:15

Prólogo

A Terra estava em paz desde de então as guerreiras seguiam uma vida que tanto tinha desejado: uma vida calma sem problemas com inimigos e outras coisas afim. Preocupavam-se agora em serem felizes. Era um dia primaveril mas com um algum calor, a temperatura rondava os 24 graus centígrados, as pessoas conviviam em harmonia ora passeavam ora brincavam com os seus rebentos ou até liam o seu jornal/revista, havia quem aproveitasse para correr ou estudar ou talvez namorar. Rita no seu templo admirava o belo dia de primavera juntamente com Fernando e seu avô, pensava para si própria se alguma vez esta paz iria continuar, tinha jurado nunca mais lutar, estava cansada de sacrificar pelos terrestres que nem um elogio eram capazes de fazer por salvarem a Terra. Ami estava concentrada no seu trabalho, desconcentrou-se por momentos e levantou-se foi até a varanda do seu gabinete e mirou o céu pensativa falou para si própria: “ Parece, mentira esta paz! Espero que seja verdadeira…”, voltou para dentro e agarrou-se de novo ao seu trabalho como se nada tivesse acontecido para ela se mover daquele sítio e do seu trabalho. Maria estava no seu restaurante, tinha a parte do café cheia de gente, por momentos deixou o seu trabalho foi até a porta e saiu inspirou o belo cheiro da primavera e depois expirou, estava feliz por estar em paz mas depressa o receio da paz poder acabar ali mesmo assolou o seu espírito, abanou a cabeça e disse: “não, não podes, pensar assim!” voltou para dentro do seu café para ajudar. Joana estava a ensaiar para a série juvenil “bananas com mel” mal tinha tempo para abrir a boca, nem se lembrava que algo podia acontecer de um momento para o outro, não se importava com isso, apenas se importava com o que ela gostava. Haruka estava com Mariana num jardim, ambas pensativas tinham um sentimento que esta paz não duraria muito, não sabiam ao certo o que seria mas o que viesse não seria como das outras vezes seria muito mais avassaladora e castigadora, estavam certas que desta vez que iria ser uma luta como nunca elas tinham visto. Octávia vivia com o seu pai o Doutor Tomoe. Octávia sentia estranhas presenças na terra, de facto pensava que era apenas a sua imaginação mas na realidade invadia os seus sonhos à noite tornando-os escuros e tenebrosos, preferiu guardá-lo só para si não querendo preocupar as outras enquanto não soubesse o que se passava. O que era certo era que a cada noite a dor e a agonia apoderavam do coração da guerreira de Saturno. Susana tinha voltado para o portão do espaço-tempo, como guardiã tinha como objectivo que nada passasse por ali mas em vão pois algo forte atingiu-a, sem saber o que tinha acontecido Susana desconfiava que algo poderia estar a caminho da Terra. O tempo parou, voltou andar e parou de novo. Uma luz negra tinha aparecido do nada, as pessoas continuaram como se nada acontecesse ou tivesse acontecido sem importarem sem desatarem a correr como era de costume. Realmente algo de estranho começava a passar-se na Terra, inexplicável, sem justificação para tal acontecimento os cientistas de todo o mundo punham teorias atrás de teorias como algo provasse o estranho facto ocorrido nesse instante. Sem sombra de dúvidas Susana começava agora a ter certezas que um novo mal estava prestes a chegar. Não sabia ao facto como eram ou deixavam de ser mas sabia que era fortes mais fortes que os inimigos anteriores. Susana tentou viajar até ao futuro precisamente até ao século XXX, onde estava tudo destruído, o mal reinava na Terra ao ver aquele futuro Susana sentiu umas pontadas em si, sentiu dor, angústia e sofrimento, através do que via conseguia sentir o que eles sentiam: o desespero instalado nas caras das pessoas. Tentou saber como estavam as outras nesse século, o choque foi grande não esperava que as guerreiras tinham morrido só ela é que tinha sobrevivido e que Chibi-usa lutava sozinha. A única maneira era mudar presente, mas isso envolvia que as guerreiras voltassem a lutar provavelmente era única solução para evitar o futuro trágico que Susana tinha visto ou talvez para evitar a própria destruição do planeta. Susana pretendia contactá-las mas isso era um risco pois o portão do espaço-tempo estava danificado devido ao embate da luz negra e isso podia provocar a aberta que os inimigos precisavam para avançar. Preferiu ficar do que deixar o portão a mercê dos inimigos.

zirateb
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!

Feminino
Mensagens : 3657
Idade : 31
Localização : porto alto (ribatejo)

http://yunime.ativoforum.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por zirateb em Sex 27 Jun 2008, 10:02

Primeiro Capítulo
“ A chegada do inimigo; A Bunny é raptada”


Tudo corria de vento em poupa pensavam que nada conseguia perturbar o momento de paz e de harmonia que envolvia a Terra. No portão do espaço-tempo, outra luz surgia danificando-o ainda mais, Susana tentou-se defender mais uma vez mas sem sucesso, a luz negra tinha-se transformado numa mão que agarrava o pescoço da Susana que agora começava a sufocar-se. Uma voz grave surgiu dizendo:



- Guerreira do Tempo e do Espaço vai ser a primeira a morrer!



Susana já sem fôlego tentava entoar algumas palavras com dificuldade mas apenas disse:



- Nem penses!



Com a guerreira de Plutão estado miserável, a luz negra avançou para a Terra sem obstáculos que a fizesse para provocando uma explosão criando um edifício tenebroso mas normal à vista da população terrestre. Susana começava a levantar-se quando nova Luz entrou pelo portão acertando-lhe novamente dizendo-lhe:



- Pensavas que nos derrotavas? Pobre criatura!



Susana não tinha forças para lutar mais estava nas últimas reservas mas mesmo assim atacou:



- DEATH SCREAM!



O ataque foi o espelho do desespero que Susana sentia. Uma última Luz passou por ela acertando-lhe ferozmente. Susana estava a esvaecer de sangue deitada no chão sem reflexos aparentes. As vozes riam-se maleficamente.

Na casa da Octávia, Octávia estava cada vez pior, estava mais negra, mais fria, o mal que estava atingir a Terra tinha-se apoderado dela, Doutor Tomoe seu pai já não sabia o que fazer mais para conseguir evitar aquilo, nem os seu próprios conhecimentos serviam para ajudar, sentia-se um inútil na verdade era isso mesmo que ele era.

Bunny que estava a caminho do templo Hikawa repara num novo edifício, a tentação de entrar era muita mas medricas como ela era não se atreveu a ir. No templo Hikawa todas esperavam Joana e Bunny, preocupadas Rita e Maria não sabiam o que fazer.



- Onde se meteram elas? – Perguntava a irritadiça Rita Hino

- Calma Rita… – dizia Maria tentando a calmar as hostes porque já sabia que Rita ia-se chatear – Olha… acho que vem aí a Bunny…



De facto trata-se de Bunny a correr como já de costume e atrasada como sempre.



- Desculpem o atraso! Meninas sabiam que foi inaugurado um novo edifico no centro de Juuban? – Contava Bunny as novidades pensando que as amigas ainda não sabiam



- O que andaste a fazer? Não viste que horas são? – Irritava-se Rita

- Calma Rita… Sim Bunny nós já sabemos é por isso mesmo que marcamos esta reunião – Falava Maria respondendo à pergunta da sua amiga

- Mas onde anda a Joana? – Questionava-se Rita

- A Joana mandou-me dizer-vos que não vem está muito ocupada – Comunicava Bunny

- Sempre a mesma coisa! Agora que está série Bananas com Mel não quer saber de nós – Abanava a cabeça Rita – Bem fazemos nós a reunião



A reunião começava o tema era sobre o edifícios novos. Dentro do edifício alguém falava:



- Finalmente! Não posso esperar por ter a minha vingança… VAIS PAGAR SAILOR MOON! Não me esquecer do meu querido Endymion é desta que vais ser meu! Ah!



Entretanto quatro homens entravam na grande sala



- Mandou-nos chamar?



- Sim quero o Cristal Prateado e o Cristal Dourado! Não me venham sem eles



- Meu servo vais tratar desta missão, o resto retira-se



- Sim… – disseram os outros em uníssono



Noutro ponto de Juuban, um novo edifício surgia lá dentro um homem alto esbelto admirava uma imagem



- Sailor Moon ou melhor Princesa Serenidade vais ser minha!



Já era final de Tarde quando todas se digiram para as suas casas. Bunny resolveu mirar novamente o edifício. Luna apareceu atrás dela dizendo:



- O que fazes aqui Bunny?

- Vim investigar. Passa-se alguma Coisa aqui… CANETA DE TRANSFORMÇÃO! Transforma-me numa linda empresária!



- Bunny não sejas maluca é perigoso… – Quando Luna a chamou já era Tarde Bunny já estava lá dentro – Sua parva porque é que entraste?



No alto da torre o mesmo homem que mirava a sua imagem ria-se.



- Nem foi preciso fazer nada. Já te tenho!



Bunny de repente sente-se presa. Não cria acreditar naquilo que estava acontecer-lhe. De repente o homem aparece-lhe à frente com um riso maléfico, passou a sua mão na sua pele macia e disse:



- Como tu és linda princesa…



Ela não sabia o que a havia de dizer sobre aquelas palavras. Apenas se limitou a dizer:



- Quem és tu?



Ao qual o homem respondeu:



- Não interessa!



Ele retirou-se deixando-a perturbada, sem saber o que fazer ou pensar

zirateb
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!

Feminino
Mensagens : 3657
Idade : 31
Localização : porto alto (ribatejo)

http://yunime.ativoforum.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por markikita em Sex 27 Jun 2008, 10:04

o k vai aconter mae??

estou curiosa

markikita
R: Pelo Poder Estelar de Vénus!
R: Pelo Poder Estelar de Vénus!

Feminino
Mensagens : 749
Idade : 21
Localização : no sitio

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por picky em Sex 27 Jun 2008, 12:03

Adorei!!!!!!!!!
Está lindo!!!!!!!!

O prologo esta magnifico, muito bem escrito e da para sentir aquele medo que elas sentem em relaçao ao fim da paz...

O primeiro capitulo tambem esta demais....Estou super mas super curiosa para saber quem é o novo inimigo. Mas tenho a sensçao que nao apareceu só um....

Fico à espera do proximo capitulo....

Bjs

picky
Classic: Pelo Poder de Vénus!
Classic: Pelo Poder de Vénus!

Feminino
Mensagens : 263
Idade : 24
Localização : vila nova de famalicao

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por Usako em Sex 27 Jun 2008, 12:18

humm...vem ai coisa...dps de receber a ma nota de economia tinha de encontrar algo k me desse animo novamente!!! continua k ta fixe!!!

Usako
S: Pelo Poder Cósmico da Lua!
S: Pelo Poder Cósmico da Lua!

Feminino
Mensagens : 923
Idade : 30
Localização : Portalegre

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por zirateb em Qui 03 Jul 2008, 14:18

Na casa do Dr. Tomoe, Octávia encontrava-se fechada no seu quarto escuro, tenebroso, não comia, não dormia nem falava com ninguém apenas se limitava a olha para uma noite escura e fria apesar de se estar no Verão. Dr. Tomoe estava a passar pelo quarto da sua filha parou e pensou: “ Porquê? Porque é que os inimigos não nos dão descanso?”. Ele sabia que estes estranhos acontecimentos eram causados por inimigos, sabia bem que não era uns quaisquer inimigos, eram inimigos que eles já tinham derrotado, sabia também que a sua antiga serva Kaorinite viria ter com ele mais cedo ou mais tarde apenas tinha de esperar por esse acontecimento, ele tinha a certeza que ela o viria buscar para juntar de novo ao mal. O Dr. Tomoe já tinha feito a sua escolha: não iria cometer os mesmos erros do passado. Algo acontecia no quarto da Octávia, o Barulho da janela a partir-se seguindo de um explosão tinha sido intenso, rapidamente o seu pai dirigiu-se o quarto dela mas por azar a porta estava trancada. Entrou à força mas quando lá chegou já era tarde Octávia estava no alto controlada pelo inimigo, Dr. Tomoe não quis acreditar no que tinha acontecido apenas via a sua filha nas mãos da maldade não conseguia mirar a segunda personagem muito bem mas depressa esta apresentou-se, dizendo:



- Meu caro Tomoe venho acabar o que não conseguiste fazer seu inútil! Já agora caso não me reconheças sou a Kaorinite



Tomoe estava incrédulo, “como é que alguém consegue ressuscitar depois de ter sido morta” – pensava ele enquanto soluçava

Já bem no céu escuro, tempestuoso e negro Kaorinite dava ordens à sua nova aliada:



- Destrói! Certifica-te que ele morre….hahaha



Octávia sob a magia negra de Kaorinite que a controlava não teve problemas em destruir tudo aquilo que o seu pai tivera construído com muito sacrifício e suor.

O dia amanheceu e depressa trouxe más notícias. A notícia da explosão da casa do Dr. Tome na noite anterior abriu todos os noticiários na TV, nos jornais era primeira capa à excepção dos desportivos que traziam um pequeno excerto nas últimas páginas. Incredulidade e choque foi quando as outras guerreiras receberam a notícia que Tomoe estava morto e Octávia tinha sido raptada.



- Meninas já leram isto? – Mostrava Ami ainda em choque

- Sim Ami já tinha ouvido em casa. Não acredito que tenha sido ladrões, para serem ladrões tinham mesmo de ser profissionais. Acho que é inimigo! – Comentava Rita expondo a sua firme opinião

- Eu acredito que tenha sido ladrão, quantas pessoas é que não dava por ter metade do que eles têm? Eu dava… – Dizia Joana

- Ó Joana achas mesmo que ladrões poderiam fazer isso? O Dr. Tomoe nem tinha nada a esconder nem nada escondido que fosse valioso… - Criticava Maria por Joana estar a falar o que não devia

- Escutem só meninas… – começava Ami a falar – Aqui diz que não há vestígios de bomba em nenhuma parte da casa, nem pegadas de bandidos… hum cá para mim é obra de inimigo…

- Vira essa cara para lá. Ora bem estamos em paz e nada vai mudar isso… - Falava Joana com as mãos na cintura

- Joana Cala-te!!! O telefone está a tocar!!! – Mandava calar Rita



Rita correra para o telefone, não esperava que as notícias fossem tão más….



- Estou sim? – Perguntava Rita

- Rita? – Perguntava Mariana na dúvida se estava a falar com a pessoa que queria falar

- Quem fala? À Mariana és tu não te estava a reconhecer a tua voz…. Desculpa – Pedia desculpas Rita

- Não tem importância… Precisamos de nos reunir urgentemente! – Falava Mariana em Nervos

- Ok…Mas pode ser aqui no meu templo? É que estamos todas aqui à excepção da bunny… - Questionava Rita

- Tudo bem estamos aí dentro de 15 minutos…



Os quinze minutos passaram rápido. Mariana, Haruka, Luna e Artémis não sabiam por onde começar



- Estão com uma cara de enterro… bolas até parece que morreu alguém… - Dizia Joana num tom de gozo

- Joana este não é o momento de gozar… - Ralhava Rita



- Meninas… não sei por onde começar. A Bunny entrou dentro de um dos edifícios e nunca mais de lá saiu… – Dizia Luna cabisbaixa

- O quê? Como ela foi capaz. Nem nos avisou nem nada…. Não esperava isso dela não… - Falava Joana com ar sério

*gota*

- Temos de ir lá salvá-la. Não aguento estar parada sem fazer nada… - Irritava-se Maria

- Maria tem calma não adianta estar assim… - Acalmava Ami

- Ainda não acabou…. – Pronunciava Haruka já indignada

- Que se passa?

- Nós fomos investigar e descobrimos que o Dr. Tomoe não está morto. Ele contou-nos que a Kaorinite tinha voltado e que o objectivo dela era acabar aquilo que ele não foi capaz de o fazer. Contou-nos até que a Octávia estava sendo controlada por ela aos poucos e poucos até ela (Kaorinite) a foi buscar de vez… - Numerava Mariana

- E foi a Kaorinite que fez a explosão certo? – Inquiria Ami

- Não pelo contrário foi a Octávia a mando dela



Anoiteceu rapidamente. Num ponto não muito distante do templo duas pessoas regressavam à terra.



- Estamos de Regresso!!! E toda a gente vai pagar! Hahaha – Ria-se a voz Feminina
- Sailor Moon vai pagá-las!!! – Bramia a voz masculina


Última edição por zirateb em Dom 18 Out 2009, 04:16, editado 1 vez(es)

zirateb
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!

Feminino
Mensagens : 3657
Idade : 31
Localização : porto alto (ribatejo)

http://yunime.ativoforum.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por picky em Qui 03 Jul 2008, 15:50

Está lindo!!!!!!

A Karorinite voltou?!!! o que será que eles querem agora?

Fico à espera do proximo capitulo....

Bjs

picky
Classic: Pelo Poder de Vénus!
Classic: Pelo Poder de Vénus!

Feminino
Mensagens : 263
Idade : 24
Localização : vila nova de famalicao

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por anokas2757 em Qui 03 Jul 2008, 18:14

bem, toda a historia tem um inicio muito misterioso, mas pense que a beryl e o principe diamante se juntaram para conseguir o endymion e a serenidade so para eles...
fica é espera da continuaçao e parabens zir^^

anokas2757
SS: Transformação de Crise!
SS: Transformação de Crise!

Feminino
Mensagens : 2339
Idade : 32
Localização : Estou perto,muito perto...

http://inuyashaportugal.ativoforum.com/index.htm

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por zirateb em Sex 04 Jul 2008, 03:28

Meninas obrigado por gostarem

zirateb
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!

Feminino
Mensagens : 3657
Idade : 31
Localização : porto alto (ribatejo)

http://yunime.ativoforum.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por Usako em Sex 04 Jul 2008, 12:45

humm...misterio mm!! e dos grandes...agrada-me muito!! :p

Usako
S: Pelo Poder Cósmico da Lua!
S: Pelo Poder Cósmico da Lua!

Feminino
Mensagens : 923
Idade : 30
Localização : Portalegre

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por ***luacheia*** em Ter 08 Jul 2008, 15:16

continua ta linda fico a espera de mais

***luacheia***
R: Pelo Poder Sagrado do Cristal Lunar!
R: Pelo Poder Sagrado do Cristal Lunar!

Feminino
Mensagens : 307
Idade : 28
Localização : lausanne-suiça

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por zirateb em Sab 19 Jul 2008, 03:29

- Meu amor escolhe uma carta…. – Pedia a voz masculina

- Hum deixa cá ver…. Esta parece-me bem… – Apontava a voz feminina

A voz masculina tirando uma flauta e começou a tocar uma doce e suave melodia

- ZumZum vai e recolhe toda a energia que conseguires…. – Ordenava ela



Entretanto no edifício onde o príncipe Diamante se encontrava….



- Diamante deixa-me sair daqui!!! – Berrava Bunny com as lágrimas a escorrerem-lhe pela a cara – Qual é o teu objectivo?



- Minha cara Princesa Serenidade pensei que já soubesses o meu objectivo és tu. Nós dois reinaremos o mundo!!!! Hahaha - Dizia Diamante com um sorriso nos lábios

- Nunca!!! Nunca irei ficar contigo… – Lacrimejava Bunny



Uma mulher alta de cabelos verdes entrava na sala onde Diamante se encontrava



- O que é que aquela rapariga faz aqui? – Perguntava Esmeralda furiosa pelo seu amado não querer saber dela

- Ela é a minha futura Rainha. Rainha Serenidade…



Furiosa Esmeralda tenta fazer com que o plano de Diamante saia furado e vai tentar ajudá-la. No entanto os planos de Esmeralda também saíram furados, pois quando ela lá chegou um brilho forte ofuscou-a, fazendo com que Esmeralda deixasse de ver durante largos minutos. Bunny estava rodeada por uma luz prateada e à sua frente estava o cristal prateado, tocou-o ao de leve mas mesmo assim foi o suficiente para que ele, cristal prateado, libertasse todo o seu poder fazendo com que bunny desaparecesse mesmo em frente de Esmeralda. Bunny encontrava-se agora fora do edifício, aos poucos ela levantava-se, ainda meia atordoada e sem saber o que se tinha passado Bunny repara em algo brilhante ao pé de si, tinha ficado em choque quando viu que o seu cristal estava partido, pegou nele guardou na sua mala e dirigiu-se para casa.

Estavam todas em reunião quando ouviram pessoas alvoraçadas a correr de um lado para o outro, dirigiram-se para o local e visualizaram a presença de um demónio.



- Mercury Crystal Power, Make Up

- Mars Crystal Power, Make Up

- Jupiter Crystal Power, Make Up

- Venus Crystal Power, Make Up

- Uranus Planet Power, Make Up

- Neptune Planet Power, Make Up



Mas nada aconteceu, as guerreiras não estavam transformadas, as suas canetas de transformação tinham-se partido e os seus cristais estavam nas mãos de cada uma. Ao local estava a chegar Bunny cabisbaixa pelo facto de o seu cristal ter-se partido.



- Bunny!!! Ajuda-nos…. – Tentava gritar Rita mas Bunny não a tinha ouvido



Bunny estava demasiado concentrada nos pensamentos para ouvir seja o que for. As outras Guerreiras estavam, exaustas, já não podiam fazer nada, não tinham poderes e isso tornava-se uma vantagem para o Ail e An que apareciam agora junto do seu demónio:



- Finalmente temos aquilo que queremos, a vossa destruição, vocês vão morrer! Se pensam que nos esquecemos que vocês nos quiseram matar estão muito enganados! – Gritava An exasperadamente



- An… nós lutamos contra vocês é verdade… mas depois a Bunny curou a vossa árvore e vocês perceberam o quanto vocês se amavam… – Tentava Maria chamar à razão a An



- Mentirosas!!! – Gritava An – Ataca ZumZum

O demónio atacava-as, contudo três estrelas cadentes voltavam à terra



- Não sei quem são vocês, mas não pensem que fazem mal às nossas amigas! – Verbalizava uma delas



- Quem são vocês? – Inqueria Ail



- Somos três estrelas cadentes a vaguear pelo espaço! Somos as StarLigths! - Diziam as três em uníssono



- Star Sensitive Inferno – Atacava a sailor Star Healer, destruindo assim o demónio

- Vocês estão bem? Mas o que aconteceu para não se transformarem? – Perguntava curiosa Fighter – E onde anda o meu pudinzinho?

- Fighter agora não é hora de pensar nela temos que os fazer parar de alguma maneira antes que façam algo de grave! – Falava Rita tentando que se concentrassem no inimigo

- Vocês pensam que podem algo contra nós! Cambada de ingénuas… - Ria-se An desaparecendo

- Fugiram…! – Irritava-se Haruka – Por vossa culpa StarLights

- Se não fossemos nós vocês tinham morrido! – Acarretava Fighter

- Vocês tenham calma. Haruka não precisas de estar assim pois sem as StarLights não tínhamos sobrevivido e… – tentava acalmar os ânimos Rita

- E… nada Rita. Mariana vamos embora! – Dizia Haruka metendo-se no carro

- Bem nós vamos embora. Já vimos que não fomos bem recebidas… - Queixava-se Maker



Bunny estava em casa quando resolveu ir buscar os fragmentos do cristal prateado, mas à medida que descia as escadas ouvia o barulho estridente da sua campainha.



- Já vai… - Falava Bunny

- Olá Bunny. Estávamos preocupadas contigo Bunny, que se passa? – Perguntava Maria

- Não foi nada meninas…. – Respondia Bunny à pergunta da sua amiga

- Bunny… temos de falar urgentemente… - Afirmava Ami

- Entrem… - dizia Bunny ao convidá-las para entrar

- Bunny que se passou? Passas-te por nós nem nos ajudaste Bunny. A Rita inclusive gritou por ti mas tu parece que fizeste ouvidos de mouco – Falava Maria

- Desculpem meninas… Eu… Eu fui raptada pelo Diamante… - Contava Bunny a Choramingar

- O QUÊ O DIAMANTE!!!??? – Diziam todas em uníssono

- Sim ele voltou e está naquele edifício que eu entrei… e com ele está a Esmeralda. O pior nem foi isso…

- Então foi o quê? – Perguntava Joana

- Foi o cristal prateado que se partiu… - afirmava Bunny

- Como isso é possível? – Perguntava uma gata azul acabada de entrar pela janela

- Não sei…

- Onde é que ele está neste momento? – Inquiria Artémis

- Está dentro da minha mala… - Respondia Bunny dirigindo-se à sua mala

Bunny fora buscar a mala na esperança de encontrar os fragmentos do seu cristal



- Ora bem deixa cá ver… Os fragmentos desapareceram…. - Falava Bunny em choque

- O meu cristal também desapareceu – Queixava-se Ami

- E o meu – dizia Joana

- O meu também desapareceu – respondia Rita

- Igualmente aqui! – Exclamava Maria.

Na rua Seiya caminhava pensativo quando se deparou com a casa da Bunny. Decidiu ir vê-la. Bunny ouve o som estridente da campainha outra vez e vai à porta.



Quem é? – Questionava Bunny

Pudinzinho… – Respondia Seiya do outro lado da porta

Bunny não queria acreditar que aquele poderia ser quem ela estava a pensar, de inicio pensaria que fosse Gonçalo que lhe fizesse um surpresa mas depressa se lembrou que o Gonçalo já não queria saber dela para nada e lembrou-se do Seiya.

Ela abriu a porta e de facto comprovou que era Seiya

- Olá Bunny… posso entrar? – Perguntou Seiya

- Sim claro… Mas o que fazes aqui? – Inquiria Bunny

- Olá meninas estão melhores?

- Sim Seiya, obrigado! – Agradecia Rita

- Pudinzinho vim só saber se estavas bem. Tenho de ir andando….


Última edição por zirateb em Dom 18 Out 2009, 04:17, editado 1 vez(es)

zirateb
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!

Feminino
Mensagens : 3657
Idade : 31
Localização : porto alto (ribatejo)

http://yunime.ativoforum.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por Convidad em Sab 19 Jul 2008, 06:13

Zir , a tua fic tá muito boa Very Happy
Que mistério anda por aqui , diamante , esmeralda, ali , an ... ai Matreiro
Continua Smile

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por Convidad em Sab 19 Jul 2008, 06:44

tá lindo, adorei!!!!!!!!!!!!do melhor!!!!!!!!!!!!


fiko á espera de mais, bom trabalho!!!!!!!!!!!!!!!!! lol!

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por picky em Dom 20 Jul 2008, 15:20

Está muito giro.....

Estou curiosa.....para saber o que aconteceu para o cristal parateado se partir......

Fico à espera do proximo capitulo...

Bjs


picky
Classic: Pelo Poder de Vénus!
Classic: Pelo Poder de Vénus!

Feminino
Mensagens : 263
Idade : 24
Localização : vila nova de famalicao

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por zirateb em Qua 23 Jul 2008, 05:12

Bunny despedia-se de Seiya e volta para a sala questionada se por ventura as amigas já saberiam da vinda delas, resolveu perguntar:

- Meninas já sabiam que eles tinham voltado?

- Sim Bunny foram eles que nos salvaram…. – Confirmava Joana

- Meninas voltando ao tema que nos trouxe aqui, digam-me por favor o que aconteceu… – Pedia Luna

- Estávamos no templo a discutir sobre aqueles novos edifícios quando ouvimos as pessoas em alvoroço. Fomos a correr para o local e lá deparamo-nos com um demónio, tentámos nos transformar mas foi em vão. O pior foi que as nossas canetas de transformação partiram-se e os cristais desapareceram… - Fundamentava Ami

- Mas isso é impossível – Dizia o incrédulo Artémis

- Isto trata-se de um fenómeno estranho… – começava Joana

- Lá vai ela começar com as suas teorias loucas… Ai! – Queixava-se Maria

- Meninas vejam bem … Primeiro o cristal prateado parte-se e depois, vamos supor que ele tinha esgotado toda a sua energia, ele ao fim desse tempo ia-se partir como se partiu… – Especulava Joana

- Joana é uma boa teoria – Dizia Luna – Mas em relação aos vossos Cristais?

- É simples. Os nossos Cristais não funcionam sem o poder do cristal prateado. – Concluía Joana

- Não Joana Supostamente é os nossos Cristais que dão poder ao cristal Prateado. Não é assim Luna e Artémis? – Falava Ami

O silêncio tinha-se instalado por completo na sala, ninguém se atrevia a quebrá-lo e ninguém sabia responder àquela pergunta. O cristal prateado era algo complicado nem mesmo Luna e Artémis sabiam o que cristal prateado possuía. O silêncio fora quebrado pelo som da campainha da casa da Bunny. Tratava-se de Haruka e Mariana que ao verem as suas canetas de transformação. Dirigiram-se para lá afim de saber se as outras guerreiras também tinham o mesmo problema.

Um outro problema levantado nessa mesma noite foi o facto de Susana não ter dado sinais nenhuns.



O que se passará com Susana? O que farão as guerreiras para voltarem a ter o seus poderes de volta?

Sorry ser tão pequeno em relação aos outros mas é que eu não sabia o que escrever mais neste...


Última edição por zirateb em Dom 18 Out 2009, 04:17, editado 2 vez(es)

zirateb
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!

Feminino
Mensagens : 3657
Idade : 31
Localização : porto alto (ribatejo)

http://yunime.ativoforum.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por zirateb em Sex 22 Ago 2008, 14:07

Actualização da fic: capitulo III a sair
Capítulo III
“A despedida de uma Amiga”




No portão espaço-tempo Susana levantava-se franca e muito debilitada agradecia a Deus por não ter sido levada antes da sua missão estar completa. Levantou-se e preparou-se para uma ida à Terra, não esperava que ela fosse a única que se pudesse transformar.

- Hum qual destas pessoas poderá ter um Cristal? – Questionava Jedite

- Eu aposto naquela Moça… - Dizia Neflite enquanto aparecia por trás das costas de Jedite e voltava a desaparecer

- Não aquele é melhor… - Falava Jedite para o boneco

- Quem és tu? – Perguntava o homem aterrorizado

- Não importa dá-me o teu Cristal!!! – Exigia Jedite

- O que estás a falar???

Jedite lança um ataque forte encostando o pobre homem a uma parede. Um pouco mais abaixo estava a decorrer um evento de Cosplay. Um grupo de Cosplay de Sailor moon passava pelo local na altura em que Jedite estava atacar o homem.



- Olha estão a fazer um bocado da série! Vamos entrar? – Dizia uma delas

- Sim – disseram as outras em uníssono

- Hei tu aí!

- Hum… - Virava-se Jedite

- Nós somos as guerreiras do amor e da justiça! Eu sou a Sailor Moon…

- E eu sou Sailor Chibimoon…

- Em nome da Lua vamos castigar-te! – Falavam as duas ao mesmo tempo

- Vocês outra vez!!! Estou farto de vocês!!! RAIOS NEGROS!!! – Atacava Jedite

- GRITO DA MORTE!!! – Defendia Susana, na sua réstia de forças, as falsas navegantes



As falsas navegantes despregaram a correr em choque e com medo. Susana continuava a sua dolorosa e demorosa batalha, já nada podia fazer, o que ela mais temia estava prestes acontecer, a sua morte era inevitável, já ninguém poderia fazer mais nada por ela, estava em risco eminente para satisfação de Jedite. Susana caía de joelhos sobre o chão vira a sua caneta de transformação a partir-se mas o seu cristal estava intacto não tivera desaparecido nem se partido como o das outras guerreiras -“ talvez por o meu cristal não ser regido pelo Cristal”- pensava ela, Susana começava agora a sentir-se tonta, cambalear para a frente e para trás, os seus olhos começavam a fechar-se até que Susana caiu definitivamente na neve fofa que esbranquiçava as ruas de Juuban. Jedite ria-se que nem um perdido, pela primeira vez sentia que a sua mestre, a Rainha Beryl, ia ficar contente e ia-lhe dar algo valioso.



As guerreiras correram até ao local mas quando lá chegaram Jedite já tinha se retirado e enquanto que Susana já estava morta



- Susana!!! SUSANA!!! – Gritava Bunny

- Bunny não vale a pena… Susana já Partiu para o descanso… - Dizia Maria enquanto punha a mão no ombro da amiga

- É injusto porque ela? – Queixava-se Bunny

- Meninas temos que reparar numa coisa… – Observava Ami – o Cristal de Plutão não desapareceu está nas mãos de Jedite

- Pois é pobre criatura… Ahahaha… Através deste cristal o Reino das Trevas vai reinar o mundo – Declarou Jedite indo-se embora

**


- Consegui um dos cristais e ainda matei uma das navegantes – Falava Jedite com um riso entre lábios

- Qual navegante? – Interpelava Rainha Beryl

- A navegante de Plutão e tirei-lhe o seu cristal – Retorquia Jedite

- Muito bem Jedite já têm a tarefa facilitada agora é localizar os outros cristais…

- Sim Rainha Beryl… - Dizia Jedite enquanto andava para trás para se retirar


**


O dia mais triste das Navegantes chegava ao fim. Preparavam-se para outro dia, mas este dia era negro como as cores predominantes da Navegante de Plutão, o dia em que se avistava a separação de uma delas, o funeral de uma delas. As lágrimas escorriam-lhes pela cara abaixo com desejo de vingança da pessoa que se atreveu a matá-la, não sabiam como os destruir mas que não passar em claro o momento em que viram Plutão morta. O Funeral tinha sido apenas para elas, Susana não tinha família e a sua única família eram elas. Um mês passou-se desde da morte de Susana, as outras guerreiras estavam ao lado do seu túmulo, contudo Joana quebrou silencio:

- E agora como o que fazemos? Não temos poderes, não temos cristais…

- Ora é fácil vamos em busca deles e depois damos uma tareia aos inimigos – Dizia Haruka seriamente

- Haruka isso é muito bonito de dizer mas nós não temos nenhuma pista e não sabemos como os procurar – Comentava Ami

- Meninas nós devíamos esperar pelo próximo passado do inimigo neste momento, e isto soa-me estranho, temos de esperar que ele nos ajude…. – Sugeria Maria para o espanto de todas as outras

- Concordo é a nossa única solução – Falava Ami

- Bem nós gostávamos de ficar mais tempo com vocês mas temos problemas a resolver – Dizia friamente Haruka



O que farão as guerreiras para recuperar o Cristal de Plutão?

zirateb
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!

Feminino
Mensagens : 3657
Idade : 31
Localização : porto alto (ribatejo)

http://yunime.ativoforum.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por hopeless em Dom 24 Ago 2008, 13:38

Adorei a tua história . Está fantástica continua .

O Prologo despertou -me grande curiosidade e interesse em ler todos os capitulos que fizeste até agora .

Quem diria que os inimigos que as navegantes derrotaram ao longo dos tempos regressavam ?

Aquela Bunny sempre a fazer das suas , entrando naquele edificio sem mais nem menos sabendo (ou não) do perigo que se punha .
Maldito Diamante . Parece que ele não aprendeu nada com o passado assim com a An e a Ellen . Afinal de contas nenuhum dos Inimigos aprendeu nada com a ajuda da princesa da lua , e essa ajuda também se refere com a Rainha Beryl .
Então o Gonçalo deixou assim sem mais nem menos a princessinha ? porque motivo?

Espero que as navegantes arranjem uma solução rapidamente se não a terra vai desta para melhor .

hopeless
Classic: Pelo Poder de Mercúrio!
Classic: Pelo Poder de Mercúrio!

Feminino
Mensagens : 113
Idade : 29

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por zirateb em Ter 02 Set 2008, 09:17

Capítulo IV
“ Em Busca do Cristais; Os Guardiões das guerreiras;A ida para Espanha”




Era uma noite gelada mais parecia Inverno, as alterações constantes do tempo eram a abertura de todos os Jornais televisivos, ninguém sabia o que realmente se passava na Terra. Ami estava deitada na sua cama a dormir quando começou a ouvir vozes:



- Ami… Ami …. Nós sabemos onde encontrar o teu cristal…. – Dizia a voz enquanto saía pela janela do quarto da Ami

Ami acorda do nada, assustada com o que sonhara, sem saber o que pensar ou fazer, estava em dúvida se haveria de contar às suas amigas ou não.

Amanheceu quente e em comparação ao dia de ontem até parecia Verão. Eram duas irmãs chamadas Mer* e Cúrio*, eram as guardiãs do planeta Mercúrio. Ambas eram magras, com cabelo e olhos azuis-claros tinham sido acordadas para ajudar Ami a recuperar o cristal.



- Mer, acho que os inimigos estão prestes atacar, temos de falar rapidamente com a princesa – Afirmava Cúrio

- Sim Cúrio mas nós não podemos aparecer no meio do nada! Lembra-te que apenas a nossa princesa nos pode ver – Exclamava a outra guardiã

- Então vamos averiguar por onde ela anda – sugeria Cúrio

Enquanto as guardiãs de Mercúrio seguiam os passos as guerreiras falavam entre si.

- Estranho os inimigos não apareceram mais… Que se passa Rita? – Dizia Maria notando que Rita estava muito ausente

- Estou a sentir alguma coisa, alguém anda a espiar-nos… - Falava Rita olhando para a árvore onde as duas guardiãs estavam

As duas Guardiãs ao se aperceberem que Rita as tinha descoberto fugiram.



- Rita está ver que não era nada? - Dizia Joana rindo-se

- Mas eu senti… Juro que senti algo naquelas árvores… - Dizia Rita



Rita estava decepcionada por as amigas não acreditarem mais nos seus sentidos. Jurava a si própria que tinha sentido algo que as estavam a espiar, pensava se por ventura, e devido à falta dos seus poderes, perdera as capacidades de ver o fogo e sentir as áureas. Deimos e Fobos, os corvos de Rita, na verdade eram os guardiões de Marte. Dois rapazes altos, musculados, Cabelo negro e olhos azuis céu apareceram dentro do quarto de Rita no qual esta se assustou:



- Quem são vocês? – Perguntava ela assustada

- Calma princesa nós somos os teus guardiões Deimos e Fobos ao vosso dispor – apresentava Deimos

- Deimos e Fobos são os meus corvos! Não me digam que… – raciocinava Rita

- Exacto. Eramos (?) nós disfarçados… – Confirmavam os guardiões

- Mas o que estão aqui a fazer? Qual o vosso objectivo? – Perguntava Rita curiosa

- O nosso objectivo é ajudar-te a procurar o Cristal de Marte e ajudar na luta contra o principal inimigo, que infelizmente não sabemos como é ou deixa de ser…
*


Na casa da Ami, semelhante coisa aconteceu, as guardiãs resolveram aparecer.



- Por favor não tenhas medo princesa. Nós somos as tuas guardiãs Mer e Cúrio – apresentava-se uma delas

- Viemos para te ajudar a recuperar o vosso Cristal e ajudar na luta contra o inimigo mais forte…

- Esperem… tenho muitas coisas para perguntar!!! – Gritava Ami enquanto as via partir pela sua janela

zirateb
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!

Feminino
Mensagens : 3657
Idade : 31
Localização : porto alto (ribatejo)

http://yunime.ativoforum.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por zirateb em Ter 02 Set 2008, 09:18

Joana estava a gravar a sua série quando duas personagens misteriosas apareceram do nada. Tratavam-se dos guardiões de Vénus: Vé** e Nus**. Vé era uma linda rapariga alta, de cabelo Amarelo queimado e tinha olhos verdes quanto ao seu irmão Nus era alto, louro de olhos verdes-grama. Joana ao ver o seu guardião largou tudo e foi falar com ele:



- Olá! És novo aqui? Tens uns olhos lindos – Dizia Joana enquanto se atirava a Nus

- Sim sou. Muito prazer sou o Nus e tu? – Apresentava-se ele

- Joana Lima… o teu nome faz-me lembrar homens nus…ahahaha… *gota* - Dizia Joana apercebendo-se que esta frase não tinha sido muito famosa – E quem é essa anoréxica?

Vé começa a ficar a ficar irritada e resolveu mentir

- Sou a namorada dele! – Mentia Vé



Umas horas mais tarde no seu camarim Joana conhece finalmente os seus guardiões



- Olá Nú veio ver me? – Perguntava Joana

- Nus… o meu nome é Nus… e sou o teu guardião princesa… - Dizia Nus enquanto se baixava para fazer uma vénia

- UHHH… ter uma espécie de Guardião para me proteger dos paparazzi… sou mesma um estrela… - Gritava Joana

- Não sua Burra! Nus é o guardião do teu planeta guerreira de Vénus! – Ralhava Vé

- Como sabem que sou a Guerreira do amor e da Justiça? – Perguntava estupefacta Joana

- *gota* Porque somos teus guardiões! E eu sou a irmã dele!



Maria estava em casa na sua cozinha quando apareceram dois rapazes e duas raparigas por trás dela e um deles pôs as mãos no ombro dela. Num acto defesa e segurança Maria atacou-o com um golpe no qual ele se defendeu



- Quem são vocês? – Perguntava Maria pronta a atacar

- Já me tinha esquecido como a princesa é forte… - Dizia Ganímedes

- Nós somos os seus guardiões! Eu sou Calisto e ele é o Ganímedes – Ostentava Calisto

- E nós somos Io e Europa…

- O nosso objectivo é proteger-te e ajudar-te a recuperar o teu Cristal - Justificava Io



Mariana e Haruka passeavam à beira mar quando viram oito pessoas a dirigirem-se para elas a uma grande velocidade



- Cuidado Mariana… - Dizia Haruka empurrando-a para a água



As oito personagens voltaram para trás e pararam em frente delas



- Vocês não vêm por onde andam? Dizia Haruka furiosa

- Calma princesa! Nós somos Miranda, Ariel, Umbriel e Oberon os guardiões de úrano


- E nós somos Proteu, Tritão e Nereida. Os teus guardiões guerreira de Neptuno

- Nós princesas?!? – Não acredito nessa história - Mariana vamos embora



O dia passou rápido. De manha cada navegante recebeu uma carta anónima na qual dizia para elas estarem no parque de Juuban às onze horas em ponto.



- Meninas o que estão aqui fazer? – Perguntava Maria incrédula

- O mesmo que tu! – Dizia Rita mal-humorada

- Pelo o que estou a ver também receberam uma carta estranha – comentava Ami



Os guardiões de cada uma das guerreiras apareceram deixando todas perplexas.

Ainda não acabou o capítulo em principio hoje ou manha têm a úlima parte do capítulo

zirateb
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!

Feminino
Mensagens : 3657
Idade : 31
Localização : porto alto (ribatejo)

http://yunime.ativoforum.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por LunaLuninha em Ter 02 Set 2008, 14:18

porke é ke o gonçalo deixou a bunny?

LunaLuninha
R: Pelo Poder Sagrado do Cristal Lunar!
R: Pelo Poder Sagrado do Cristal Lunar!

Feminino
Mensagens : 300
Idade : 22
Localização : No meu proprio mundo a preto e branco

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por zirateb em Ter 02 Set 2008, 14:20

misterio xDDDDD
seriously depois vão ver o que aconteceu ao gonçalo....

zirateb
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!

Feminino
Mensagens : 3657
Idade : 31
Localização : porto alto (ribatejo)

http://yunime.ativoforum.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por LunaLuninha em Ter 02 Set 2008, 14:25

ok fico a espera a fic tá bue fix

LunaLuninha
R: Pelo Poder Sagrado do Cristal Lunar!
R: Pelo Poder Sagrado do Cristal Lunar!

Feminino
Mensagens : 300
Idade : 22
Localização : No meu proprio mundo a preto e branco

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por zirateb em Ter 02 Set 2008, 14:45

bigada luna

zirateb
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!

Feminino
Mensagens : 3657
Idade : 31
Localização : porto alto (ribatejo)

http://yunime.ativoforum.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por hopeless em Qui 04 Set 2008, 12:49

Zirateb gostei deste último capitulo pela descrição que fizeste aos guardiões das navegantes e das atrapalhações que estas tiveram ao conhecer os seus guardões , inclusive a joana . Está bom Continua quero ver onde isto vai parar .

hopeless
Classic: Pelo Poder de Mercúrio!
Classic: Pelo Poder de Mercúrio!

Feminino
Mensagens : 113
Idade : 29

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por zirateb em Qua 10 Set 2008, 09:24

- Esperem não estão aqui todas as navegantes guerreiras – dizia Mimas a guardiã de Saturno

- Quem és tu? – Perguntava Rita

- Sou uma das guardiãs de Saturno. Onde está a princesa? – Pergunta Mimas

- Infelizmente Saturno foi levado pela Kaorinite neste momento não sabem onde ela está – Respondia Maria

- E Plutão? – Perguntava o receoso guardião

- Morreu a lutar… – dizia Bunny quando começava a lacrimejar

Ao pé das navegantes apareceram dois gatos: um branco e um azul.

- Todos os guardiões reunidos! Há muito tempo que não tinha este prazer… – Exclamava Luna

- Estamos aqui, porque neste local se encontra o nosso portal. Sabemos que o inimigo vai atacar em Espanha não se sabe é se o Cristal de Mercúrio se encontra nesse sítio.

- Meninas estão preparadas? Ponham-se me circulo e dêem as mãos.



Em Espanha estranhos fenómenos aconteciam. Nevar no verão, as temperaturas extremamente baixas nesta altura do ano eram notícias de todos os canais espanhóis, nada nem ninguém podia saber ao facto o que era isto. O inimigo atacava impiedosamente, possuídos pelo ódio tentavam à custa encontrar os cristais, a sorte finalmente calhou aos inimigos finalmente tinham acham o cristal de Mercúrio.



- Encontrei finalmente o cristal – ria-se maleficamente Jedite

- Encontraste mas isso pertence-nos – dizia Mer

- E quem nos vai tirar? – Perguntava Jedite cinicamente

- Nós! – Respondiam em coro

- Quem são vocês? –

-Nós somos as guardiãs de Mercúrio e viemos derrotar-te! – Surgia Cúrio

- Quero ver isso! – Ria-se Jedite



As duas guardiãs atacaram em conjunto mas o inimigo defendeu-se lançando-lhe um ataque bastante poderoso que as deixou no chão. Ami não aguentava ver as suas guardiãs a sofrer por isso decidiu avançar perante as tentativas das amigas de a impedir. As guardiãs estavam debilitadas e pálidas não esperavam que Jedite voltasse tão forte, perante esta situação Ami com raiva e ódio nos seus olhos soltou uma enorme feixe de luz azul que ofuscou todos em redor. Jedite não queria acreditar no que estava acontecer vira o cristal de Mercúrio a fugir-lhe das mãos. O cristal entrou no corpo da guerreira o que fez com que se transformasse em princesa e com que aparecesse um ceptro azul com o seu cristal na ponta. Ami sem noção do que se passava ataca Jedite:



- Hyperspace Area Formation!



Para onde irão as navegantes a seguir? Será que vão encontrar o cristal de Marte?


*Mer e Cúrio = Mercúrio, devido ao facto de Mercúrio não possuir luas estes nomes são nomes fictícios. O mesmo se passará com Vénus.

** Vé e Nus = Vénus, devido ao facto de Vénus não ter luas, estes nomes são inventados.

zirateb
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!

Feminino
Mensagens : 3657
Idade : 31
Localização : porto alto (ribatejo)

http://yunime.ativoforum.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por zirateb em Qua 08 Out 2008, 09:21

Capítulo V
“ A lua escura. Fogo de Marte”

I


Estavam exaustas por causa da luta com o Jedite. Amanheceu quente ao contrário do que acontecia nos últimos dias. Ami estava no hospital em repouso, o estado clínico não era grave e nem estava em perigo de vida. Ami era a única que possuía poderes portanto as outras navegantes não se atreveriam a por à mercê do inimigo. Dias passaram e algo estranho acontecia com a lua. A lua começava a ficar escura e tenebrosa, algo sombrio tomava conta da lua e tornava-a arrepiante, já não havia luar, já não havia aquela beleza que costumava iluminar a noite, os restos do Milénio Prateado estavam agora sem brilho, sem vida, aquele que outrora tinha sido esplêndido e esbelto era agora controlado por uma imensa sombra negra que começava a expandir-se em direcção à Terra. Que Sombra era aquela que se instalava na Lua? Ninguém sabia nem mesmo Luna e Artémis tinham conhecimento deste acontecimento, inimigo? Sim de facto a imensa áurea maléfica que extravasava da sombra fazia-se sentir na Terra, Rita vira no fogo problemas com a lua enquanto que as outras limitavam-se a ter pesadelos todas a noites, pesadelos esses que causavam dor e sofrimento nas navegantes, especialmente em Bunny Tsukino, Princesa Serenidade. O afastamento do Gonçalo, o seu desaparecimento causara mistério e sofrimento, será ele a sombra que assombrou a lua? Ideia que todos queriam afastar dos sonhos e dos pensamentos das guerreiras navegantes mas a cada instante que passava assolava mais os sonhos e os pesadelos agravavam-se a cada momento, a cada noite, a cada dia, a cada passo que davam fosse onde fosse, estivessem onde estivessem, a fazer o que estivessem a fazer, o medo invadia-lhes o espírito que outrora era limpo, generoso. Antigamente não temiam nada nem ninguém depois de terem perdido os poderes e terem perdido a guerreira de Plutão estavam na posição do inimigo, desorientadas não sabiam o que fazer, a cada metro que davam o sentimento de que algo podia acontecer em minutos, em breves instantes transtornava-as fazendo-as pensar que tudo estava perdido. Era obra da sombra? Sim era, a sombra possuía um cristal negro que fazia com que as pessoas sentissem os seus medos, sentissem que nada mais podia ser feito e tudo aquilo que estivessem a fazer estaria perdido para sempre e era inalcançável, o sonhos eram agora pesadelos, agonia, o ódio assolava a Terra, a escuridão da sombra começava a preencher a Terra lentamente.

zirateb
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!

Feminino
Mensagens : 3657
Idade : 31
Localização : porto alto (ribatejo)

http://yunime.ativoforum.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por zirateb em Qua 08 Out 2008, 15:10

II


Na lua a sombra observava atentamente cada passo das guerreiras navegantes o seu desejo era de vingança, ódio. Talvez no passado esta sombra tivesse sido, boa generosa, pacifica mas agora tudo estava diferente, algo controlara esse alguém com coração puro. O que poderia ser? Alguma força Maléfica? Sim era uma força maléfica, aquela mesma força que danificou o portão do espaço-tempo e quase destruiu a guerreira de Plutão, força maléfica que reuniu num só elemento todas as forças maléficas que se seguiram e que criaram aqueles edifícios escuros em Juuban, essa mesma força maléfica que fez com que os inimigos passados renascessem e se tornassem mais forte. Algo ainda mais tenebroso estava para acontecer: A sombra preparava-se para recolher toda a força dos seus servos matando-os um a um, sem nó nem piedade, os consecutivos falhanços enriquecia ainda mais esta de que o final deles estaria mais perto do que eles imaginam. A sombra planeava bem planeado, a Rainha Beryl já possuía o cristal de Plutão, por isso a sombra não estaria por o seu plano em risco.

Na terra os dias ficavam mais escuros, a vida começava a desaparecer ou na melhor das hipóteses a energia começava a sair lentamente dos corpos das pessoas, menos das navegantes guerreiras, pois a sombra queria vê-las a morrerem aos poucos, queria ter o prazer de as eliminar uma luta de homem para mulheres na qual ela se orgulhava que era mais forte do que todos os outros e que ninguém podia superar esta sombra malévola que se acentuava cada vez mais.

Rita previa estas áureas, e era a única que podia, a sua angústia era visível na sua face pálida, noites sem dormir já faziam parte do dia-a-dia da guerreira do fogo, noites essas que assolavam as suas visões. De uns dias para cá, Rita estava a ver algo novo que não vira, vira que essa sombra se encontrava ali mesmo no Templo Hikawa, perante esta situação Rita não sabia o que fazer, levantou-se e deu um passo. Esse passo fora o suficiente para que a sombra aparecesse:



- Nem mais um passo! Ou as outras guerreiras vão sofrer… Ah Ah Ah! – Ria-se a sombra enquanto mostrava o vulto das outras guerreiras presas pelo pescoço.

- Quem és tu? – Perguntava Rita receosa. Era a primeira vez que ela se sentia assim verdadeiramente. Tinha sentido o medo mas nada igual ao nó que ela tinha dentro de si.

- Estás no teu maior pesadelo guerreira do fogo! Está num sítio onde ninguém te poderá salvar! Ah! Ah! Ah! – Ria-se a sombra como se estivesse a ver um filme cómico. Ria-se como uma criança a ver desenhos animados. Ria-se com gosto e realmente tinha gosto em ver uma das Guerreiras encurralada e nas suas mãos. Na Realidade as outras não estavam presas, tratava-se de uma ilusão criada pela sombra para cercar Rita, estavam a caminho do Templo Hikawa. Espanto o delas que viam o templo a arder



- RITAAAAAA!!! – Chamava Bunny em apuros. Bunny estava receosa não queria passar por tudo outra vez, não queria perder a sua amiga de novo. Bunny num acto de desespero foi a correr para o templo

zirateb
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!

Feminino
Mensagens : 3657
Idade : 31
Localização : porto alto (ribatejo)

http://yunime.ativoforum.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por zirateb em Qua 08 Out 2008, 15:11

-BUNNY!!! – Gritava Maria enquanto tentava apanhá-la. Foi em vão Bunny já lá estava. Maria baixou a cabeça e lágrimas começaram a escorrer pela sua cara também pálida das noites que também passou em branco.

Bunny entrou, com medo do escuro que se fazia notar numa noite escura, foi avançando, avançando até que chocou com algo:



- Aiiii! – Gritava Bunny



A sombra riu-se e falou:



- Ah! Ah! És mesmo desajeitada…. E uma falhada princesa Serenidade… És mesmo igual à tua mãe



Bunny não lhe ligara importância. A sua preocupação era a amiga e mais nada lhe interessava



- Rita onde estás! Onde estás consegues-me ouvir? – Perguntava Bunny bastante nervosa

- A Tua amiga está aqui! Ah! Ah! Ah! – Dizia a sombra enquanto mostrava Rita desmaiada

- RITA!!!!!! Quem és tu? O que queres de nós? – Perguntava Bunny rodeada de amargura

- És insolente como a tua mãe! – Gritava a Sombra durante o tempo em que lançava Bunny



Bunny estava ferida, a pancada tinha sido forte. O que poderia fazer Bunny para salvar a sua amiga? No momento Bunny não conseguia pensar em nada pois as suas dores eram insuportáveis, mas no entanto Deimos e Fobos apareceram:



- Flecha de Marte!!! – Atacou Fobos



Nada aconteceu á sombra. Rita começava a recuperar os sentidos, perguntava quem eram aquelas vozes, de onde vinham, o que queriam, Deimos apercebendo-se de que Rita estaria a recuperar sentidos começa a falar com ela:



- Princesa!!!

- Quem é esta voz que está ao longe…tão delicada….que chama por mim? – Perguntava-se Rita a si própria

- Princesa! Liberte a sua energia dentro de si! – Falava Deimos

- Força dentro de mim?? Quem és tu? – Perguntava Rita à voz que ouvia tão ao longe

- Somos Deimos e Fobos teus guardiões! Agora liberte a sua alma, a sua energia! – Falava Fobos

- Meus…guardiões… sinto um calor enorme que sobe dentro de mim… será este o meu verdadeiro poder? Será este o poder que tenho de libertar? Parece que vai explodir dentro de mim…



Rita foi envolvida dentro de uma chama que a cobriu da cabeça aos pés, podia-se ver a raiva nos seus olhos, podia-se ver o rancor que tinha pelo inimigo, de repente Rita começa a gritar proferindo a seguintes palavras:



- Akuryon Taisan!!!



O ataque poderoso de Rita foi na direcção da sombra contudo esta esquivou-se ordenando um dos seus servos que lutasse com a princesa de Marte. Os 3 generais apareceram na perspectiva de a matarem mas o destino quis que fosse ao contrário, no entanto depois dos generais estarem mortos, Rita desmaiou a libertação de toda a sua energia tinha-a enfraquecido. Ami de repente repara em algo vermelho no chão:



- Meninas reparem o cristal de Marte, esteve sempre aqui como é possível? – Perguntava Ami espantada mas ao mesmo tempo em choque



O que se passará a seguir? Qual das guerreiras navegantes irá ser vitima da sombra?

zirateb
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!

Feminino
Mensagens : 3657
Idade : 31
Localização : porto alto (ribatejo)

http://yunime.ativoforum.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por Joaninha em Dom 12 Out 2008, 08:05

ola
aqui vai o meu comentario!
ta linda a fic!!
a maneira como escreves!!
o que aconteceu ao gonçalo??
Susana, Octavia Sad
tou ansiosa pelo proximo capitulo continua assim!!!
kiss

Joaninha
R: Pelo Poder Sagrado do Cristal Lunar!
R: Pelo Poder Sagrado do Cristal Lunar!

Feminino
Mensagens : 361
Idade : 23
Localização : lua

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por Monica em Seg 20 Out 2008, 14:34

adorei a tua fic continua assim

Monica
R: Pelo Poder Estelar de Marte!
R: Pelo Poder Estelar de Marte!

Feminino
Mensagens : 587
Idade : 25
Localização : Chaves/ ou /mais propriamente com a cabeça no mundo da lua

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por zirateb em Qua 22 Out 2008, 13:33

Capítulo VI
“Qual das delas é a verdadeira? A rosa negra”

I




Momentos após o susto que causara toda a confusão em que o templo estava inserido era altura de tirar elações do sucedido, elações difíceis de concluir devido às poucas certezas que tinham acerca do acontecimento.

O inimigo preparava-se para atacar novamente com a expectativa que desta vez conseguiria atingir o seu alvo, mas qual era o seu alvo? As navegantes não poderiam responder a essa questão nem qualquer outra questão que englobava as origens da sombra ou as razões que a sombra levava a atacar a Terra, não sabiam ao certo se haveriam de avançar ou se haviam de esperar pelo próximo passo da sombra.

Estavam todas reunidas na casa de Bunny para outra reunião de emergência, o que não faltava nos últimos dias eram essas mesmas reuniões que nada serviam pois as mesmas perguntas ficavam por responder. Contudo algo se passava com a Maria e, isso não passava de despercebido às amigas, os olhos da guerreira dos trovões já não eram doces, a sua alma era fria e gelada, Maria estava mais bruta e isso preocupava as suas amigas. Maria estava com uma hora de atrasado em relação à hora combinada, algo que não era costume na navegante, tocou à campainha. Dentro do Hall podia-se ouvir a Voz da Rita a comentar: “ É a Maria!”, Bunny abriu a porta ficando estupefacta sem saber o que dizer, um arrepio percorreu-lhe a espinha de cima a abaixo não queria acreditar naquilo que via. Via uns olhos odiosos, um coração maléfico e independentemente disso disse à amiga:



- Maria entra!


Última edição por zirateb em Dom 09 Nov 2008, 10:53, editado 1 vez(es)

zirateb
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!

Feminino
Mensagens : 3657
Idade : 31
Localização : porto alto (ribatejo)

http://yunime.ativoforum.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por zirateb em Qua 22 Out 2008, 13:34

Maria entrou sem dizer uma palavra a Bunny, foi direito à sala e foi à única cadeira que estava, atirando Luna para o sofá. As outras estavam em choque, nunca a tinham visto tratar assim Luna mas Rita resolveu falar:



- Maria que se passa contigo?



Maria continuava sem proferir uma única palavra, o que fazia com que Haruka se abespinhasse aos poucos



- Comecemos então a reunião…. – Começava a falar Ami sendo interrompida pelo acto da Maria. Maria preparava-se para sair sem dar alguma justificação – Maria onde vais?



A guerreira de Júpiter já estava na rua quando Ami falara para ela. O silêncio instalava-se na sala sendo quebrado por Luna.



- Meninas o que acham do comportamento da Maria? – Perguntava Luna

- Intolerável… A maneira como te tratou Luna e a maneira como nos desrespeitou é de facto inadmissível – dizia calmamente Haruka. Ao contrário do que era habitual Haruka estava calma, olhando intensamente para a janela da sala algo lhe prendera o olhar numa noite indistinta, sem fulgor. Mariana apercebendo-se dirige-se à sua amada.



- Para que olhas Haruka? – Perguntava Mariana

- Parece que vi um vulto… Alguma coisa vai acontecer se não sairmos daqui depressa… – Dizia Haruka ainda mais calma mas num misto de estranheza e preocupação

- Deve ser a tua imaginação Haruka não vejo nada a não ser escuridão… – Impugnava Mariana num tom dócil como já era o seu hábito

- Por isso mesmo Mariana a sombra…. – Comentava Haruka

- …. Achas mesmo que pode? … - Dizia Mariana receosa e com um pé atrás

- …. Não acho, tenho a certeza e vai atacar agora…. MENINAS SAIAM RÁPIDO!!!!!

- Mas Haruka… - Pronunciava Bunny

- Não há tempo. A tua casa vai explodir!!! – Gritava Haruka. O seu coração estavas aos o pulos porque via as duas mulheres mais importantes a ficarem para atrás. Mariana a sua amada e a Princesa Serenidade a quem jurou proteger.



O pior aconteceu. Nada podia ser pior para Bunny, as lágrimas caiam pela sua face, não queria acreditar que perdera as suas coisas e o mais importante perdera a sua família, a família que tanto amava neste mundo cruel. Os seus pais que muitas das vezes foram cruéis para ela amavam-na mais que tudo todas a criticas, todos castigos, repreensões era apenas para ajudarem-na. Quanto ao seu irmão Chico, Bunny amava-o apesar de muitas vezes se chatearem-se, não conseguia imaginar a sua vida sem eles. Mais atrás estavam as fiéis amigas, elas partilhavam da mesma dor pois estavam unidas não só pela alegria e, os bons momentos mas também pelo sofrimento e dor, se alguma sofresse as outras também sofriam.

Maria finalmente libertara-se, correu o mais que pode mas quando chegou o cenário era desolante, Bunny chorava compulsivamente pelo sucedido, as outras não se atreviam a sequer chegar ao pé.

zirateb
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!

Feminino
Mensagens : 3657
Idade : 31
Localização : porto alto (ribatejo)

http://yunime.ativoforum.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por zirateb em Qua 22 Out 2008, 13:35

Maria pouco a pouco foi-se chegando até se chegar ao pé de Bunny debruçando-se disse preocupada:



- Bunny que se passou, aqui?



Bunny não conseguia dizer nada, o desgosto era imenso, a dor que esta situação lhe provocara cortava-lhe os sentimentos.



- Maria, como tens coragem de vir aqui depois do que fizeste? – Atacava duramente Joana



Maria estava incrédula sem perceber nada



- Eu… não fiz nada…. Mas do que falas Joana? – Perguntava Maria

- Não seja sonsa!!! – Acusava Joana



Ami tentava acalmar os ânimos mas sem sucesso. Joana acusava Maria. Maria incrédula e em choque perante atitude da amiga retira-se cabisbaixa.



- Ah… Ah... Ah!!!! Vocês caíram na minha armadilha! Admiro a tua perspicácia navegante de Úrano… Fazíamos uma boa dupla… Agora meus servos ataquem-na!



Maria lutava o tanto quanto podia, mas depressa viu-se sem capacidade de luta estava cansada já nada podia fazer até que por fim desmaiou. A noite, apesar de estar de tenebrosa e soturna, estava calma até que de repente se tornou tempestuosa, raios iluminavam o céu escuro, rasgando-se como se de uma folha de papel se tratasse.

Maria começava agora a recuperar os sentidos e, a cada movimento da guerreira dos trovões fazia com que mais raios caíssem e deslumbrassem o céu como se de um efeito tratasse. Levantou-se e começou a caminhar em direcção à Beryl e à sua sósia dizendo:



- Como te atreves sombra de pôr alguém no meu lugar para nos separar! Não te perdoo…



Um forte trovão apanhou Maria fazendo-a gritar por um novo ataque:



- Jupiter Coconut Cyclone!



Vários trovões caíram no local onde os inimigos estavam, derrotando-os. Descontente a sombra retirou-se.

A noite voltou a ficar calma como de costume, Maria estava extenuada mas ao contrário do que aconteceu com Rita o cristal não estava por ali, com isto surgiu uma nova pergunta para a qual não tinham resposta. Qual razão de a Sombra não procurar os cristais? A razão era desconhecida pelo menos agora….

zirateb
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!

Feminino
Mensagens : 3657
Idade : 31
Localização : porto alto (ribatejo)

http://yunime.ativoforum.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por LunaLuninha em Qua 22 Out 2008, 14:36

O novo capítulo tá 5*!!

Mas só tenho uma dúvida os pais da Bunny morreram?

LunaLuninha
R: Pelo Poder Sagrado do Cristal Lunar!
R: Pelo Poder Sagrado do Cristal Lunar!

Feminino
Mensagens : 300
Idade : 22
Localização : No meu proprio mundo a preto e branco

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por zirateb em Qua 22 Out 2008, 15:02

sim na explosão
brigada por gostares ^^

zirateb
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!

Feminino
Mensagens : 3657
Idade : 31
Localização : porto alto (ribatejo)

http://yunime.ativoforum.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por Joaninha em Sab 25 Out 2008, 16:24

ohh ta maravilhoso Surprised.o: os pais da Bunny :='(: espero que continues assim... ta muito gira mesmo
kiss

Joaninha
R: Pelo Poder Sagrado do Cristal Lunar!
R: Pelo Poder Sagrado do Cristal Lunar!

Feminino
Mensagens : 361
Idade : 23
Localização : lua

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por zirateb em Dom 26 Out 2008, 03:25

bigada joaninha ^^
Actualização da fic: vou escrever a 2 parte ainda hoje mas não prometo nada isto anda mau de inspiração

zirateb
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!

Feminino
Mensagens : 3657
Idade : 31
Localização : porto alto (ribatejo)

http://yunime.ativoforum.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por zirateb em Dom 09 Nov 2008, 10:53

II


Os pesadelos assolavam-lhes o espírito, as mentes e os pensamentos mais uma vez. Rita, no seu templo, visualizava através do fogo algo poderoso, algo parecido a um cristal, mas o que poderia ser? Rita tentou obter essa resposta mas sem sucesso, tentou visualizar mais alguma coisa mas o seguinte foi alguém que provavelmente poderia ser dono do cristal. Rita sem hesitar, contou às suas amigas as visões mas estas também tiveram o mesmo sonho. Um sonho bastante esquisito, já que havia duas possibilidades: Ser inimigo ou Ser outra sailor mas esta última hipótese estava descartada, pois não havia conhecimento de outra sailor no sistema solar ou de outro qualquer cristal. Os dias, maioritariamente as noites, em que a sombra não aparecia, o que era raro, passavam o seu tempo a tentar responder perguntas irrespondíveis, a tentar obter ideias para resolver ou obter soluções desejadas.

Bunny a cada dia que passava entrava mais na solidão, preferia estar sozinha do que estar com as amigas, uma situação estranha pois outrora não prescindia da amizade e das suas amigas, seria Bunny a próxima guerreira a ser atacada? Existia a forte possibilidade de tal coisa advir, erro de cálculo por parte das outras guerreiras que juravam protegê-la a cada minuto de vida que sucedia à outra.

O tempo escasseava rapidamente. Tinham pouco tempo para pensar o que fazer perante a posição em que a Terra estava inserida. Essa mesma posição que punha o planeta azul mais perto do fim.

Com o templo já reconstruído, as navegantes estavam reunidas, preocupadas com o isolamento da sua princesa culpavam-se por a deixarem sozinha. Sentimentos negros invadiam-lhes a consciência pois não sabiam ao certo o que estaria acontecer nesse mesmo momento. Bunny estava no local onde tudo aconteceu, sentia-se cada vez mais fraca, sem vida, sem o fulgor que tivera em outros tempo, a fé e a confiança que ela irradiava tinham lhe sido tiradas pela pessoa que num acto de coragem e de cobardia tivera explodido a casa, onde toda a vida da princesa se encontrava. Nas ruínas do seu quarto onde fora feliz, Bunny encontrou uma rosa. Rosa que era igualzinha àquela que Gonçalo, ou melhor mascarado, utilizava aquando interceptava os ataques dos inimigos para salvar Bunny, rosa essa que já não tinha fulgor, nem odor, já não mostrava força, nem confiança mostrava agora o medo, a negrura das noites, o ódio e maldade, Bunny ao ver tal rosa ajoelhou-se e lágrimas caíram pela sua preciosa cara que ao mesmo tempo estava pálida de tanta tristeza e angústia.

Pensamentos confusos começaram a emergirem-se na sua cabeça, seria possível o Gonçalo estar vivo? Seria esta uma pista para encontrá-lo? Seria Gonçalo a sombra?

Perguntas muito difíceis de responder pois não havia ligação alguma entre o desaparecimento de Gonçalo e o aparecimento da Sombra.

Outra situação que preocupava as navegantes era o facto de o Cristal de Júpiter não aparecer, como era possível Maria ganhar poderes sem o cristal? Ninguém sabia decerto como isso podia acontecer, a única solução era procurá-lo.

Maria estava em casa a tentar compor o seu quarto quando apareceu um dos seus guardiões que se ajoelhou:



- Princesa! – Falava Ganímedes – tenho uma coisa para vos dar….

- Ganímede!! Que fazes aqui? Não te podem ver…. – Dizia Maria enquanto olhava para os cantos a ver se alguém desconfiava

- Não se preocupe… Vim lhe dar algo que pertence a vós… - Ganímedes tira de uma sacola um objecto embrulhado, tratava-se do Cristal de Júpiter – Não o desenrole aqui princesa é perigoso…

- Porquê? – Perguntava Maria

- Não posso dizer… Agora chegou a nossa hora de partir a nossa missão chegou ao fim… - Despedia-se Ganímedes



Maria prometera ao seu guardião que não o abriria mas será que Maria manteria a promessa?

zirateb
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!

Feminino
Mensagens : 3657
Idade : 31
Localização : porto alto (ribatejo)

http://yunime.ativoforum.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por Monica em Dom 09 Nov 2008, 10:58

a tua fic esta a ficar mesmo mt gira:g1: lol!

Monica
R: Pelo Poder Estelar de Marte!
R: Pelo Poder Estelar de Marte!

Feminino
Mensagens : 587
Idade : 25
Localização : Chaves/ ou /mais propriamente com a cabeça no mundo da lua

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por Joaninha em Dom 23 Nov 2008, 05:55

lindo Surprised.o:
a Bunny querer estar sozinha? :Chocado: que esquezito.
será que o que o guardião da Maria lhe deu foi o cristal??
A missão deles chegou ao fim por agora?
quero mais um capitulo Surprised.o:
kiss

Joaninha
R: Pelo Poder Sagrado do Cristal Lunar!
R: Pelo Poder Sagrado do Cristal Lunar!

Feminino
Mensagens : 361
Idade : 23
Localização : lua

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por zirateb em Dom 23 Nov 2008, 13:16

Capítulo VII
" O Amor de Vénus, O tesouro de Vénus "


Maria ficara a ver o seu guardião a desaparecer nos céus. Prometera-lhe que não retirava da sacola o objecto, apesar de isso, Maria sentia bastante curiosidade em ver o que se tratava, o porquê de ser tão perigoso, queria sentir nas suas mãos a pedra que desconfiava ser o seu cristal. Perguntava-se porque é que Ganímedes o teria e como conseguira achar, seria uma questão pertinente que Maria desejava por mas que não sabia a quem colocar.

Anoiteceu. O seu desejo aumentava a cada segundo e a cada momento da sua vida, pensara em contar às suas amigas mas seria mais seguro? Decerto Maria achara que agir apenas pelo seu pensamento e não preocupar as amigas era o mais acertado de se fazer. Seria o mais sensato? Na cabeça da Maria sim mas no coração não, sentia que se o fizesse estaria a prejudicar a amizade e a trair a confiança delas, pensava que numa altura como esta tinham de estar muito unidas nada as fazia desconcentrar da sua primeira missão.

Algo de muito estranho acontecia quando se chegava ao pé da sacola, estranhamente aparecia um luz verde vindo de dentro da sacola, agora Maria tinha a certeza que se trava do seu cristal.

Incerta daquilo que aconteceria se retirasse o cristal e as consequências que traria à amizade das guerreiras, levantou-se do sítio onde estava sentava e dirigiu-se ao telefone.

Não tardou a passar dez minutos até as navegantes chegarem, surpreendentemente as StarLights compareceram. Seiya tinha o desejo de ver o seu pudinzinho enquanto Yaten e Taiki tinham ido contrariados, para Haruka a presença deles era incomodativo.

- Meninas chamei-as aqui porque quero partilhar algo com vocês… – Iniciava Maria

- Sim Maria somos todos ouvidos… - Insinuava Rita

- Ora bem… Ganímedes um dos meus guardiões deu-me esta sacola com um objecto que eu desconfio que seja o meu cristal e fez-me prometer que não o tirava de dentro disto pois podia ser bastante perigoso. Eu mal que me aproximo sai uma luz verde que me ofusca… Acham que devo tirá-lo? - Concluía Maria

- Maria… Só tu podes decidir… Como guerreiras gostaríamos de ter-te a nosso lado a lutar… Tu é que sabes… – Opinava Ami

- Eu concordo. Lembra-te que necessitamos de ti Maria… - Dizia Rita calmamente

- Já decidi, vou retirar e confirmar se é ou não



Fortes trovões invadiram o céu escuro, iluminavam o céu como já há muito não era iluminado. Uma grande tensão instaurou-se na sala do apartamento de Maria, o silêncio era inquebrável, o estaticismo era visível na face todos e a expectativa do consequente acto, não saberiam ao certo aquilo que iria acontecer o receio aumentava à medida que Maria tirava o cristal, a luz verde ficava cada vez mais forte e ofuscante que tapava a visão de todos.

Maria estava circundada pelo o feixe que a levou para fora do apartamento, nos céus Maria estava rodeada de trovões flutuava nos céus assim como o seu cristal que irradiava todo o seu poder.



- Pelo Poder do Cristal de Júpiter! – Predizia Maria



Um trovão caiu na sua caneta de transformação. Maria assimilava todo o poder que o cristal libertara tal como os raios que se faziam sentir em Juuban.

Amanhecia e Maria acordava desorientada, na sua cama sem se recordar minimamente do que tivera acontecido momentos anteriores, sentia-se enfadada, perguntava-se o porquê do cansaço aparente que sentia, tivera um sonho que mais parecia um pesadelo, o poder que o cristal tivera se soltado e os trovões a emergirem através das nuvens escuras de vários tons punham-na confusa por mais que quisesse esquecer por minuto o pesadelo não conseguia, dirigiu-se ao local onde estava a sacola mas esta já não se encontrava no mesmo sitio.

A chegar ao apartamento estavam as suas amigas que tocaram à campainha.



- Só um momento por favor! – Dizia Maria enquanto guardava sacola, que entretanto tivera achado, para não desconfiarem

- Bom dia! Viemos visitar-te, ficámos preocupadas contigo… - Falava Rita – a parva da Bunny ainda dorme?

- Sim ainda dorme – Respondia Maria com um sorriso ligeiro na sua face descorada

- Como estás depois do aconteceu ontem? – Perguntava inocentemente Ami sem saber que Maria não se lembrava do que sucedera

- O que aconteceu ontem como assim? – Falava incredulamente Maria

- Não te lembras? Ontem recuperaste o teu cristal… - Dizia Rita



Maria descrevera o sonho que tivera. Na verdade o sonho não era mais nem menos aquilo que a guerreira do vento e dos trovões tinha vivido.


Última edição por zirateb em Dom 30 Nov 2008, 08:47, editado 1 vez(es)

zirateb
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!

Feminino
Mensagens : 3657
Idade : 31
Localização : porto alto (ribatejo)

http://yunime.ativoforum.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por Joaninha em Dom 23 Nov 2008, 13:28

vozinha capitulo lindo!!
o que terá acontecido depois daqueles trovoes todos??
ai tu escreves tão bem!!
gosto tanto da tua fic Surprised.o:

Joaninha
R: Pelo Poder Sagrado do Cristal Lunar!
R: Pelo Poder Sagrado do Cristal Lunar!

Feminino
Mensagens : 361
Idade : 23
Localização : lua

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por zirateb em Dom 30 Nov 2008, 08:49



Há muitos anos atrás, durante o reinado do Milénio Prateado num planeta do sistema solar, nascia a líder das guerreiras navegantes, a navegante do amor conhecida como navegante de Vénus. A beleza da guerreira de Vénus era invejada por outras moças do planeta, o seu cabelo louro e os seus belos olhos azuis faziam delirar muitos rapazes, mas o que realmente fazia delirar todos os reinos do sistema solar era o tesouro que Vénus possuía, uma espada sagrada. Uma simples espada sagrada que metia medo a quem estivesse diante dela e provocava um desejo infinito de a possuir, se caísse nas mãos erradas traria consequências gravosas que poderia até destruir o sistema solar inteiro.

De alguns dias para cá o tempo tinha-se fixado, estava frio e nevava, já não havia as constantes alterações climatéricas que se fizeram sentir durante muito tempo e, apesar das nuvens escuras e do sol não aparecer durante dias a fio não evitava que, a sombra pudesse voltar atacar o que era mais certo e o mais esperado.

Na rua as navegantes caminhavam. Joana sentia algo por debaixo dos seus pés que mexia parecia seguir cada passo que navegante do amor dava, do nada algo saiu da Terra que a prendeu, Joana estava agora presa no ar.

As outras guerreiras não tardaram a transformar-se para lutar contra aquela que se atrevia a maltratar a sua amiga, aquela que se atrevia a tentar apoderar-se do Planeta Azul, aquela que as guerreiras navegantes mais odiavam em toda a sua vida,

Lutavam e atacavam sem hesitar mas nada acontecia à sombra, a sombra era cada vez mais rápida e ficava mais forte a cada instante que se envolvia ainda mais na luta contra as guerreiras navegantes, de repente a sombra ajoelhou-se e, muito provavelmente outra pétala deixara de ser negra, devido à pontada que sentira no seu coração a sombra disse:



- Por favor, ajudem-me o tempo está acabar! O sistema solar será engolido depois da última pétala cair…



As navegantes estavam cépticas a voz que tinham acabado de ouvir parecia a voz do Gonçalo, uma voz cansada e rouca e ficava mais fraca a cada instante, por vezes parecia que se ausentava. A imagem da sombra ficava cada vez mais nítida e as navegantes deparam-se com Gonçalo, ou mais concretamente, Príncipe Endymion. Foi ai que Bunny caiu de joelhos directa ao chão. O desaparecimento de Gonçalo agora tornava-se mais claro de perceber. Bunny e todas as outras sentiam um aperto no coração, sem saber o que fazer: por um lado tinham que ajudar a sua fiel e por vezes disparatada amiga Joana, mas, pelo outro, tinham receio de atacar e magoar Gonçalo. Os olhos de Gonçalo transmitiam dor e sofrimento, como por outras transmitiam ódio e raiva, onde este assumia duas personalidades dizendo coisas sem sentido. Era como se tivesse possuído por uma alma inimiga. As navegantes ficaram paralisadas, Bunny deixava correr lágrimas silenciosas, não soluçava, apenas as lágrimas corriam-lhe a cara até ao chão de cimento.

O céu ficara iluminado pelo sol como não acontecia há muito tempo, uma flecha desceu vindo do céu e soltou Joana, surpreendendo tanto a sombra como as outras navegantes que estavam neutralizadas nos seus pensamentos sem saber que fazer, afastaram-se e surgiram Vé e Nus, os possíveis lançadores da tal flecha que atingiu Endymion e deitara-o ao chão.



- Princesa, só conseguirá recuperar o seu Cristal com a ajuda da Espada Sagrada! – Disse-lhe Vé.



- Mas como posso eu encontrar essa tal Espada? – Indagou Joana ainda um pouco confusa após o seu salvamento.



- Tens que ir às tuas memórias e procurá-la e quando conseguires, fixa-a bem e deixa-la entrar no punho da tua mão.



Joana assim o fez, concentrou-se ao máximo, as imagens da Espada apareciam-lhe na sua mente, ela já a identificara mas, não a conseguia passar a espada para aquele momento. Tentou várias vezes mas em vão.



- Eu não…



- Não consegue adquirir a Espada Princesa porque me pediu para a guardar antes da sua ida para a Terra. Pediu-me que a protege-se e guardasse com muito cuidado até ao nosso próximo encontro. Disse que era perigoso manter a espada na sua posse, poderia ocorrer situações muito graves e que poderia originar grandes problemas para o Milénio Prateado. – Proferiu Nus, com uma voz suave.



Foi então que Joana se lembrara da razão porque pedira a Nus para guardar a Espada Sagrada: a Guerreira do Amor era apaixonada pelo seu guardião desde há muitos séculos. Ela admirava-o pela sua beleza mas também pela sua destreza como guerreiro. A Espada, no centro do punho, continha o seu Cristal, em tons alaranjados, entregou a Espada Sagrada à sua amada e esta transformando-se disse:



- Pelo Poder do Cristal de Vénus!



Vénus ficara imobilizada sem qualquer reacção pois fora ela que lhe dera a Bênção do Amor Eterno de Serenidade a Endymion. Não sabia o que dizer nem o que fazer agora que já sabiam, que a sombra misteriosa, era Gonçalo recusava-se a lutar contra ele mas depressa se apercebeu que aquela já não era mais Gonçalo.



- Vais morrer! Ah! Ah! – Dizia a sombra, que já estava novamente possuído pelo força maléfica, a voz parecia ser de uma sombra similar àquela que no começo quereria tirar os cristais e agora queria matá-las por ódio e vingança.

Vénus continuava estática sem se mexer até que Gonçalo se sobrepõe à força maligna e diz:



- Por favor, precisamos de vós, eu e o planeta Terra precisamos de vós! Dá o golpe final rápido!



A guerreira do Amor fecha os olhos e ataca:



- Venus Wink Chain Sword





Parecia que a sombra tinha sido atingido mas nada lhe acontecera, conseguira escapar por milímetros do poderoso ataque da líder das navegantes. O que iriam fazer agora que sabiam que a sombra era o Gonçalo? Não conseguiam responder a essa e a muitas outras questões que punham nos seus pensamentos.


zirateb
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!

Feminino
Mensagens : 3657
Idade : 31
Localização : porto alto (ribatejo)

http://yunime.ativoforum.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por markikita em Dom 30 Nov 2008, 11:00

:g5:
gostei do resultado final mamai
pronto, eu confesso, acho que havia partes que deviam ter ficado na historia mas isso nao interessa

dos capitulos que li acho que este é mais emocionante por causa do amor de Joana pelo Nus
descreves tao bem as cenas Surprised.o:

markikita
R: Pelo Poder Estelar de Vénus!
R: Pelo Poder Estelar de Vénus!

Feminino
Mensagens : 749
Idade : 21
Localização : no sitio

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por Joaninha em Dom 30 Nov 2008, 11:28

a sombra era o gonçalo?? Shocked
mais um capitulo maravilhoso Surprised.o:
a minha vozinha tem tanto jeito para escrever!!
bjs

Joaninha
R: Pelo Poder Sagrado do Cristal Lunar!
R: Pelo Poder Sagrado do Cristal Lunar!

Feminino
Mensagens : 361
Idade : 23
Localização : lua

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por zirateb em Seg 08 Dez 2008, 10:57

Actualização da Fanfic: O capítulo VIII está para sair em principio ainda hoje o terão. Começarei a escrever o capítulo IX mas não deverá ser postado hoje ainda
Ora bem aqui fica o capitulo VIII (não está grande coisa *runs*)
Capítulo VIII
O Amor de duas Guerreiras”


Maior é o desejo, maior é a ânsia quando alguém nos tira o que é de mais importante. Sentires, que facilmente Bunny demonstrava através das suas expressões e sobretudo pela maneira como olhava para a rosa negra que através parecia sentir a dor e o sofrimento que Gonçalo sentia.

A primeira pétala caía suavemente nas mãos de Bunny e, quase como milagre tinha deixado de ser negra, Bunny sabia bem que tinha de arranjar alguma maneira de salvar Gonçalo e toda a Humanidade antes que a rosa perdesse todas as suas pétlas.

O dia estava calmo, Haruka e Mariana passeavam num jardim sem se aperceberem que de momento para outro iriam ser atacadas, qual delas seria atacada? De facto poderia ser uma delas ou até poderiam ser as duas ao mesmo tempo.

Ambas sentiam algo estranho, a cada passo que davam, sentiam o chão a tremer tudo à volta das duas guerreiras estava sombrio, apenas ouviam o barulho das botas da guerreira de Úrano e os sapatos da guerreira das águas profundas o resto mais parecia estar morto.

O silêncio foi quebrado pelo vulto da sombra que atacou as duas guerreiras com um forte raio negro que as separou e atingiu Mariana deixando-a gravemente ferida para choque e irritação de Haruka que via a sua amada contorcer-se de dores, dirigiu-se até ela e segredou:



- Mariana irei te proteger até ao fim. Não vou deixar que ninguém te magoe. Minha querida Mariana és importante para mim, por favor não morras sem mim… Amo-te!



Haruka agarrara nela e beijara com sentimento. Pela primeira vez sentia o que era sentir a dor de ver a pessoa mais importante em perigo, sentir o medo de sair derrotada desta difícil luta na qual Haruka estaria completamente em desvantagem, sem poderes e bastante vulnerável, o que deixava a Sombra deslumbrada por uma oportunidade de as poder destruir.

Haruka já não tinha forças para lutar, não se conseguia levantar e, isso deixava-a ainda mais furiosa porque não poderia fazer aquilo que prometera à sua amada, salvá-la. A sombra tinha isolado Mariana num mar ilusões onde os seus maiores medos vieram ao de cima, onde o desespero se instaurou na guerreira das águas profundas, onde todos os seus pesadelos a controlaram, onde todos os seus ódios se apoderaram da sua alma dócil, meiga e gentil. Mariana soltava gritos, gemidos devido às ilusões que vira.
Haruka debilitada continuava a lutar e não deixava que nem se aproximasse para a ajudar nem mesmo os seus guardiões tinham ordens para interferir. O orgulho de Haruka era mais forte de qualquer outra coisa o seu desejo imenso de destruir a sombra era demais evidentes os seus olhos possuíam agora ódio, raiva, rancor já não tinham aquele fulgor que os belos olhos verdes, aquela confiança que

zirateb
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!

Feminino
Mensagens : 3657
Idade : 31
Localização : porto alto (ribatejo)

http://yunime.ativoforum.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por zirateb em Seg 08 Dez 2008, 11:38

demonstrava quando queria algo, aquela coragem que possuía quando tinha de enfrentar algo.

Do nada apareceu uma flecha que rasgou o céu com uma luz amarela que soltou Mariana deixando todos espantados, o vulto dirigiu-se para Haruka rindo-se disse:



- Devias deixar o teu orgulho de parte! Aceita ajuda das tuas amigas…



O vulto ao dizer estas palavras desaparece. Maria continuava desmaiada. Haruka preocupada chegou-se ao pé da sua amada e disse:



- Mariana acorda! Por favor acorda…



Mariana parecia não querer acordar. Haruka começava a ficar bastante transtornada com a situação, pegara cabeça da sua amada e encostara contra o seu peito dando-lhe um beijo cheio de sentimentos e de amor. Entretanto, por trás, a sombra atava ferozmente ferido Haruka.

Haruka começara a ficar cada vez mais ferida, as costas mostrava queimaduras dos sucessivos ataques que a sombra efectuara.

Uma luz iluminava o céu como já há muito que não se via, ia com direcção à terra envolvendo-as, essa luz era quente e fulgura o que permitiu que a alma pura e dócil de Mariana voltasse ao seu corpo.

Numa última réstia de forças Haruka, dissera-lhe que a amava, Mariana não queria acreditar que o seu pior medo estaria prestes acontecer bem tentou lutar mas em vão não tinha poderes mas estava confiante que conseguira recuperá-los para destruir aquela que teve a coragem de ferir a pessoa que Mariana mais amava.

Algo salvara Haruka, seria o mesmo que salvara Mariana das ilusões? Estranhamente, e sem saberem como, uma espada e um espelho saíram dos seus corpos, esses dois objectos possuíam cada um os cristais de Úrano e de Neptuno que imitam luzes extremamente fortes que as envolviam, para irritação da sombra que vira esta situação acontecer outra vez.



- Agora vamos ajustar contas! – Pronunciava Haruka muito abespinhada. Estava desejosa de destruir quem se atrevera a magoar fosse quem fosse. As outras navegantes, já transformadas, preparavam-se para atacar mas mais uma vez foram impedidas por Haruka que não queria que ninguém a ajudasse nem mesmo os seus guardiões que tinham o objectivo de proteger as suas princesas. Haruka atacou sem hesitar:



- Space Turbolance!



Finalmente um ataque tinha acertado na sombra que se ajoelhou no chão do parque dizendo:



- Por favor Haruka! Atacava de novo….

- Com todo o prazer! – Respondia Haruka com um sorriso cínico na face

- Não Haruka não faças isso… Não vês que é o Gonçalo?!?! – Berrava Rita, como se um desastre estivesse prestes acontecer

[b]Haruka desistira, ficara estática não imaginaria que a sombra pudesse ser o Gonçalo, pode ser o príncipe Endymion, aquele que tinha respeito.


Não passava de um farsa da sombra que as atacou de seguida dizendo:



- Vocês não esperam pela demora! Ah! Ah! Ah!



Sombra retirara-se para frustração de todas e irritação de Haruka.



Horas passaram desde do ataque da sombra a Haruka e Mariana. Quem seria o vulto que dissera aquilo? Seria Saturno? Seria outro inimigo? Hipóteses essas que faziam sentido a cada uma das navegantes.

Luna marcara uma reunião urgente no templo muito provavelmente traria revelações que as guerreiras navegantes não esperariam….



Não percam o próximo Capítulo:



Capítulo IX - "Revelações"

zirateb
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!
SS: Pelo Poder do Cristal de Marte!

Feminino
Mensagens : 3657
Idade : 31
Localização : porto alto (ribatejo)

http://yunime.ativoforum.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por markikita em Seg 08 Dez 2008, 14:15

bem...
isto é que é amar mesmo uma pessoa
o que a Haruka fez foi mesmo a prova de amava a Mariana
ainda estou em estado de choque :='(:

markikita
R: Pelo Poder Estelar de Vénus!
R: Pelo Poder Estelar de Vénus!

Feminino
Mensagens : 749
Idade : 21
Localização : no sitio

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Eterna Sailor Moon

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 13:10


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum