My Life as a Teenage Robot (2003)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

My Life as a Teenage Robot (2003)

Mensagem por Convidad em Seg 05 Nov 2007, 18:15

Boas! Very Happy Depois de tanto tempo ausente, resolvi falar desta série animada americana que deve ter passado debaixo dos radares de muita gente em Portugal.

My Life as a Teenage Robot (também conhecido como MLaaTR) conta as aventuras de XJ-9, ou Jenny Wakeman, uma rapariga-robot (um andróide) "adolescente" criada pela cientista Nora Wakeman com a função principal de, surpresa das surpresas, salvar o mundo das mais variadas desgraças, desde asteróides até à invasão extra-terrestre por parte de Cluster Prime, planeta natal de uma nação de robots.



















Seria mais uma história de super-heróis como as outras se não fosse o facto de ela ter "desenvolvido" sentimentos - um "coração adolescente" - resultando nela tentar ser uma adoslecente normal, incluindo ir à escola, e entrar em ainda mais aventuras e problemas típicos de adolescentes juntamente com os seus amigos humanos Tuck, Brad e Sheldon.

A série até é engraçada. Smile Não valerá tanto pelos gráficos ou banda sonora, como é óbvio (sendo americana, isso fica para 2º ou 3º plano), mas as personagens até são muito engraçadas. Surpreendeu-me, porém, a fluidez de algumas animações; devem ter desenhado todos os 30 frames por segundo, ou quase.

Mais: houve certos episódios em que eu fiquei a pensar se a série era mesma 100% americana. Por exemplo, (e aqui não há problemas com os spoilers, já que as histórias são, na sua grande maioria, independentes umas das outras) no episódio "Speak no Evil", a protagonista fica com o banco de dados da linguagem americana corrompido (outra maneira de dizer que saltou o CD para fora durante um combate...) e ligou-se o de linguagem japonesa. Resultado: ela ficou 98% do episódio a falar japonês puro! Nunca tinha visto isto numa série americana. Há que referir que, na dobragem protuguesa, a actriz, como não-japonesa que é, falou japonês como só um(a) tuga sabe: bastante bem! Very Happy (Gostava de ver a versão espanhola... lol Razz ) Na versão original, quem faz a voz da protagonista é uma actriz americana de origem japonesa, Janice Hayawe, que podia falar no seu japonês nativo; só assim é que foi possível.

Além disso, esta série parece-me parecida com séries do estilo "cartoon" americanas como Dexter's Laboratory e The Powerpuff Girls, no sentido em que, para além do desenrolar normal da história dos episódios, de vez em quando também há aquelas piadas um pouco mais "elaboradas", trocadilhos ou "gags" sobre séries/filmes famosos e até animes.

Nota-se o "dedo" daquele grupo recente de criadores de cartoons americanos que trabalharam e criaram séries no Cartoon Network: Genndy Tartakovsky (criador de Dexter's Laboratory), Craig McCraken (criador de The Powerpuff Girls) e Rob Renzetti (criador de My Life as a Teenage Robot (no Nickelodeon)). Todos eles eram amigos na mesma faculdade de Artes e participaram mutuamente na produção das séries anteriormente referidas.

Descobri esta série quando, em Julho deste ano, o canal 10 da TV Cabo genérica começou a transmitir o Nickelodeon, aquando do uso deste canal para promoção a alguns canais do Funtastic Life, como o Fox.

Gostei particularmente da dobragem portuguesa, feita pelos estúdios Valentim de Cravalho. As vozes usadas eram as mesmas de alguns animes que deram em Portugal como, por exemplo, Azuki-chan, Card Captor Sakura, Marmalade Boy e, mais recentemente, Avatar the Last Airbender, embora este último seja uma co-produção asiático-americana. Para mim foi óptimo, já que eu sempre gostei desses actores.

No entanto, e à semelhança do que acontecera com Invader Zim, MLaaTR foi cancelada pelo Nickelodeon americano em meados de 2005. Aparentemente, segundo os executivos do canal, não havia audiências suficientes, o que acho estranho, pois até teve direito a um especial de 1 hora. Não ajudou estarem constantemente a mudar o horário da série. Mas mesmo a fanbase americana, seja de TV ou de internet, parece relativamente baixa comparada com a popularidade que a série teve em países latino-americanos (ex.: México) e alguns europeus (ex.: Alemanha).

Por isso é extremamente difícil arranjar episódios na Internet. Além disso, a Viacom, distribuidora da série, fez um esforço enorme em apagar todos os vestígios de episódios originais do youtube, apenas restando "musicais" feitos por fãs. O único site que se conhece que até dá para sacar episódios é www.teenagerobot.tk. Mas, por alguma razão, não consigo sacá-los... Sad

Curiosamente, eu tive a ideia de gravar os episódios que vi no Nickelodeon português directamente para divx no meu PC. Acho que sou o único com uma versão PT de MLaaTR no computador... Rolling Eyes

EDIT 1: Agora que já vi mais episódios do e-mule já acho mais piada à versão americana, embora ainda ache que a verão pt da protagonista é imbatível.

EDIT 2: Afinal, parece que o maior problema da falta de audiencias desta série foi o terrível horário escolhido e a falta de publicidade da Nickelodeon nos EUA.

Ah, e desculpem o post tão loooooongo, mas há já muito tempo que eu não escrevia... Razz (Além disso, são as poucas "ocasiões" que eu tenho de tentar melhorar o meu português escrito.)

(Para mais informações, ver http://en.wikipedia.org/wiki/My_Life_as_a_Teenage_Robot)

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum